Por Caroline Parreiras, para o TechTudo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp
Os motivos para comprar o Galaxy Note 8 no Brasil (ou evitar o celular) Os motivos para comprar o Galaxy Note 8 no Brasil (ou evitar o celular)

O tão aguardo Galaxy Note 8 foi lançado no Brasil pela Samsung na última semana e já está dando o que falar. Sua tela com bordas mínimas e altíssima qualidade, a câmera dupla (dual camera em inglês), o leitor de íris e outras diversas melhorias em relação ao Galaxy Note 7 colocam o novo celular da fabricante sul-coreana entre os melhores do mundo.

O preço no mercado nacional começa em R$ 4.399 e pode ser uma das principais razões para não comprar o aparelho no lançamento. Para saber se vale a pena adquirir o Galaxy Note 8 no Brasil, o TechTudo reuniu os cinco principais motivos para comprar ou não o smartphone mais poderoso da Samsung.

Galaxy Note 8 tem 6,3 polegadas e vem com caneta S-Pen — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Galaxy Note 8 tem 6,3 polegadas e vem com caneta S-Pen — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Galaxy Note 8 tem 6,3 polegadas e vem com caneta S-Pen — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

CINCO VANTAGENS DO GALAXY NOTE 8

1. Tela com bordas mínimas e resolução acima da média

O Galaxy Note 8 é o principal concorrente do iPhone X, que chega ao mercado dos Estados Unidos em novembro. Uma das semelhanças com o rival é a tela com bordas finíssimas, o que permite ter uma tela realmente grande, sem que o smartphone precise ser enorme. É assim que o Galaxy Note 8 consegue ter 6,3 polegadas em um corpo que mede 162,5 mm de altura, 74,6 mm de largura, e 8,5 mm de espessura.

A qualidade também marca presença: com resolução Quad HD+ (2960 × 1440 pixels), o display Super AMOLED tem densidade de 522 pixels por polegada (ppi). O formato 18,9:5 oferece um formato mais parecido com o de telas de cinema. E como as bordas são curvas, assistir a vídeos no Galaxy Note 8 promete ser uma ótima experiência.

2. É o primeiro Samsung com câmera dupla

Depois de concorrentes de peso chegarem ao mercado com sistema dual camera, foi a vez da Samsung mostrar a que veio. Os dois sensores fazem imagens com até 12 MP e têm estabilização óptica, garantindo mais nitidez. A lente principal, grande angular, tem abertura f/1.7, enquanto a secundária, teleobjetiva, é f/2.4. Já os vídeos podem ser feitos em 4K.

A grande vantagem de ter duas câmeras é a possibilidade de fazer fotos com fundo desfocado, como o chamado Modo Retrato da Apple. No Galaxy Note 8, o diferencial é a possibilidade de capturar duas imagens ao mesmo tempo, uma com cada câmera. Além disso, o smartphone da Samsung permite controlar a intensidade do desfoque, mesmo depois do clique. E se não gostar do resultado, dá para desfazer e ficar com a imagem original, sem nenhuma parte desfocada.

Galaxy Note 8 é o primeiro smartphone da Samsung com câmera dupla — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Galaxy Note 8 é o primeiro smartphone da Samsung com câmera dupla — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Galaxy Note 8 é o primeiro smartphone da Samsung com câmera dupla — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

A câmera frontal também não ficou devendo em nada. São 8 MP com abertura f/1.7. De maneira geral, o Galaxy Note 8 tende a se sair muito bem registrando imagens, inclusive, em ambientes com pouca luz. E se o Galaxy S8 já surpreendeu nos testes feitos pelo TechTudo, o Note 8 tem todos os motivos para superar o aparelho da linha S no quesito câmera.

3. Alto poder de processamento e memória RAM de 6 GB

Como é de se esperar de um smartphone poderoso, o Note 8 promete desempenho acima da média, inclusive na hora de rodar jogos que exigem mais poder gráfico. Ele é tem processador de octa-core de até 2,35 GHz, o Exynos 8895, fabricado pela própria Samsung. E com 6GB de memória RAM, abrir vários aplicativos ao mesmo tempo não deverá ser um problema.

4. Caneta S-Pen resistente à água

Característica marcante nos smartphones da linha Galaxy Note, a caneta eletrônica S-Pen também acompanha o Note 8. Ela fica guardada em um compartimento na parte de baixo do celular e, quando retirada, o aparelho acende a tela para permitir anotações em até cem páginas. Assim, o Note 8 oferece uma maneira prática para escrever rapidamente, sem precisar de um papel e uma caneta tradicional.

Outras funções interessantes da S-Pen são os atalhos que permitem converter medidas e câmbio de moedas, além de traduzir textos. Também dá para selecionar uma parte da tela e salvar o conteúdo em GIF, por exemplo. Depois, é possível compartilhar a imagem em movimento em redes sociais ou mensageiros, como o WhatsApp. O mesmo é possível para textos que o usuário escrever com a S-Pen: dá para capturar o momento da escrita e criar um GIF.

Galaxy Note 8 tem mensagem animada; usuário escreve com a caneta eletrônica e depois o telefone converte a animação em arquivo GIF — Foto: Thássius Veloso / TechTudo

Galaxy Note 8 tem mensagem animada; usuário escreve com a caneta eletrônica e depois o telefone converte a animação em arquivo GIF — Foto: Thássius Veloso / TechTudo

E assim como o Galaxy Note 8 em si, a caneta S-Pen também é à prova d'água. Ambos contam com a certificação IP68, que assegura o funcionamento dos dispositivos mesmo se ficarem por até 30 minutos submersos em água doce, a até 1,5 m de profundidade.

