Confira dez curiosidades sobre Overwatch

Veja fatos que consagram o FPS da Blizzard em pouco mais de um ano.

Confira dez curiosidades sobre Overwatch Confira dez curiosidades sobre Overwatch
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Igor Nishikiori, para o TechTudo

Overwatch é o game de tiro em primeira pessoa da Blizzard. Lançado para PS4, Xbox One e PC, ele traz diferentes classes de heróis ao estilo MOBA e tem como grande vantagem ainda estar recebendo atualizações constantes desde seu lançamento, em maio de 2016.

Por isso, seja você veterano ou um marinheiro de primeira viagem, preparamos uma lista com dez curiosidades que você provavelmente não sabia sobre Overwatch. Confira:

Moira e novo mapa Blizzard World: testamos as novidades de Overwatch

Moira e novo mapa Blizzard World: testamos as novidades de Overwatch

Overwatch nasceu de um projeto cancelado

Chris Metzen e Jeff Kaplan: as mentes por trás de Overwatch (Foto: Anna Kellen / TechTudo) Chris Metzen e Jeff Kaplan: as mentes por trás de Overwatch (Foto: Anna Kellen / TechTudo)

Chris Metzen e Jeff Kaplan: as mentes por trás de Overwatch (Foto: Anna Kellen / TechTudo)

Titan foi um projeto tocado em sigilo durante anos pela Blizzard e que prometia ser o sucessor espiritual de World of Warcraft. Porém, diversos problemas de direção fizeram o game ser oficialmente cancelado em 2014, após sete anos em desenvolvimento.

A parte boa é que alguns membros remanescentes do projeto, como Jeff Kaplan e Chris Metzen, decidiram reaproveitar algumas ideias de Titan para produzir um novo game: um shooter competitivo online com diferentes classes de heróis. E assim nasceu o Overwatch.

Entre os conceitos que foram reutilizados no novo game estão os personagens Tracer, Reaper e Reinhardt, além do mapa Anubis.

Dubladora de Ana foi escolhida por acaso

Ana Amari foi a primeira personagem anunciada após o lançamento de Overwatch (Foto: Divulgação/Blizzard) Ana Amari foi a primeira personagem anunciada após o lançamento de Overwatch (Foto: Divulgação/Blizzard)

Ana Amari foi a primeira personagem anunciada após o lançamento de Overwatch (Foto: Divulgação/Blizzard)

Dar voz à capitã Ana Amari foi o primeiro trabalho como dubladora de Aysha Selim. Natural do Cairo, ela é diretora de dublagem e também faz serviços de casting e localização para o idioma árabe.

Por isso, a Blizzard entrou em contato com Aysha para que encontrasse uma voz para a sniper vovó. Só que, após sete atrizes serem rejeitadas, os produtores consideraram que ela própria se encaixava no papel e pediram para que fizesse um teste. Ela fez a audição de sua casa e, mesmo sem ter experiência como dubladora, acabou sendo a escolhida.

A frase de desculpas de Mei é espontânea

O que era para ser um erro de bastidor acabou entrando no game (Foto: Divulgação/Blizzard) O que era para ser um erro de bastidor acabou entrando no game (Foto: Divulgação/Blizzard)

O que era para ser um erro de bastidor acabou entrando no game (Foto: Divulgação/Blizzard)

Um dos designers de Overwatch, Michael Chu, revelou durante um evento que a famosa frase de Mei, “Sorry” (“Desculpa” em inglês), não estava no script.

Durante as gravações, a dubladora Yu Zhang cometeu um erro e acabou se desculpando de um jeito fofo para os diretores. Chu, que acompanhava do estúdio, disse que olhou para o engenheiro de som e perguntou: “Você gravou isso?” Ele respondeu que sim e Chu disse: “Então, envie para mim”.

Doomfist virou personagem só por causa de seu nome

Para os produtores, Doomfist era o nome de vilão ideal (Foto: Divulgação/Blizzard) Para os produtores, Doomfist era o nome de vilão ideal (Foto: Divulgação/Blizzard)

Para os produtores, Doomfist era o nome de vilão ideal (Foto: Divulgação/Blizzard)

Apesar de ser mencionado desde o primeiro trailer de Overwatch, lançado em 2014, Doomfist não foi planejado como um personagem jogável. A ideia inicial era que ele fosse apenas um personagem secundário dentro do universo do game, como o monge pacifista Mondatta.

Na verdade, todo o conceito por trás de Doomfist só nasceu porque a equipe de criação achou que Doomfist era um excelente nome para um vilão e decidiram usá-lo como argumento para o curta. Só que a repercussão foi tamanha que muitos fãs começaram a especular sobre quem seria Doomfist, o que motivou a equipe a trabalhar no personagem.

Gato Jetpack chegou a ser cogitado como um dos heróis

Quase tivemos um Gato Jetpack em Overwatch (Foto: Divulgação/Blizzard) Quase tivemos um Gato Jetpack em Overwatch (Foto: Divulgação/Blizzard)

Quase tivemos um Gato Jetpack em Overwatch (Foto: Divulgação/Blizzard)

Dentre os personagens que foram cancelados ainda na fase de criação de Overwatch está um gato que voava usando um jetpack – ou simplesmente Gato Jetpack, segundo os fãs.

De acordo com o produtor Jeff Kaplan, embora promissor, a equipe achou que o personagem não se encaixava no universo do jogo e o riscou da lista de personagens. Muitos especulam se o Gato Jetpack não teria dado lugar à D.Va, que também manipula um robô e que originalmente tinha a temática de gatos ao invés de coelhos.

