Sete sites para assistir a anime online

Opções para quem quer assistir animes online de graça ou pagando uma taxa mensal.

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Felipe Vinha, para o TechTudo

Assistir animes online é uma das facilidades que a Internet trouxe para os fãs com a tecnologia de streaming. Hoje, existem sites e aplicativos especializados nos desenhos japoneses, como o Crunchyroll, e também aqueles que possuem catálogo diversificado, mas que também oferecem este tipo de programa, como a Netflix e o Amazon Prime Video. Saiba as vantagens e desvantagens destas e outras opções, a importância de assistir o conteúdo legalizado e como acessar cada serviço, seja pago ou gratuito.

Por que assistir animes legalizados?

Antes das indicações, é importante entender o motivo pelo qual é recomendado assistir animes apenas em sites que oferecem suporte oficial. O principal deles está no incentivo que os fãs podem dar aos estúdios que produzem os desenhos e, o mais importante, aumentar a demanda para que mais serviços se interessem em trazer animes ao Brasil, com legendas ou dublagem em português.

Saiba como assistir animes de forma legal e evitar conteúdo pirata (Foto: Divulgação/Toei Animation) Saiba como assistir animes de forma legal e evitar conteúdo pirata (Foto: Divulgação/Toei Animation)

Saiba como assistir animes de forma legal e evitar conteúdo pirata (Foto: Divulgação/Toei Animation)

Outro motivo é o cuidado que você deve ter ao navegar por sites que oferecem conteúdo pirata. Muitos deles pedem doações em troca do serviço, o que é ilegal, e também podem usar seu computador para mostrar anúncios invasivos, implantar softwares maliciosos no computador ou, até mesmo, utilizar sua máquina para funções não autorizadas, como minerar bitcoin ou monero. Além de tudo isso, conteúdos oferecidos nestes sites costumam ser ilegais.

Confira a lista de sites e apps:

Crunchyroll

Para quem gosta de animes, o Crunchyroll é a melhor opção para assistir de forma legal, no Brasil. Além de ter o catálogo mais completo, com mais de 500 animes, o site é constantemente atualizado. A cada estação do ano, uma nova temporada de desenhos estreia na TV japonesa, e é seguro dizer que entre 60% e 70% destas estreias geralmente chegam ao serviço de streaming. Seu principal atrativo é a possibilidade de assistir um episódio em até uma hora depois de ele ser exibido na televisão.

Crunchyroll tem catálogo vasto e atualizado (Foto: Reprodução/Felipe Vinha) Crunchyroll tem catálogo vasto e atualizado (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Crunchyroll tem catálogo vasto e atualizado (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Há todos os tipos de anime no Crunchyroll, com gêneros diversos e com legendas em português. O serviço oferece ainda tokusatsu e dorama, que são seriados de super-heróis e dramas, respectivamente, com atores reais. Como esforço para angariar mais público, o Crunchyroll tem também 14 títulos exclusivos e alguns filmes, como especiais de One Piece, Fullmetal Alchemist e Digimon. Por fim, recentemente, os fãs puderam conferir a estreia de três desenhos dublados: Rokka no Yuusha, Yamada-kun to 7-nin no Majo e Schwarzes Marken.

Preço, vantagens e desvantagens

O Crunchyroll pode ser usado de forma gratuita, com propagandas e sem acesso aos episódios mais novos de cada anime da temporada. Também é possível pagar uma mensalidade que custa a partir de R$ 15 por mês e fornece acesso imediato a novos capítulos. Há, ainda, um teste gratuito do plano premium, que dura 14 dias, para quem estiver em dúvida. Além de acessar o site pelo computador ou em celulares com Android e iPhone (iOS), existem aplicativos para videogames, como Xbox e PlayStation.

Como desvantagem, há reclamações sobre o funcionamento do aplicativo nos videogames e erros constantes de servidor quando novos episódios de animes muito populares, como Dragon Ball e One Piece, são exibidos em estreia simultânea.

Crunchyroll oferece animes famosos e planos para ver em tempo real (Foto: Reprodução/Felipe Vinha) Crunchyroll oferece animes famosos e planos para ver em tempo real (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Crunchyroll oferece animes famosos e planos para ver em tempo real (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Hidive

O Hidive (hidive.com), rival Crunchyroll, é outra alternativa para assistir os desenhos. O funcionamento é similar: o usuário pode ver o que quiser, com transmissões quase simultâneas em relação ao que passa no Japão. Ainda não há animes dublados para o português, apenas alguns em inglês.

A oferta de séries é boa, porém é inferior a do Crunchyroll. Existem alguns animes exclusivos, no sentido de que são exibidos legalmente no Brasil, apenas no Hidive — o que é uma boa oportunidade para que os usuários façam cadastro e usem, pelo menos, a conta gratuita para testar o serviço.

