GTX 1050 Ti: conheça todas versões da placa Gigabyte à venda no Brasil

A GTX 1050 Ti têm cinco modelos no país. Entenda as diferenças entre as especificações das versões da placa de vídeo.

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Gabriel Ribeiro, para o TechTudo

A GTX 1050 Ti é uma das placas de vídeo da atualidade mais populares entre o público. O principal diferencial do produto está no custo-benefício. Construída sob a nova arquitetura Pascal, o modelo consegue rodar sem problemas alguns games em configuração máxima em resolução Full HD com uma média ideal de frames por segundo. No modelo de referência da Nvidia, a placa traz 4 GB de memória GDDR5, 769 CUDA cores e capacidade para chegar até 1.392 MHz no modo turbo.

A Gigabyte vende algumas versões da GTX 1050 Ti no Brasil. A seguir, o TechTudo apresenta as especificações dos modelos e mostra as principais diferenças entre eles. Além da ficha técnica, conheça também os preços para comprar a placa de vídeo no país.

Versão é uma das mais baratas vendidas pela Gigabyte (Foto: Divulgação/Nvidia) Versão é uma das mais baratas vendidas pela Gigabyte (Foto: Divulgação/Nvidia)

Versão é uma das mais baratas vendidas pela Gigabyte (Foto: Divulgação/Nvidia)

Gigabyte GTX 1050 Ti GV-N105TD5-4GD

A Gigabyte GTX 1050 Ti GV-N105TD5-4GD é o modelo com a melhor relação custo-benefício – ela pode ser encontrada com o preço de R$ 680. O produto também é o que mais se assemelha a versão de referência da Nvidia tendo, inclusive, a mesma velocidade padrão em modo boost e normal. No modo OC, ela trabalha em 1.316 MHz em idle e no turbo pode chegar a 1.430 MHz. O aparelho conta com apenas um cooler de 90 mm para refrigeração e traz um conector DVI, um DisplayPort e um HDMI.

Gigabyte GTX 1050 Ti OC GV-N105TOC-4GD

Modelo traz sistema de dissipação com duas ventoinhas (Foto: Divulgação/Gigabyte) Modelo traz sistema de dissipação com duas ventoinhas (Foto: Divulgação/Gigabyte)

Modelo traz sistema de dissipação com duas ventoinhas (Foto: Divulgação/Gigabyte)

Este modelo traz como diferencial o sistema de refrigeramento e o overclock de fábrica. São duas ventoinhas de 80 mm que funcionam no modo semi-passivo, ou seja, só são ativadas quando necessário. Desta forma, o aparelho promete reduzir o consumo de energia e o barulho. A placa traz clock de 1.316 MHz, e pode chegar a 1.430 MHz em turbo no modo gaming. Em modo OC, a placa oferece 1.341 MHz de clock base, com a promessa de chegar a 1.455 MHz em modo turbo. O dispositivo pode ser encontrado por cerca de R$ 720.

Gigabyte GTX 1050 Ti Windforce OC

Placa conta com proteção na parte traseira  (Foto: Divulgação/Gigabyte) Placa conta com proteção na parte traseira  (Foto: Divulgação/Gigabyte)

Placa conta com proteção na parte traseira (Foto: Divulgação/Gigabyte)

Esta versão traz o mesmo sistema Windforce para resfriamento. A diferença está no tamanho das ventoinhas. São duas de 90 mm, contra coolers de 80 mm da versão anterior. Neste modelo, as fans giram de forma alternada. De acordo com a Gigabyte, isso melhora a dissipação do calor. O modelo também conta com um backplate para proteção da parte traseira e traz mais conexões HDMI: são três HDMI 2.0 e uma porta DisplayPort, além de uma DVI.

Os clocks também são mais elevados. A placa traz 1.328 MHz, e deve chegar a 1.442 MHz no turbo em modo Gaming. No modo OC, o aparelho começa em 1.354 MHz, e promete alcançar 1.468 MHz no turbo. Outro diferencial está no consumo de energia: ela necessita de um conector externo de seis pinos, enquanto as outras duas versões não precisam.

Gigabyte GTX 1050 Ti Low Profile

Versão Low Profile permite ser usada em gabinetes mais estreitos (Foto: Divulgação/Gigabyte) Versão Low Profile permite ser usada em gabinetes mais estreitos (Foto: Divulgação/Gigabyte)

Versão Low Profile permite ser usada em gabinetes mais estreitos (Foto: Divulgação/Gigabyte)

A Gigabyte também tem uma versão Low Profile para a GTX 1050. Na prática, isso quer dizer que o formato da placa é mais fino do que o convencional – o que possibilita seu uso em gabinetes mais estreitos. Para isso, ela traz na embalagem o espelho normal que ocupa dois espaços e um espelho menor. No clock, a placa de vídeo trabalha em 1.303 MHz e deve chegar a 1.417 MHz em modo gaming. Já no modo OC, ela opera em 1.328 MHz com a promessa de até 1.442 MHz no turbo. O dispositivo traz o conjunto padrão de conectores: dois HDMI, um DisplayPort e um DVI. O preço gira em torno de R$ 820.

Gigabyte GTX 1050 Ti G1 Gaming

Gigabyte GTX 1050 Ti G1 Gaming traz iluminação RGB  (Foto: Divulgação/Gigabyte) Gigabyte GTX 1050 Ti G1 Gaming traz iluminação RGB  (Foto: Divulgação/Gigabyte)

Gigabyte GTX 1050 Ti G1 Gaming traz iluminação RGB (Foto: Divulgação/Gigabyte)

Visualmente, esta versão é muito parecida com a Windforce. O modelo conta com o mesmo sistema de refrigeração e a proteção na parte traseira. Porém, a GTX 1050 Ti G1 Gaming traz iluminação RGB na parte frontal. Além disso, o clock também é mais alto. O aparelho começa em 1.366 MHz e tende a chegar a 1.480 MHz no turbo em modo Gaming. No modo OC, a placa traz clock base de 1.392 MHz, com a promessa de alcançar 1.506 MHz no turbo. Assim como na Windorce, também é necessário um conector extra de seis pinos para energia. O preço gira em torno de R$ 1.200, porém é difícil encontrá-la disponível em estoque.

Qual GPU é melhor para jogos atuais? Comente no Fórum do TechTudo.

MAIS DO TechTudo