Durante a Blizzcon deste ano, Kaplan divulgou algumas imagens de heróis que foram pensados inicialmente para o jogo, e dentre eles está o Gato Jetpack.

McCree existe por causa de Half Life

O caubói de Overwatch deve tudo ao seu revólver (Foto: Reprodução) O caubói de Overwatch deve tudo ao seu revólver (Foto: Reprodução)

O caubói de Overwatch deve tudo ao seu revólver (Foto: Reprodução)

Muito além de uma homenagem aos filmes de faroeste, McCree só existe porque os produtores queriam um herói que usasse um revólver parecido com a Colt Python da franquia Half Life.

Para o produtor Jeff Kaplan, o revólver é uma das armas mais poderosas e divertidas da série da Valve, e eles queriam emular a sensação de usar a Colt em Overwatch. Assim, pensaram em um cáuboi no estilo dos filmes de Clint Eastwood que pudesse usar a arma.

D.Va e Lúcio: dos games para o mundo real

Além de controlar robôs, D.Va é campeã de Starcraft (Foto: Divulgação/Blizzard) Além de controlar robôs, D.Va é campeã de Starcraft (Foto: Divulgação/Blizzard)

Além de controlar robôs, D.Va é campeã de Starcraft (Foto: Divulgação/Blizzard)

Antes de revelar alguns de seus personagens, a Blizzard chegou a espalhar dicas em uma verdadeira caça ao tesouro para os fãs. O caso da Sombra foi bastante comentado, mas houve outros também.

Antes de ser oficialmente anunciada como personagem de Overwatch, D.Va tinha um perfil oficial no site do Campeonato Mundial de Starcraft 2, inclusive com estatísticas semelhantes a de um gamer profissional, o que causou alguma confusão entre os fãs. D.Va também tinha aparecido em um pôster no mapa de Hanamura.

Da mesma forma, Lúcio teve um suposto álbum lançado antes de ser revelado como herói do game, chamado Synaesthesia Auditiva. As músicas podem ser ouvidas no site oficial de Overwatch.

Blizzard fez uma homenagem a um fã morto

Bela homenagem da Blizzard em Overwatch (Foto: Reprodução/Reddit) Bela homenagem da Blizzard em Overwatch (Foto: Reprodução/Reddit)

Bela homenagem da Blizzard em Overwatch (Foto: Reprodução/Reddit)

Em maio de 2016, o estudante chinês Wu Hongyu, de 20 anos, perseguiu um ladrão que roubou a moto de um colega de faculdade. Ele, que também estava de moto, acabou sofrendo um acidente e não resistiu aos ferimentos e morreu.

O caso aconteceu em maio de 2016, um dia antes do lançamento de Overwatch. A Blizzard soube da história de Wu e de que ele era um grande fã do jogo e fez uma bela homenagem no mapa Lijiang Tower: um dos trajes espaciais tem o seu nome e acima há a frase “Heróis Nunca Morrem”.

Overwatch tem várias referências de animes

Moira correndo como Naruto (Foto: Divulgação/Blizzard) Moira correndo como Naruto (Foto: Divulgação/Blizzard)

Moira correndo como Naruto (Foto: Divulgação/Blizzard)

Que os desenvolvedores adoram colocar easter eggs nos jogos não é novidade. Só que em Overwatch a coisa vai além. Os produtores não apenas esconderam referências de filmes e games no universo do jogo como também de alguns animes conhecidos.

Confira alguns exemplos:

  • O emote de dança da Mei é o Hare Hare Yukai, de Haruhi Suzumiya;
  • O modo como Moira corre remete a Naruto e um de seus sprays é uma referência a Akira;
  • Uma das frases que Hanzo diz é “Espírito do dragão, eu escolho você”;
  • A cena de transição do curta-animado Junkertown, o Plano é inspirada na abertura de Cowboy Bebop;
  • Uma das frases de Doomfist é uma referência a One Punch Man.

Alguns nomes têm origens curiosas

O nome de Zenyatta já era bem conhecido nos anos 1980 (Foto: Reprodução) O nome de Zenyatta já era bem conhecido nos anos 1980 (Foto: Reprodução)

O nome de Zenyatta já era bem conhecido nos anos 1980 (Foto: Reprodução)

Se o nome Doomfist nasceu antes mesmo do personagem (ver acima), outros tiveram que ser mais elaborados. Confira alguns casos:

  • O nome Zenyatta veio do álbum Zenyatta Mondatta, da banda inglesa Police. Mondatta é o nome do mestre de Zenyatta que acabou sendo morto por Widowmaker;
  • Jesse McCree é o nome de um dos funcionários da Blizzard;
  • O verdadeiro nome de Junkrat, Jamison Fawkes, é uma referência a Guy Fawkes, revolucionário religioso que tentou explodir o parlamento inglês em 1605;
  • Hanzo tem esse nome por causa do famoso ninja Hattori Hanzo que viveu no Japão durante o século 16, enquanto Genji é inspirado no livro clássico japonês O Romance de Genji;
  • O pseudônimo D.Va é uma referência não apenas aos usernames usados pelos gamers profissionais como também aos nomes fictícios adotados pelas idols coreanas. Especula-se ainda que D.Va seja uma piada com a palavra diva e o anime Evangelion.
  • No dialeto yoruba, o nome de Doomfist (Akande Ogundimu) pode ser traduzido como “herdeiro do deus que busca a guerra”.

MAIS DO TechTudo