Hidive é outra boa opção de streaming de anime (Foto: Reprodução/Felipe Vinha) Hidive é outra boa opção de streaming de anime (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Hidive é outra boa opção de streaming de anime (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Preço, vantagens e desvantagens

Infelizmente, não há aplicativos em qualquer formato. Só é possível assistir por interface web, em navegadores, mesmo nos celulares. O Hidive já informou que está trabalhando em novidades neste sentido, mas ainda não há previsão do lançamento. Vale informar também que o site é pesado e pouco otimizado para rodar em máquinas mais modestas.

Por outro lado, sua assinatura é mais barata: US$ 4 ao mês (cerca de R$ 12) e só pode ser paga em dólares. O valor cobre quase todas as funções do site, mas para assistir animes em alta resolução, 1080p, é preciso pagar US$ 1 adicional. Para a assinatura premium também é possível ver animes sem censura, em casos de programas mais violentos ou sensuais.

Há sempre episódios atualizados no Hidive (Foto: Reprodução/Felipe Vinha) Há sempre episódios atualizados no Hidive (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Há sempre episódios atualizados no Hidive (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Netflix

Conhecida por suas séries de produção própria ou filmes marcantes, a Netflix também é uma competidora no mercado de animes. O serviço já apresenta uma série de programas de outros estúdios no catálogo, mas oferece animes exclusivos, com o selo “Original Netflix”, ainda que não sejam desenvolvido pela empresa – que tem os direitos exclusivos adquiridos, na maioria dos casos.

Os animes exclusivos da Netflix oferecem opção dublada em português, mas todos os outros acompanham também legendas em nosso idioma. Há programas de todos os tipos e gêneros, mas também em menor quantidade do que na maioria dos concorrentes. A qualidade da imagem depende do plano assinado – a partir de R$ 20 ao mês com qualidade “padrão” (SD e uma tela) ou R$ 28 com alta definição (e duas telas). Não é possível assistir de graça.

Netflix tem categoria 'animes' (Foto: Reprodução/Felipe Vinha) Netflix tem categoria 'animes' (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Netflix tem categoria 'animes' (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Vantagens e desvantagens da Netflix

A Netflix tem oferta atrativa de animes em seu serviço, mas não tão numerosa. A possibilidade de fazer download de alguns deles para assistir offline é um adicional interessante para o público brasileiro. Vale lembrar que o serviço tem apps para celulares com Android e iPhone (iOS) e para SmarTVs e videogames mais modernos.

Por outro lado, a Netflix não oferece animes com transmissão simultânea em relação ao Japão. Os programas da atual temporada adquiridos por eles sempre são exibidos para o resto do mundo com grande atraso, o que pode desagradar aos fãs que buscam novidades sempre que possível.

Há animes exclusivos na Netflix (Foto: Reprodução/Felipe Vinha) Há animes exclusivos na Netflix (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Há animes exclusivos na Netflix (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Amazon Prime Video

O Amazon Prime Video chegou recentemente ao Brasil. Assim como a Netflix, o serviço de streaming da Amazon é especializado em filmes e seriados, com produções próprias, e também oferece animes em seu catálogo.

Há séries que não são encontradas em outros serviços — como Prison School ou Kabaneri of the Iron Fortress —, algumas opções com legendas em português, outras apenas em inglês, mas sem dublagem disponível. É possível usar a mesma conta padrão da Amazon, o que facilita o uso, porém não é possível ter acesso ao conteúdo de forma gratuita.

Amazon Prime Video oferece alguns animes em suas páginas (Foto: Reprodução/Felipe Vinha) Amazon Prime Video oferece alguns animes em suas páginas (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Amazon Prime Video oferece alguns animes em suas páginas (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Preço, vantagens e desvantagens

A principal vantagem de usar este serviço no Brasil é poder assistir animes sem a necessidade de assinar um preço extra, como ocorre na Amazon no exterior, onde existe ainda o serviço Anime Strike dentro do Prime Video. Além disso, seu preço aqui é bem em conta, R$ 7,90, podendo ser pago em reais.

Por outro lado, ter animes apenas com legendas em inglês em um serviço oferecido oficialmente no Brasil é um pouco frustrante, mesmo que não sejam todos. Há aplicativos para TVs, celulares com Android, iPhone (iOS) e videogames, mas o funcionamento não é tão bom quando comparado aos concorrentes.

Há animes legendas em inglês e em português no Amazon Prime Video (Foto: Reprodução/Felipe Vinha) Há animes legendas em inglês e em português no Amazon Prime Video (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Há animes legendas em inglês e em português no Amazon Prime Video (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Looke

O Looke (looke.com.br) é um serviço de streaming interessante por ser nacional, permitir aluguel e compra (não apenas assinatura), e ainda ter funções como download ou lista para "ver depois". A oferta de animes, contudo, é baixa. Apenas alguns mais famosos, como Cavaleiros do Zodíaco, Street Fighter, Akira, Hunter X Hunter ou Ghost in the Shell, são encontrados na plataforma.

Os animes deste serviço estão em categoria própria, mas também são encontrados misturados na mesma seção de outras animações diversas, incluindo filmes infantis ou educativos. Alguns, como Cavaleiros do Zodíaco The Lost Canvas, são apenas dublados em português.

