Por Marvin Costa, para o TechTudo


O ano foi agitado por desenvolvedores que buscavam financiamento coletivo para seus projetos. Nos sites Kickstarter e Indiegogo, muitos desses produtos ganharam grande visibilidade em 2017 e obtiveram sucesso para iniciar a produção em série e venda aos consumidores. O TechTudo esteve antenado às inovações com matérias sobre os aparelhos de destaque no mundo tecnológico.

Para fechar 2017, produzimos uma lista com os dispositivos que mais chamaram a atenção de nossos leitores e que hoje estão à venda por meio dessas plataformas. Confira a seguir os dez produtos que fizeram sucesso em sites de financiamento.

ZeusPro é um produto que amplifica o sinal Wi-Fi de roteadores sem uso de energia elétrica — Foto: Divulgação/DeusPro ZeusPro é um produto que amplifica o sinal Wi-Fi de roteadores sem uso de energia elétrica — Foto: Divulgação/DeusPro

ZeusPro é um produto que amplifica o sinal Wi-Fi de roteadores sem uso de energia elétrica — Foto: Divulgação/DeusPro

1. ZeusPro

O ZeusPro é um intensificador de sinal Wi-Fi que chama a atenção por não utilizar energia elétrica para funcionar. O produto, feito em material plástico reciclável, foi criado para acabar com interferências que produzem pontos cegos na área de abrangência de roteadores. Com funcionamento similar à técnica da lata de alumínio, o ZeusPro não possui nenhum componente eletrônico, sendo assim, não precisa de software ou aplicativos para ser configurado.

Com financiamento alcançado pelo site Indiegogo, esse aparelho é comercializado em kits de quatro unidades por US$ 30 (cerca de R$ 99 reais, em conversão direta) e um kit com uma unidade por US$ 10 (aproximadamente R$ 33, também sem os impostos). O frete está disponível para o Brasil pelo valor extra de US$ 10 (R$ 33 em conversão direta).

2. iBeamBLOCK

iBeamBLOCK é um aparelho que pode funcionar como tablet, bateria externa ou projetor — Foto: Divulgação/iBeamBLOCK iBeamBLOCK é um aparelho que pode funcionar como tablet, bateria externa ou projetor — Foto: Divulgação/iBeamBLOCK

iBeamBLOCK é um aparelho que pode funcionar como tablet, bateria externa ou projetor — Foto: Divulgação/iBeamBLOCK

O iBeamBLOCK é um projetor portátil criado para pessoas que precisam de um aparelho versátil para apresentações de projetos, exibições de filmes e outras atividades importantes, como seminários acadêmicos. Esse dispositivo trabalha com três módulos que desenvolvem diferentes funções. A principal peça é um projetor com 720 lumens de brilho, resolução HD (1280 x 720 pixels) e que pode transmitir imagens em uma superfície plana com até 120 polegadas.

Usuários ainda podem optar por comprar dois módulos extras que ampliam a utilização do produto. O módulo tablet conta com processador Atom, memória RAM de 2 GB, tela de 4,5 polegadas, memória interna de 32 GB e sistema operacional Windows 10. Além disso, há o módulo de bateria, desenvolvido para ampliar a autonomia do aparelho principal e também para carregar notebooks, tablets e outros dispositivos portáteis.

3. LookOut Charger

LookOut Charger é uma câmera de segurança embutida em um carregador de celular — Foto: Divulgação/Indiegogo LookOut Charger é uma câmera de segurança embutida em um carregador de celular — Foto: Divulgação/Indiegogo

LookOut Charger é uma câmera de segurança embutida em um carregador de celular — Foto: Divulgação/Indiegogo

A LookOut Charger é uma câmera espiã embutida discretamente em um carregador de celular aparentemente comum. Esse aparelho chama a atenção por monitorar ambientes ao mesmo tempo em que é capaz de recarregar telefones. Sua câmera produz imagens em Full HD (1080p), é ideal para aplicações de segurança em estabelecimentos comerciais e em residências.

O produto, que também não precisa de nenhum software ou aplicativo de controle, possui armazenamento interno de 32 GB e inicia gravações automaticamente assim que é plugado na tomada. O modelo básico do aparelho custa US$ 90 (cerca de R$ 298, sem a taxa de frete e os impostos).

4. Clarity

Caixa de som inteligente roda aplicativos Android e funciona com tablet — Foto: Divulgação/Indiegogo Caixa de som inteligente roda aplicativos Android e funciona com tablet — Foto: Divulgação/Indiegogo

Caixa de som inteligente roda aplicativos Android e funciona com tablet — Foto: Divulgação/Indiegogo

O Clarity é um dispositivo inteligente que funciona como caixa de som, tablet e controlador de aparelhos integrados de uma casa. Com tela de 7 polegadas, esse produto multifacetado roda qualquer app disponível para Android, o que permite usá-lo para navegar na web, redes sociais e para conversas em mensageiros como o Skype. O aparelho também possui integração com o Google Assistente para que usuários possam controlar apps por comandos de voz.

No Indiegogo, a Clarity obteve sucesso no financiamento coletivo, custando US$ 119 (cerca de R$ 395, sem os impostos e taxas de frete).

