Por Felipe Vinha, para o TechTudo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Clash Royale é um jogo de cartas com decks personalizados para Android e iOS (iPhone) da desenvolvedora Supercell, a mesma de Clash of Clans. O título foi disponibilizado para download em 2016 e, desde então, faz enorme sucesso entre os fãs de gênero de estratégia. O que muitos não sabem é que há algumas curiosidades sobre suas cartas, personagens e até sobre a jogabilidade. Confira na lista abaixo.

É de carta e não é

É correto chamar Clash Royale de “um jogo de cartas”, porém, ao mesmo tempo, ele também não é. O game é de estratégia em tempo real, onde invocamos unidades a partir de uma equipe pré-montada, antes de cada batalha.

Confira cinco dicas para jogar Clash Royale:

Confira cinco dicas para jogar Clash Royale

Confira cinco dicas para jogar Clash Royale

O detalhe é que essa equipe tem o formato de cartas, e por isso ele é geralmente classificado como um cardgame. Porém, funciona perfeitamente como um jogo de estratégia em tempo real e de decisões rápidas.

O jogo era mais cruel

Quando foi lançado, Clash Royale era mais “cruel” com seus participantes. Primeiro que só havia a possibilidade de montar um deck, ou baralho, de cartas. Não era possível fazer testes com outros baralhos e, se o jogador quisesse, deveria anotar as cartas para montar outro. Hoje, é possível ter até três decks.

Clash Royale já foi mais cruel — Foto: Reprodução/Felipe Vinha Clash Royale já foi mais cruel — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Clash Royale já foi mais cruel — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Para batalhar era preciso gastar uma moeda de ouro para cada nível de arena – um, dois, três, quatro e por aí vai – e, se fosse uma batalha amistosa, com amigos de clã ou de redes sociais, era preciso gastar cinco moedas de ouro. Hoje, todas essas batalhas são de graça.

Princesa e Mago de Gelo

As duas primeiras lendárias! Pouca gente sabe, mas a Princesa e o Mago de Gelo foram as duas primeiras cartas lendárias do jogo, lançadas ainda na fase beta, antes de seu lançamento oficial, e assim permaneceram por um bom tempo.

Mago de Gelo em Clash Royale — Foto: Reprodução/Felipe Vinha Mago de Gelo em Clash Royale — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Mago de Gelo em Clash Royale — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Curiosamente, ainda hoje elas são algumas das cartas mais raras de Clash Royale e também duas das mais úteis. A Princesa pode atacar torres sem ser atingida, enquanto o Mago de Gelo congela enquanto ataca.

Detalhes nos cenários

Cada mapa, ou cenário, de Clash Royale esconde alguns segredos e curiosidades. O mapa da selva, por exemplo, reproduz o lar dos goblins e está cheio de elementos que remetem às lendas folclóricas destas criaturas, como tesouros roubados e estocados, além de locais adornados de forma estranha.

Arena da selva em Clash Royale — Foto: Reprodução/Felipe Vinha Arena da selva em Clash Royale — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Arena da selva em Clash Royale — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

A arena lendária, atualmente a última na evolução das arenas, também possui elementos característicos e curiosos, como estátuas do Corredor, um dos personagens mais fortes do jogo, ao fundo. É difícil reparar nestes detalhes pois qualquer distração neste jogo pode determinar sua derrota.

Uma única carta com duas funções

Apenas uma carta em Clash Royale reproduz duas funções distintas atualmente. O Mago Elétrico foi lançado há pouco tempo e permite atingir assim que é invocada no campo de batalha e continuar atacando.

O Mago Elétrico em Clash Royale — Foto: Divulgação/Supercell O Mago Elétrico em Clash Royale — Foto: Divulgação/Supercell

O Mago Elétrico em Clash Royale — Foto: Divulgação/Supercell

Assim que o Mago Elétrico entra em campo, ele reproduz o “Zap”, carta que lança um raio nos inimigos. Em seguida, ele segue em frente e ataca os alvos com seu raio que pode atingir até dois elementos, seja construções ou outros personagens.

O meta

O metagame é um termo desconhecido por muitos jogadores, mas influencia diretamente em um game que é totalmente competitivo, como Clash Royale. Ele conduz as melhores cartas para serem usadas em determinado momento, de acordo com atualizações de melhorias (buffs) ou enfraquecimentos (nerfs).

Clash Royale — Foto: Divulgação/Supercell Clash Royale — Foto: Divulgação/Supercell

Clash Royale — Foto: Divulgação/Supercell

O metagame guia quais serão as cartas mais usadas nos decks pelas próximas atualizações e sempre muda. A dica pra acompanhar o que é o meta e como se atualizar das cartas mais usadas é ficar de olho nos replays dos campeões e dos jogadores no topo dos rankings.

Esqueletos e goblins

Esqueletos e goblins são as criaturas que mais aparecem em Clash Royale! Apesar de termos muitos humanos e algumas criaturas sobrenaturais, como gárgulas, estas “figurinhas” são as mais populares dentro do jogo.

Esqueletos são populares em Clash Royale — Foto: Divulgação/Supercell Esqueletos são populares em Clash Royale — Foto: Divulgação/Supercell

Esqueletos são populares em Clash Royale — Foto: Divulgação/Supercell

E não apenas por conta da quantidade de cartas disponíveis, mas também estão entre as mais usadas. Os esqueletos possuem a carta de exército, que pode dizimar outros personagens de forma rápida. Já a gangue de goblins é útil e versátil, por atacar de perto e de longe sem muito custo.

Clash Of Clans: Como conseguir gemas INFINITAS? Comente no Fórum do TechTudo.

saiba mais

MAIS DO TechTudo