Plataforma nacional, Looke tem poucos animes (Foto: Reprodução/Felipe Vinha) Plataforma nacional, Looke tem poucos animes (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Plataforma nacional, Looke tem poucos animes (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Preço, vantagens e desvantagens:

O Looke oferece planos a partir de R$ 17 ao mês e permite acessar todo o catálogo em apenas um computador ou celular. Planos mais caros apenas aumentam o número de aparelhos com acesso ao conteúdo e oferecem, ainda, aluguel de novos filmes incluídos na assinatura de R$ 26 mensais. Falta de títulos atuais e pouca variedade de animes são as desvantagens do serviço.

Por outro lado, o Looke é versátil e permite comprar ou alugar apenas o que o usuário quer consumir. No caso de séries, é possível comprar uma temporada inteira se desejar ver apenas uma ou duas programações específicas. Há aplicativos para desktop, celulares com Android, iPhone (iOS), TVs, Xbox e PlayStation.

Looke permite comprar ou alugar temporadas (Foto: Reprodução/Felipe Vinha) Looke permite comprar ou alugar temporadas (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Looke permite comprar ou alugar temporadas (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Viewster

O Viewster (viewster.com) é uma plataforma britânica de streaming que não oferece planos de assinatura ou propagandas: é 100% gratuita. É possível assistir a seriados e animes. A variedade do catálogo não é grande, mas alguns dos desenhos possuem legendas em português, como o popular “DanMachi”.

Sua navegação é facilitada e não ter assinatura é uma vantagem para quem quer apenas passar o tempo, sem se preocupar. Não há filmes, apenas séries.

Viewster é de graça, mas contém poucos animes (Foto: Reprodução/Felipe Vinha) Viewster é de graça, mas contém poucos animes (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Viewster é de graça, mas contém poucos animes (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Preço, vantagens e desvantagens

O Viewster, além de gratuito, possui aplicativos para a maioria dos aparelhos de TV ou DVRs mais modernos, além de apps para celulares com Android e iPhone (iOS). É possível assistir animes em quantas telas quiser.

O ponto negativo é a falta de variedade do catálogo pouco numeroso, com menos de 30 títulos disponíveis até o fechamento desta matéria.

Na maioria dos casos, as séries do Viewster estão legendas em inglês (Foto: Reprodução/Felipe Vinha) Na maioria dos casos, as séries do Viewster estão legendas em inglês (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Na maioria dos casos, as séries do Viewster estão legendas em inglês (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

YouTube

O YouTube é um serviço à parte e também um risco. Existem muitos materiais não autorizados ou que ferem direitos autorais publicados na plataforma de vídeos do Google, e também existem canais oficiais de estúdios, que publicam conteúdo de forma legal. Um exemplo é o Funimation, que funciona apenas fora do país, mas oferece animes legendas em inglês em seu canal oficial.

O clássico estúdio Toei, responsável por sucessos do passado como Changeman e Jaspion, oferece tokusatsu – seriados japoneses com heróis coloridos – em seu canal oficial, mas apenas em japonês e sem qualquer opção de legenda. Dos serviços nacionais, o único que oferece alguns episódios de forma oficial e legendado, também no YouTube, é o Crunchyroll.

Crunchyroll é um dos poucos canais oficiais que oferecem animes também no YouTube (Foto: Reprodução/Felipe Vinha) Crunchyroll é um dos poucos canais oficiais que oferecem animes também no YouTube (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Crunchyroll é um dos poucos canais oficiais que oferecem animes também no YouTube (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Serviços que mudaram

Há plataformas de streaming que ofereciam animes no passado e mudaram por algum motivo. Um dos exemplos é o Crackle, da Sony, que contava com programas bem conhecidos em seu catálogo, como Death Note e Cavaleiros do Zodíaco. Hoje, porém, o serviço funciona apenas para assinantes de algumas operadoras de Internet e TV a cabo e parece ter removido boa parte de programa antigos de sua plataforma.

O Daisuki  foi encerrado em outubro de 2017 (Foto: Reprodução/Felipe Vinha) O Daisuki  foi encerrado em outubro de 2017 (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

O Daisuki foi encerrado em outubro de 2017 (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Há ainda aqueles que encerraram atividades, apesar de terem começado de forma promissora. Um deles foi o Daisuki, serviço oferecido pela Bandai Namco, que tinha até mesmo animes exclusivos e em boa qualidade. Outro serviço é o nacional WoW!Play, especializado em tokusatsu e também em animes. Este durou apenas poucos meses e, apesar de a página ainda estar no ar, não permite mais assinaturas ou assistir a episódios.

No exterior

A maioria dos serviços listados acima funcionam também no exterior, onde existem ainda outros que não estão no Brasil. Exemplos mais famosos, que contém animes, são Funimation e Hulu. Os dois oferecem assinatura mensal e bom catálogo, mas não funcionam bem nem mesmo com VPN.

Conhece outro serviço para ver animes online? Responda no Fórum do TechTudo.

MAIS DO TechTudo