5. Touch

Touch é um fone de ouvido com Bluetooth 5.0 e autonomia que garante 6 horas de funcionamento — Foto: Divulgação/Indiegogo Touch é um fone de ouvido com Bluetooth 5.0 e autonomia que garante 6 horas de funcionamento — Foto: Divulgação/Indiegogo

Touch é um fone de ouvido com Bluetooth 5.0 e autonomia que garante 6 horas de funcionamento — Foto: Divulgação/Indiegogo

O Touch é um fone de ouvido similar aos Airpods, da Apple, e que oferece conexão via Bluetooth 5.0, autonomia de bateria de seis horas e proteção contra água. Mesmo sem possuir um chip inteligente como seu concorrente, eles reproduzem som de alta qualidade por meio de seu sistema para redução de ruídos. A recarga dos fones é feita por meio da case, o que também é uma semelhança com o produto da Apple. Quando pareado ao celular, o Touch pode receber ligações por meio de sua superfície sensível ao toque, como mostra a imagem acima.

No entanto, apesar de suas características avançadas, a conectividade Bluetooth 5.0 está disponível em poucos dispositivos no mercado. O dispositivo custava US$ 89 (cerca de R$ 296, sem os impostos), mas já está US$ 99 (aproximadamente, R$ 329) após o sucesso do financiamento coletivo.

6. Blö

Blö é um sistema de ar condicionado que pode ser posicionado na roupa dos usuários — Foto: Divulgação/Kickstarter Blö é um sistema de ar condicionado que pode ser posicionado na roupa dos usuários — Foto: Divulgação/Kickstarter

Blö é um sistema de ar condicionado que pode ser posicionado na roupa dos usuários — Foto: Divulgação/Kickstarter

O Blö é um ventilador portátil e vestível desenvolvido para ser acoplado nas roupas do usuário. Segundo os desenvolvedores, o aparelho pode baixar a temperatura corporal em até 6º em apenas dois minutos de funcionamento. Por meio de um compartimento interno, usuários podem adicionar essências que produzem a sensação refrescante prometida pelo produto.

O acessório pode ser adquirido por US$ 29 (cerca de R$ 95, sem os impostos e taxa de entrega).

7. Swidget

Swidget é uma tomada para casas com dispositivos inteligentes — Foto: Divulgação/Kickstarter Swidget é uma tomada para casas com dispositivos inteligentes — Foto: Divulgação/Kickstarter

Swidget é uma tomada para casas com dispositivos inteligentes — Foto: Divulgação/Kickstarter

A Swidget é uma tomada smart que possui dois módulos para ajudar no gerenciamento de produtos inteligentes em uma residência que usa os sistemas Google Home, Nest e outras plataformas. Além de funcionar como uma tomada comum, ela conta com um módulo Wi-Fi e outro para conexão com produtos Z-Wave.

A versão mais barata da tomada tem preço de US$ 38 (cerca de R$ 126, sem o valor do frete e dos impostos incluídos).

8. Cinemood

Projetor portátil Cinemood possui conexão sem fios e resolução Full HD — Foto: Divulgação/Indiegogo Projetor portátil Cinemood possui conexão sem fios e resolução Full HD — Foto: Divulgação/Indiegogo

Projetor portátil Cinemood possui conexão sem fios e resolução Full HD — Foto: Divulgação/Indiegogo

Desenvolvido para uso em residências, o Cinemood é um projetor portátil e sem fios que entrega imagens em resolução Full HD. Rodando Android 4.4, ele pesa apenas 250 gramas e pode ser controlado por meio de um aplicativo para o sistema mobile do Google e para iPhone (iOS). Segundo os desenvolvedores, o produto foi pensado para ser utilizado por crianças e adultos em diversos ambientes da casa.

Além disso, os pais podem controlar tudo que é assistido pelos filhos e projetar as imagens no teto ou na parede. No Indiegogo, o dispositivo pode ser adquirido por US$ 399 (cerca de R$ 1.320, sem taxa de frete e impostos).

9. Tovnet

Tovnet é uma lâmpada Led com câmera espião  — Foto: Divulgação/Indiegogo Tovnet é uma lâmpada Led com câmera espião  — Foto: Divulgação/Indiegogo

Tovnet é uma lâmpada Led com câmera espião — Foto: Divulgação/Indiegogo

A Tovnet é uma lâmpada de Led que esconde uma câmera de segurança. O dispositivo faz imagens em 960p e grava imagens no escuro com o recurso infravermelho, além de possuir sensores de movimento, microfones para captação de áudio, entrada para cartões de memória SD e conexão Wi-Fi. O dispositivo é controlado por meio de um app disponível para smartphones Android e iPhone (iOS).

Mesmo após obter a meta em seu projeto de financiamento coletivo, a lâmpada ainda pode ser adquirida pelo site Indiegogo por US$ 125 (cerca de R$ 413 em conversão direta).

10. Keruo L7

Projetor portátil Keruo L7 projeta imagens de mídias do celular — Foto: Divulgação/Indiegogo Projetor portátil Keruo L7 projeta imagens de mídias do celular — Foto: Divulgação/Indiegogo

Projetor portátil Keruo L7 projeta imagens de mídias do celular — Foto: Divulgação/Indiegogo

Para fechar a lista, mais um projetor portátil. O Keruo L7 é um aparelho que pode gerar imagens em até 160 polegadas. O dispositivo possui armazenamento interno de 8 GB, projeta imagens em resolução 854 x 480 e tem conexões Wi-Fi e Bluetooth. Rodando Android, ele pode parear vídeos de celulares por meio de um aplicativo grátis disponível na App Store (iOS) e na Google Play. Esse projetor está à venda por US$ 299 (cerca de R$ 987, sem as taxas). O frete para o Brasil fica em mais US$ 15 (aproximadamente R$ 50).

Como funciona o Indiegogo? Descubra no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo