Por Thiago Rocha, para o TechTudo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

A DJI é uma das maiores fabricantes de drones do mundo. A empresa tem um portfólio cheio de aparelhos que prometem atender a diversos perfis de usuários. Há modelos para profissionais exigentes que precisam capturar imagens aéreas de qualidade, além de opções para iniciantes que nunca tiveram contato com uma aeronave não tripulada.

Para ajudar o consumidor que pretende comprar um drone da marca, o TechTudo selecionou todas as opções à venda no Brasil. A lista a seguir mostra as principais especificações de cada dispositivo e considera os preços praticados pelas lojas online presentes na região. Vale lembrar que o Mavic Air tem lançamento marcado para março no país.

DJI Spark: primeiras impressões do drone

DJI Spark: primeiras impressões do drone

1. Spark (R$ 2 mil)

A lista começa com o mais barato e menor drone da fabricante: o Spark. O modelo foi lançado em maio do ano passado e chegou ao mercado com a missão de conquistar o usuário inexperiente, que nunca "brincou" com um veículo aéreo não tripulado. O aparelho traz como principal diferencial a capacidade de ser controlado por gestos: ele é capaz de decolar da palma da mão e iniciar uma gravação somente com os comandos das mãos.

DJI Spark pode ser controlado através de gestos com as mãos — Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo DJI Spark pode ser controlado através de gestos com as mãos — Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo

DJI Spark pode ser controlado através de gestos com as mãos — Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo

No que diz respeito às especificações, o minidrone da DJI tem uma câmera de 12 megapixels que permite capturar imagens em resolução Full HD (1080p), além de bateria que promete manter o aparelho operando por 16 minutos. A velocidade máxima permitida é de 50 km/h – o que não impressiona ao ser comparada à oferecida por outros modelos da empresa.

A versão mais básica do DJI Spark pode ser encontrada nas lojas online do país por preços que giram na casa de R$ 2 mil. Já o modelo completo, com duas baterias, controle remoto e um par de hélices extra, sai por aproximadamente R$ 3 mil.

2. Phantom 3 Standard (R$ 3,2 mil)

A Standard é a variante mais básica da linha Phantom 3. O modelo custa em média R$ 3,2 mil e também é indicado para os consumidores iniciantes que estão interessados no uso do drone para pura diversão. O equipamento consegue atingir a velocidade de 57,6 km/h e chega, no máximo, a 1 km de distância do controle remoto.

Phantom 3 tem estabilização de imagem — Foto: Divulgação/DJI Phantom 3 tem estabilização de imagem — Foto: Divulgação/DJI

Phantom 3 tem estabilização de imagem — Foto: Divulgação/DJI

A câmera do Phantom 3 Standard tem 12 megapixels e resolução máxima para vídeos de 2.7K HD (2704 x 1520 pixels). O modelo embarca vários sensores de GPS para mantê-lo pairando no ar enquanto não recebe comandos e também conta com sistema de estabilização de imagem próprio da DJI para deixar os vídeos mais suaves.

O drone permite configurar um limite de altura e distância para manter o voo em uma área segura e evitar que ele perca a conexão com o controle remoto. Por fim, a bateria tem autonomia de 25 minutos e o usuário pode monitorar constantemente o consumo pelo aplicativo para saber quando é hora de voltar.

3. Mavic Pro (R$ 5 mil)

Lançado oficialmente em 2016, o Mavic Pro é voltado para os consumidores mais exigentes que não abrem mão de um drone robusto e capaz de filmar em 4K. O aparelho aposta em um design portátil, com aproximadamente 740 gramas, braços dobráveis e corpo relativamente pequeno que cabe facilmente em uma mochila.

Mavic Pro faz vídeos em 4K e pode voar por quase 30 minutos — Foto: Divulgação/DJI Mavic Pro faz vídeos em 4K e pode voar por quase 30 minutos — Foto: Divulgação/DJI

Mavic Pro faz vídeos em 4K e pode voar por quase 30 minutos — Foto: Divulgação/DJI

O Mavic Pro também se destaca nos quesitos autonomia e alcance de voo. O drone é equipado com um sistema de navegação inteligente que permite ficar até 7 km longe do controle, atinge velocidades de até 65 km/h e alcança 5 km de altura. A bateria tem 3.800 mAh e deve ser o suficiente para manter a aeronave portátil operando por 27 minutos.

O consumidor interessado no Mavic Pro precisa desembolsar cerca de R$ 5 mil para levar o pacote básico do drone para casa. Por R$ 6 mil, é possível comprar a versão completa, com três baterias (considerando a padrão e duas extras), cinco pares de hélices, carregador veicular, bolsa para transporte e adaptador para carregar qualquer dispositivo USB.

4. Phantom 4 Pro e Advanced (R$ 7,5 mil e R$ 5,5 mil)

Tanto o Phantom 4 Pro quanto a versão Advanced foram projetadas especialmente para agradar os profissionais. Ambos os drones trazem uma câmera com 20 megapixels, sensor de uma polegada e obturador mecânico. As câmeras ainda oferecem compressão de vídeo H.265 e são capazes de filmar em resolução 4K a 60 fps e registrar fotos no modo esportivo a 14 fps.

Phantom 4 Pro tem tecnologia que permite traçar rotas para o drone seguir — Foto: Divulgação/DJI Phantom 4 Pro tem tecnologia que permite traçar rotas para o drone seguir — Foto: Divulgação/DJI

Phantom 4 Pro tem tecnologia que permite traçar rotas para o drone seguir — Foto: Divulgação/DJI

Os modelos são equipados com uma bateria que deve entregar 30 minutos de tempo de voo e conseguem atingir a marca de até 72 km/h. As duas aeronaves portáteis podem se distanciar 14 km do controle remoto e subir 6 km acima do nível do mar.

Além das especificações, os aparelhos da DJI se destacam por trazerem a tecnologia de automação Draw, que permite traçar uma rota para o drone seguir enquanto mantém a altitude bloqueada. Assim, o piloto se concentra somente em controlar a câmera e registrar boas imagens.

As principais diferenças entre os dois modelos ficam por conta do preço e de alguns recursos. O Phantom 4 Advanced pode ser encontrado no mercado por cerca de R$ 5,5 mil. Já a variante Pro custa R$ 2 mil a mais, porém traz sensores de visão traseira, infravermelhos no sistema Flight Autonomy e controle remoto com suporte a faixa de 5,8 GHz.

Qual tipo de drone vale a pena no Brasil? Comente no Fórum do TechTudo.

MAIS DO TechTudo