Impressora 3D: veja modelos fáceis de usar e controlados pelo smartphone

Impressoras são mais fáceis de usar para quem ainda está começando na modelagem 3D

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Filipe Garrett, para o TechTudo

Impressoras 3D que podem ser controladas via smartphone tendem a oferecer recursos e perfil mais acessível, fatores ideais para quem quer começar no ramo, mas não tem conhecimento técnico suficiente. A seguir, você vai conhecer modelos de impressoras 3D que podem ser controladas via celular, oferecendo a praticidade de se enviar arquivos e modelos para impressão direto de um app para Android ou iOS.

A maioria das impressoras, no entanto, não é vendida no Brasil. Por conta disso, considere que o preço apresentado é convertido diretamente do dólar. Caso você decida investir em uma dessas máquinas, haverá valores extras, como frete, custos de cartão de crédito e possíveis taxas alfandegárias.

Cube Gen3 – R$ 7.600

Impressora é voltada para uso caseiro e é vendida no Brasil (Foto: Divulgação/3Dsystems) Impressora é voltada para uso caseiro e é vendida no Brasil (Foto: Divulgação/3Dsystems)

Impressora é voltada para uso caseiro e é vendida no Brasil (Foto: Divulgação/3Dsystems)

A Cube Gen3 tem como grande vantagem estar entre os dois modelos da lista que estão disponíveis para compra no Brasil, dispensando assim questões referentes à importação do equipamento. Compacta, a impressora pode ser completamente controlada pelo celular no processo de impressão, que usa ABS reciclável ou PLA.

Medindo 33,5 x 34,3 x 24,1 cm e pesando 7,7 quilos, a Cube Gen3 é uma impressora compacta, voltada para uso doméstico. Segundo o fabricante, cada cartucho de resina dá conta de imprimir entre 13 e 14 modelos. A impressora usa dois jatos de extrusão e imprime camadas de 70 microns no modo convencional, para maior qualidade e detalhes, ou de 200 microns, no modo impressão rápida.

MakerBot Replicator Mini+ - R$ 8.300

Versão compacta da MakerBot também pode ser encontrada no Brasil (Foto: Divulgação/MakerBot) Versão compacta da MakerBot também pode ser encontrada no Brasil (Foto: Divulgação/MakerBot)

Versão compacta da MakerBot também pode ser encontrada no Brasil (Foto: Divulgação/MakerBot)

Assim como a Cube Gen3, a MakerBot Replicator Mini pode ser adquirida no Brasil. Versão de entrada da marca, a impressora permite controle por meio do aplicativo oficial da MakerBot para celulares. Como a impressora tem uma câmera embutida, é possível até mesmo acompanhar o processo de impressão remotamente por meio do aplicativo da marca.

Pesando 9,3 quilos, a impressora da MakerBot tem medidas de 29,5 x 34,9 x 38,1 cm. A Replicator Mini+ tem uma resolução de 100 microns por camada. Os carretéis usados são de 200 gramas, mas o fabricante não tem estimativas de quantas impressões são possíveis com um cartucho.

OLO – US$ 99 (R$ 310)

Impressora alia design discreto com função inovadora: o celular é usado para endurecer a resina (Foto: Divulgação/OLO) Impressora alia design discreto com função inovadora: o celular é usado para endurecer a resina (Foto: Divulgação/OLO)

Impressora alia design discreto com função inovadora: o celular é usado para endurecer a resina (Foto: Divulgação/OLO)

A OLO inaugurou o seguimento das impressoras 3D que usam celular em uma campanha de arrecadação de sucesso no Kickstarter. Agora, já consolidada no mercado, a máquina continua oferecendo opções para quem quer uma impressora 3D fácil de usar e mais acessível. O aspecto negativo, no entanto, fica no fato de que é preciso importar a impressora para o mercado brasileiro. Bem pequena (mede 18 x 12,8 x 18,5 cm), a OLO chama atenção por prometer resolução de até 42 microns na impressão, dependendo da resolução de tela do celular.

Segundo a fabricante, a mesma resina pode ser usada por 10 impressões e, dado o design mais contido, a impressora também tem a vantagem de operar de forma mais silenciosa. Um ponto negativo está no fato de que a OLO usa uma resina específica: comprar uma impressora dessas pode obrigar você a importar novos cartuchos constantemente.

SparkMaker – US$ 249 (R$ 780)

Método SLA garante impressão com maior qualidade e resolução (Foto: Divulgação/SparkMaker) Método SLA garante impressão com maior qualidade e resolução (Foto: Divulgação/SparkMaker)

Método SLA garante impressão com maior qualidade e resolução (Foto: Divulgação/SparkMaker)

A SparkMaker também é fruto de uma iniciativa no Kickstarter. No momento, é possível comprar a impressora em pré-venda, com entrega previstas para janeiro de 2018. A SparkMaker se difere das demais porque usa o método de SLA, em que um laser endurece a resina de acordo com as orientações do projeto. A vantagem do método SLA está na maior qualidade de impressão, já que os modelos atingem resoluções superiores.

A impressora é bem compacta, medindo 27,5 x 17 x 17 cm e pesando apenas três quilos e, segundo o fabricante, ela pode atingir camadas de apenas 20 microns de espessura. Compatível com smartphones Android e iOS, a máquina também tem entrada para cartões de memória e oferece acesso a softwares de modelagem 3D para iniciantes.

T3D – US$ 219 (R$ 686)

Impressora usa a tela do celular na base para endurecer a resina a partir da luz emitida (Foto: Divulgação/T3D)

Também usando o método SLA, a T3D se assemelha à OLO porque usa o seu celular como parte do processo de impressão: colocado na base da impressora, a luz da tela do smartphone é usada para curar a resina durante a criação. Além disso, é possível usar um tablet ou celular para controlar o funcionamento do dispositivo. A T3D está em camapanha no Kickstarter no momento.

A impressora mede 25,5 x 19,4 x 18,2 cm e pesa apenas 900 gramas, algo que torna possível transportar a impressora com facilidade. A máquina suporta impressão multicolorida e pode dar conta de mais de um objeto por impressão. As camadas podem chegar a apenas 15 microns, prometendo um nível de detalhes bastante elevado.

Robo C2 – US$ 499 (R$ 1.560)

Impressora compacta usa celular para controlar processo de impressão (Foto: Divulgação/Robo3D) Impressora compacta usa celular para controlar processo de impressão (Foto: Divulgação/Robo3D)

Impressora compacta usa celular para controlar processo de impressão (Foto: Divulgação/Robo3D)

A Robo C2 é uma impressora compacta destinada a uso doméstico. A máquina chama atenção pela compatibilidade com mais de 20 tipos de materiais de impressão diferentes que não precisam de superfícies aquecidas para funcionar. A impressora tem câmera para acompanhar a impressão remotamente e permite controle total do processo por meio do celular. A impressora pesa 9,4 quilos e tem 33 x 32 x 46 cm de medidas.

Em termos de especificações técnicas, a impressora chama atenção por uma ampla base de resolução, que vai de camadas de 20 microns para máxima qualidade a 300 microns, quando detalhes podem ser sacrificados em busca de impressão mais economica e rápida.

Qual a melhor impressora multifuncional? Comente no Fórum do TechTudo

MAIS DO TechTudo