5. Opções de biometria aumentam a segurança do Note 8

Um combo de opções de biometria está disponível no Galaxy Note 8, para oferecer ainda mais praticidade e segurança aos dados. O dono do smartphone poderá escolher se quer desbloquear o aparelho através da leitura da impressão digital, da íris ou por meio de reconhecimento facial.

CINCO DESVANTAGENS DO GALAXY NOTE 8

1. Preço de lançamento acima dos R$ 4 mil

Para o mercado brasileiro, a Samsung optou por trazer os modelos do Note 8 com 64 GB e 128 GB, deixando de fora o aparelho com 256 GB de armazenamento. Os preços anunciados no lançamento são de R$ 4.399 e R$ 4.799, respectivamente. Embora traga muita tecnologia de fábrica, oferecendo diversos benefícios ao usuário, o valor elevado pode fazer muita gente optar por modelos mais em conta, ou esperar até que o preço do Note 8 caia.

Em lojas online, o Galaxy S8 Plus com armazenamento de 64 GB já pode ser encontrado por menos de R$ 3 mil, por exemplo. Isso em mais ou menos seis meses desde o seu lançamento por R$ 4.399.

2. Tela de 6,3 polegadas pode não ser ideal

Apesar dos testes do TechTudo terem mostrado que a manipulação do Note 8 não é um problema, já que seu corpo é enxuto, ele ainda é um celular grande, o que pode causar estranhamento em quem prefere smartphones menores. Para quem tem mãos pequenas, o uso do Note 8 com uma só mão também pode ser um pouco mais difícil, o que pode desagradar.

Tamanho do Galaxy Note 8 pode ser ponto negativo para algumas pessoas — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Tamanho do Galaxy Note 8 pode ser ponto negativo para algumas pessoas — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Tamanho do Galaxy Note 8 pode ser ponto negativo para algumas pessoas — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

3. Foco dinâmico ainda apresenta falhas na execução

Destacado entre os pontos positivos do Galaxy Note 8, o foco dinâmico apresentou algumas falhas durante os testes do TechTudo. Em algumas situações, o aparelho tem dificuldade em reproduzir o efeito Bokeh, não identificando de forma completa os contornos do objeto que deve ser focado. A Samsung, no entanto, garantiu que o smartphone vai receber uma atualização para a correção do problema.

Foto feita com o Galaxy Note 8 em modo de foco dinâmico; marcações em laranja indicam dificuldades do telefone em recortar o personagem principal — Foto: Thássius Veloso / TechTudo Foto feita com o Galaxy Note 8 em modo de foco dinâmico; marcações em laranja indicam dificuldades do telefone em recortar o personagem principal — Foto: Thássius Veloso / TechTudo

Foto feita com o Galaxy Note 8 em modo de foco dinâmico; marcações em laranja indicam dificuldades do telefone em recortar o personagem principal — Foto: Thássius Veloso / TechTudo

4. Leitor de digital ao lado da câmera, assim como no Galaxy S8

Muitos usuários do Galaxy S8 e do Galaxy S8 Plus reclamaram da posição do leitor de digitais, que fica ao lado da lente da câmera. Na hora de posicionar o dedo, é fácil errar o sensor e tocar na lente, deixando-a suja. E a arquitetura foi reproduzida no Galaxy Note 8, que também tem o leitor de digital ao lado da câmera. Para dificultar que o usuário erre o sensor, a fabricante colocou o flash entre os dois componentes.

5. No Brasil, Galaxy Note 8 só na cor preta

É comum encontrar smartphones de diversas cores no mercado. A própria Samsung oferece versões em preto, branco, prateado, dourado e até rosa, dependendo do modelo. Mas, no caso do Galaxy Note 8, a marca optou por trazer para o Brasil somente a versão mais sóbria, na cor preta, impedindo que o consumidor possa escolher outro tom para o celular.

Ficha técnica – Samsung Galaxy Note 8 no Brasil

  • Data de lançamento: 5 de outubro de 2017
  • Início das vendas: 21 de outubro de 2017
  • Preço: R$ 4.399 (64 GB) / R$ 4.799 (128 GB)
  • Tela: Super AMOLED de 6,3 polegadas
  • Resolução da tela: Quad HD+ (2960 × 1440 pixels)
  • Câmera principal dupla: grande angular com 12 megapixels e f/1.7; teleobjetiva com 12 megapixels e f/2.4
  • Câmera frontal: 8 megapixels com f/1.7
  • Armazenamento: 64 GB / 128 GB
  • Processador: octa-core de até 2,35 GHz (Exynos)
  • Memória RAM: 6 GB
  • Bateria: 3.330 mAh
  • Sistema: Android 7.1.1 com interface Samsung TouchWiz (com atualização confirmada para o Android 8 Oreo)
  • Segurança/biometria: scanner de íris, reconhecimento facial e leitor de impressões digitais
  • Recursos extras: dual chip (Duos)
  • Dimensões e peso: 162,5 x 74,8 x 8,6 mm e 195g
  • Cor: preto

MAIS DO TechTudo