Por Thiago Rocha, para o TechTudo


O filtro de linha é indicado para quem quer proteger os seus equipamentos de oscilações da rede elétrica. Em geral, o dispositivo conta com uma série de componentes eletrônicos que trabalham em conjunto para manter os seus aparelhos seguros, pois ele evita a passagem de altas correntes para os eletrônicos conectados. Quando isso ocorre, o fusível “queima”, ou seja, corta a energia que alimenta o filtro. Existem diversos tipos de filtros de linha à venda no mercado brasileiro.

O TechTudo listou as seis melhores opções com cinco tomadas, quantidade que deve atender a maioria dos consumidores. Avalie todas os modelos abaixo e escolha o melhor para você.

Ragtech 2033 tem fusível de 10A — Foto: Divulgação/Ragtech Ragtech 2033 tem fusível de 10A — Foto: Divulgação/Ragtech

Ragtech 2033 tem fusível de 10A — Foto: Divulgação/Ragtech

1. Ragtech 2033

Com um design tradicional, o filtro de linha da Ragtech está disponível somente na cor preta e pode ser encontrado facilmente em lojas online por R$ 24. O aparelho traz tomadas de três pinos no padrão brasileiro (NBR 14136) e potência máxima de 1150VA/W. Além disso, o fusível e a corrente de carga contam com 10A para proteger os seus equipamentos de sobretensões.

O consumidor que comprar esse dispositivo não precisa se preocupar com a tensão de entrada, uma vez que ele trabalha com várias voltagens (115V-127V ou 220V). As demais especificações incluem um cabo com 1,5 m de comprimento, caixa plástica anti-chamas, chave liga/desliga com sinalização luminosa e garantia de 12 meses contra os defeitos de fabricação.

2. Forceline 560

Forceline 560 tem corpo de metal — Foto: Divulgação/Forceline Forceline 560 tem corpo de metal — Foto: Divulgação/Forceline

Forceline 560 tem corpo de metal — Foto: Divulgação/Forceline

O Forceline 560 chama atenção por trazer um gabinete metálico, com a promessa de ser resistente a impactos do dia a dia. Ele custa em média R$ 30 e possui disjuntor capaz de se rearmar automaticamente, o que deve garantir uma maior eficiência contra anomalias na rede elétrica. O filtro de linha tem cabo de 1,4 m e certificado do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia).

O aparelho da Forceline é bivolt (127V e 220V) e conta com um fusível de 10A, além de uma chave com indicador luminoso de funcionamento. O dispositivo tem garantia de um ano.

3. Lacerda 250120005-M00

Lacerda 250120005-M00 possui pintura eletrostática anti-choque — Foto: Divulgação/Lacerda Lacerda 250120005-M00 possui pintura eletrostática anti-choque — Foto: Divulgação/Lacerda

Lacerda 250120005-M00 possui pintura eletrostática anti-choque — Foto: Divulgação/Lacerda

Fabricado pela Lacerda, o filtro de linha 250120005-M00 também possui um corpo feito de metal, mas com dimensões menores e pintura eletrostática anti-choque. As tomadas com três pinos no padrão brasileiro se destacam por serem bem espaçadas, permitindo que o usuário encaixe facilmente os mais diversos tipos de conectores.

O modelo ainda embarca um supressor de picos de tensão e fusível de qualidade com unidade reserva, que ajudam a proteger seus equipamentos em caso de comportamento inesperado da rede elétrica. Além disso, o filtro da Lacerda tem cabo com 1,2 m e chave liga/desliga. No mercardo nacional, é possível encontrar o aparelho da Lacerda por aproximadamente R$ 32 e somente na cor cinza, com detalhes em preto e vermelho.

4. Forceline 0060500003

Forceline 0060500003 possui duas entradas USB 2.0 — Foto: Divulgação/Forceline Forceline 0060500003 possui duas entradas USB 2.0 — Foto: Divulgação/Forceline

Forceline 0060500003 possui duas entradas USB 2.0 — Foto: Divulgação/Forceline

O 0060500003, da Forceline, é uma opção interessante para quem procura um filtro de linha capaz de carregar o seu smartphone e tablet com segurança. Vendido em lojas online por R$ 56, o componente traz fusível de 10A e duas entradas USB 2.0 com corrente contínua de 5V. O dispositivo tem 1 ano de garantia que deve cobrir os defeitos de fabricação.

Como a maioria dos filtros de linha, ele pode ser fixado na horizontal ou vertical e possui chave liga/desliga embutida para evitar desligamento acidental. De resto, o aparelho da Forceline conta com cabo certificado pelo Inmetro, tomadas na nova norma NBR14136 e, em tese, consegue atenuar surtos de tensão provenientes de raios.

5. iCLAMPER Energia 5

iCLAMPER Energia 5 tem cabo de 1,5 metros — Foto: Divulgação/Clamper iCLAMPER Energia 5 tem cabo de 1,5 metros — Foto: Divulgação/Clamper

iCLAMPER Energia 5 tem cabo de 1,5 metros — Foto: Divulgação/Clamper

Disponível nas cores preto e branco, o iCLAMPER Energia 5 custa em média R$ 58 e consegue trabalhar com duas tensões, a de 127V e 220V. O diferencial desse filtro de linha é o seu Dispositivo de Proteção contra Surtos (DPS) de alta capacidade, composto por três varistores de óxido de zinco (MOV) capazes de drenar facilmente um surto de até 13.500A, uma proteção robusta para seus equipamentos plugados na tomada. Além disso, o aparelho conta com uma chave micro disjuntora para proteger as cinco tomadas no padrão brasileiro.

O iCLAMPER Energia 5 tem potência máxima de 1.270/2.200W e corrente de carga de 10A. O cabo mede 1,5 m e o aparelho pesa 440 g. A empresa oferece até três anos de garantia, cobrindo todos os defeitos ocorridos durante a fabricação.

6. ELG PowerCube Extended 5

ELG PowerCube Extended 5 é um filtro de linha portátil — Foto: Divulgação/ELG ELG PowerCube Extended 5 é um filtro de linha portátil — Foto: Divulgação/ELG

ELG PowerCube Extended 5 é um filtro de linha portátil — Foto: Divulgação/ELG

Para finalizar, selecionamos um modelo ideal para quem precisa de um filtro de linha portátil. O PowerCube Extended 5, da ELG, aposta em um design quadrado e pequeno, com apenas 7,6 cm de largura, 7,6 de comprimento e 410 g de peso. Ele custa em média R$ 90 e traz cinco tomadas de três pinos com proteção para crianças.

O aparelho ainda é bivolt (127V/220V) e possui disjuntor resetável de 10A, ou seja, não há necessidade de substituição em caso de sobrecarga. O filtro de linha da ELG tem corpo feito de polímero antichamas e supressor de picos de energia integrado, com tempo de resposta de incríveis 25 nano segundos. O cabo mede 1,5 m e o dispositivo também conta com garantia de três anos, fora uma certificação do Inmetro.

MAIS DO TechTudo