Por Isabela Cabral, para o TechTudo


O sistema de câmera dupla está presente em diversos celulares lançados recentemente. A tecnologia visa melhorar a qualidade das imagens feitas com o smartphone, superando limitações referentes ao uso de um único sensor. Presente principalmente em celulares premium, como o iPhone X e o Galaxy Note 8, a dual camera já foi adotada também por alguns modelos mais baratos, como o Moto G5S Plus. A tendência é que cada vez mais as fabricantes recorram a esse recurso.

A função da câmera dupla pode variar. Duas lentes com distâncias focais distintas proporcionam um zoom sem queda na qualidade, como o digital. Uma das câmeras pode também ser monocromática, servindo apenas para captar mais luz. Já quando uma das lentes é grande angular e a outra teleobjetiva, fica mais fácil atingir o efeito de profundidade de campo – aquele em que o fundo é desfocado e o objeto principal se destaca. Se você está procurando o smartphone mais adequado às suas necessidades, veja a lista de celulares que já contam com o recurso.

Review do Galaxy Note 8; testamos o celular da Samsung com câmera dupla

Review do Galaxy Note 8; testamos o celular da Samsung com câmera dupla

No mais poderoso smartphone da Apple, não poderia faltar a dual camera. São dois sensores com 12 megapixels, uma lente grande angular e outra teleobjetiva, com abertura de f/1.8 e f/2.4, respectivamente. Há ainda o recurso Portrait Lightning, que permite alterar a iluminação de fotos com efeito de profundidade. A câmera frontal tem sensor de 7 MP e também fotografa no modo retrato.

Construído em alumínio e vidro, o iPhone X tem bordas mínimas e display de 5,8 polegadas, com resolução de 2436 x 1125 pixels. Um dos destaques do modelo é o Face ID, tecnologia de reconhecimento facial que serve para desbloquear a tela ao identificar o dono. O sistema, porém, já demonstrou brechas, segundo testes de usuários. Outra novidade é a recarga sem fio. O celular tem processador Apple A11 Bionic, que promete 70% mais velocidade que o do iPhone 7. O preço é alto: no Brasil, a versão de 64 GB custa R$ 6.999 e a de 256 GB sai por R$ 7.779.

iPhone X: conheça sete curiosidades sobre o modelo da Apple

iPhone X: conheça sete curiosidades sobre o modelo da Apple

Lançado junto com o iPhone X – além do iPhone 8, que não tem câmera dupla – o 8 Plus é um aparelho premium apenas um pouco mais modesto. O conjunto de câmeras é o mesmo: na traseira, uma grande angular de abertura de lente f/1.8 e uma teleobjetiva de abertura f/2.4, ambas com sensor de 12 MP, enquanto a frontal tem 7 MP. Como toda a linha da Apple lançada em 2017, o dispositivo roda o iOS 11.

O chipset é também o A11 Bionic, que fez do iPhone 8 Plus o celular mais veloz do mundo, de acordo com teste realizado sem considerar o X. A tela é de 5,5 polegadas com resolução Full HD (1920 x 1080 pixels) e o leitor de impressões digitais continua como sistema de segurança. O carregamento sem fio também está presente. O modelo chegou às lojas brasileiras por R$ 4.599 (64 GB) ou R$ 5.399 (256 GB).

iPhone 8, 8 Plus e X: preço e especificações dos lançamentos da Apple

iPhone 8, 8 Plus e X: preço e especificações dos lançamentos da Apple

O celular top de linha da Samsung tem uma enorme tela de 6,3 polegadas em formato 18:9, que ocupa quase toda a frente do aparelho. Segundo testes realizados pelo TechTudo, o desempenho é alto. Seu processador Exynos octa-core de até 2,35 GHz trabalha em conjunto com memória RAM de 6 GB. O desbloqueio do display fica por conta da tecnologia de leitura de íris. Com foco em produtividade, o celular traz uma caneta stylus para facilitar o manuseio.

A dual camera, que apresenta sensores de 12 megapixels, é formada por uma lente com abertura f/1.7 e outra de f/2.4. As fotografias alcançam boa qualidade tanto de dia quanto de noite, no entanto, o modo de desfoque do fundo para retratos não tem resultados muito satisfatórios. Estão disponíveis duas versões do Galaxy Note 8, uma com 64 GB de armazenamento e outra com 128 GB. Os preços começam em R$ 4.399 na loja oficial. No varejo, o smartphone é encontrado na faixa de R$ 4 mil.

Galaxy Note 8 tem câmera dupla de 12 MP — Foto: Luciana Maline/TechTudo Galaxy Note 8 tem câmera dupla de 12 MP — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Galaxy Note 8 tem câmera dupla de 12 MP — Foto: Luciana Maline/TechTudo

LG V30

O LG V30 traz em sua dual camera uma das maiores aberturas de lente em smartphones até hoje – perdendo apenas para o W2018, da Samsung. Isso significa uma alta absorção de luz, levando a melhores resultados nas fotos captadas em ambiente pouco iluminados. Uma das câmeras do conjunto tem abertura f/1.6 e sensor de 16 MP e a outra f/1.9 e 13 MP. Na hora de fotografar, é possível escolher apenas uma delas.

Com uma grande tela OLED de 6 polegadas, o modelo tem um design com bordas mínimas. A performance do LG V30 não deve decepcionar, já que o processador é o potente Snapdragon 835. A ficha técnica inclui memória RAM de 4 GB e 64 GB de armazenamento. Além disso, o smartphone conta com leitor de impressões digitais na traseira. O telefone da LG ainda não foi lançado no Brasil, mas nos EUA ele custa US$ 800, o equivalente a aproximadamente R$ 2,6 mil, sem considerar os impostos.

LG V30: conheça o novo smartphone premium da LG

LG V30: conheça o novo smartphone premium da LG

OnePlus 5T

O OnePlus 5T tem especificações poderosas para concorrer com outros celulares top de linha por um custo mais baixo. As bordas reduzidas e a tela de 6 polegadas com resolução Full HD+ e formato 18:9 estão entre os atributos de destaque do modelo. Para manter o celular seguro, o usuário poderá optar pelo sistema de reconhecimento facial ou o sensor de impressões digitais.

O smartphone promete bom desempenho: seu processador é um octa-core de até 2,45 GHz, o Snapdragon 835, enquanto a memória RAM pode ser de 6 GB ou 8 GB. Na primeira versão, o armazenamento é de 64 GB e, na segunda, de 128 GB. Com configurações impressionantes, a câmera dupla deve proporcionar boas fotos. A abertura de lente é de f/1.7 e os sensores são de 20 MP e 16 MP. Na frente, a câmera também não decepciona: 16 megapixels e abertura f/2.0.

OnePlus 5T traz tela de 6'' com bom aproveitamento na parte frontal — Foto: Divulgação/OnePlus OnePlus 5T traz tela de 6'' com bom aproveitamento na parte frontal — Foto: Divulgação/OnePlus

OnePlus 5T traz tela de 6'' com bom aproveitamento na parte frontal — Foto: Divulgação/OnePlus

A fabricante não tem distribuição no país, mas alguns consumidores brasileiros importam os celulares. Nos Estados Unidos, o OnePlus 5T custa a partir de R$ 499, cerca de R$ 1,6 mil em conversão direta, sem impostos.

A dual camera é apresentada como um dos pontos fortes do Zenfone 3 Zoom. Fazendo jus ao nome do modelo, o conjunto possibilita um zoom óptico – ou seja, sem perda de qualidade – de 2,3x. Em testes preliminares do TechTudo, entretanto, a câmera desapontou no uso desse recurso. Os dois sensores são de 12 MP, enquanto as aberturas de lente são de f/1.7 e f/2.8. Há ainda um sistema de estabilização, para evitar fotografias tremidas. Enquanto isso, a câmera frontal é grande angular de 13 MP.

Entre as especificações do telefone da Asus, estão o processador octa-core de até 2 GHz, tela Full HD de 5,5 polegadas, leitor de impressões digitais e uma bateria que se destaca, com 5.000 mAh. São três versões disponíveis: uma com memória RAM de 3 GB e 32 GB de espaço para guardar arquivos, e duas com memória RAM de 4 GB, sendo uma com 64 GB de armazenamento e outra com 128 GB. A mais básica foi lançada com preço de R$ 1.899, mas já custa R$ 1.799, na loja oficial, e cerca de R$ 1,5 mil em outras lojas online.

Testamos o Zenfone 3 Zoom na CES 2017

Testamos o Zenfone 3 Zoom na CES 2017

Outro celular da Asus que se sobressai no quesito fotografia é o Zenfone 4. Sua câmera principal é composta por um sensor de 12 MP e abertura de lente f/1.8 e um grande angular de 8 MP, capaz de fazer imagens com até 120 graus. A câmera para selfies, com 8 MP, captura fotos com ângulo de 140 graus.

A tela do smartphone é Full HD e tem 5,5 polegadas, enquanto o processador é o Snapdragon 630, um octa-core de até 2,2 GHz, e o armazenamento é de 64 GB. Duas variações são vendidas no Brasil, uma com 4 GB de RAM e outra com 6 GB. O modelo mais simples foi lançado por R$ 2.099, mas já pode ser encontrado por volta de R$ 1,7 mil.

Zenfone 4 tem câmera dupla de 12 MP + 8 MP — Foto: Aline Batista/TechTudo Zenfone 4 tem câmera dupla de 12 MP + 8 MP — Foto: Aline Batista/TechTudo

Zenfone 4 tem câmera dupla de 12 MP + 8 MP — Foto: Aline Batista/TechTudo

A Motorola também está apostando na câmera dupla em seus intermediários. O Moto X4 apresenta visual renovado, com uma estrutura em vidro e metal. A tela é de 5,2 polegadas com resolução Full HD e, logo abaixo, fica o leitor de impressões digitais para o desbloqueio do aparelho. O espaço de armazenamento não é dos maiores, são apenas 32 GB. O processador Snapdragon 630, trabalhando junto à memória RAM de 3 GB, deve manter um desempenho razoável. Conforme tem sido tradição da marca, o Android vem quase sem modificações.

A dual camera é composta por um sensor de 12 MP, com abertura de lente f/2.0, e outro de 8 MP com abertura f/2.2. É possível fazer fotos no Moto X4 com ângulo de 120 graus. Segundo testes feitos pelo TechTudo, porém, a câmera deixou a desejar em ambientes pouco iluminados e teve dificuldade em aplicar o efeito de desfoque no fundo. Lançado por R$ 1.699, o smartphone já é vendido na faixa de R$ 1,3 mil.

Moto X4: conheça o novo modelo da Motorola

Moto X4: conheça o novo modelo da Motorola

O Moto G5S Plus também é opção para quem busca um celular mais em conta, mas não abre mão de certos recursos. O modelo mais avançado da linha Moto G tem como principal diferencial sua câmera dupla. O conjunto é formado por uma lente teleobjetiva e uma grande angular, ambas com 13 megapixels e abertura f/2.0. Enquanto isso, a câmera para selfies também capta imagens panorâmicas, tem 8 MP e conta com flash.

Rodando Android puro, o smartphone tem memória RAM de 3 GB e armazenamento de 32 GB, enquanto o processador é um octa-core de até 2 GHz. O display Full HD é de 5,5 polegadas. Carregamento rápido e leitura de impressões digitais também são recursos do celular. O preço de lançamento foi de R$ 1.499, mas o telefone já é encontrado por cerca de R$ 1,2 mil em lojas online.

Moto G5S Plus — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Moto G5S Plus — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Moto G5S Plus — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O Xiaomi Mi A1 é um celular chinês que tem se destacado como opção para os usuários brasileiros que buscam importar. O smartphone parte da Android One, linha de celulares de várias fabricantes que utilizam o Android exatamente como preparado pelo Google. Com processador octa-core de até 2 GHz aliado a uma memória de 4 GB, a performance tende a ser fluida. O espaço de armazenamento é de 64 GB. A tela tem resolução Full HD e 5,5 polegadas.

O telefone conta ainda com sensor de digitais e usa o padrão USB-C. A dual camera do aparelho é constituída por uma grande angular de 12 MP e abertura de lente f/2.2 e uma teleobjetiva 12MP com abertura f/2.6. Já a câmera frontal tem 5 megapixels. Com essas configurações, a tendência é que o celular capture fotos em alta qualidade durante o dia. Porém, em baixas condições de luz, as imagens podem deixar a desejar.

Xiaomi Mi A1 tem câmera dupla de 12 MP — Foto: Isabela Cabral/TechTudo Xiaomi Mi A1 tem câmera dupla de 12 MP — Foto: Isabela Cabral/TechTudo

Xiaomi Mi A1 tem câmera dupla de 12 MP — Foto: Isabela Cabral/TechTudo

O Mi A1 foi lançado inicialmente na Índia por 14.999 rúpias, o que equivale a cerca de R$ 760 na conversão sem impostos. Apesar da Xiaomi não vender seus produtos oficialmente no Brasil, é possível encontrar o celular em lojas online internacionais com valor por volta de R$ 900.

Como comprar celular nos EUA? Usuários trocam dicas no Fórum do TechTudo.

MAIS DO TechTudo