Jogos de ação

Por Felipe Vinha, para o TechTudo

PUBG Mobile ou Free Fire Battlegrounds: veja o melhor Battle Royale PUBG Mobile ou Free Fire Battlegrounds: veja o melhor Battle Royale

A versão mobile de PlayerUnknown's Battlegrounds surpreendeu por ter como principal missão trazer a experiência do PC e Xbox One para a palma da mão dos usuários. Porém, quando PUBG Mobile chegou, outros concorrentes já estavam disponíveis, entre eles Free Fire Battlegrounds, que foi produzido para Android e iOS, e por isso, em teoria, é otimizado para estas plataformas. Mas qual dos dois é o melhor? Eles se igualam em algum aspecto? Qual tipo de jogador pode curtir mais um ou outro? Leia nosso comparativo e entenda melhor:

Gráficos

O visual dos dois jogos não é feio. Pelo contrário! Para smartphones, eles estão em um nível bem alto. Porém, PUBG Mobile oferece a opção de configurar os gráficos, melhorando ou piorando a qualidade, de acordo com a performance do seu dispositivo – se for um aparelho mais antigo, por exemplo, é necessário reduzir a configuração. Esta é uma boa vantagem sobre o concorrente. Já em termos de qualidade, na aparência padrão, os dois se igualam, mostrando que estão bem próximos um do outro.

PUBG Mobile — Foto: Reprodução/Felipe Vinha PUBG Mobile — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

PUBG Mobile — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Preço

Tanto Free Fire Battlegrounds, quanto PUBG Mobile são gratuitos. Os dois oferecem compras dentro do game, que permitem obter itens cosméticos para seus personagens, como roupas e visuais secundários. Porém, comprar não é exatamente o foco nos dois casos. O divertido é que isso deixa a experiência igual, nos dois títulos, sem muitas vantagens para quem gasta mais.

Free Fire Battlegrounds — Foto: Reprodução/Felipe Vinha Free Fire Battlegrounds — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Free Fire Battlegrounds — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Jogabilidade

A jogabilidade dos dois games se iguala em termos de controles disponíveis na tela sensível ao toque dos aparelhos. Entretanto, PUBG Mobile se sai um pouco melhor, pois se adapta de acordo com o display. Além disso, os ícones estão organizados de forma mais discreta, tomando menos espaço da área útil durante os embates. Sem falar no menu dinâmico de armas, que fica no centro do painel. Neste ponto, PUBG está muito melhor do que o concorrente.

PUBG Mobile — Foto: Reprodução/Felipe Vinha PUBG Mobile — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

PUBG Mobile — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Qualidade de conexão e servidores

Nos testes realizados, os dois jogos se saíram muito bem na qualidade da conexão. Há uma certa demora para conectar em PUBG Mobile, talvez por ser mais popular e ter servidores mais cheios. Porém, uma vez dentro das partidas, tanto ele, quanto Free Fire Battlegrounds se comportaram muito bem e a conexão não caiu e nem apresentou lag, de alguma forma. A performance varia mais de acordo com a potência de processamento do celular, inclusive, por conta dos gráficos avançados.

Free Fire Battlegrounds — Foto: Reprodução/Felipe Vinha Free Fire Battlegrounds — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Free Fire Battlegrounds — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Plataformas

PUBG Mobile e Free Fire Battlegrounds estão disponíveis de forma gratuita para Android e iOS no ocidente, o que traz a vantagem de expandir o alcance para, praticamente, qualquer usuário mais atual de plataformas móveis. É claro que PUBG tem uma vantagem extra, por também ter sido lançado nos consoles (Xbox One) e ter sua versão original no PC funcionando normalmente. Contudo, Free Fire Battlegrounds disponibiliza o “APK” oficial do jogo em seu site – isto é, um arquivo no formato do Android para ser lido por emuladores do sistema em computadores.

Free Fire Battlegrounds — Foto: Reprodução/Felipe Vinha Free Fire Battlegrounds — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Free Fire Battlegrounds — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Quantidade de jogadores

Como são jogos exclusivamente online, PUBG Mobile e Free Fire Battlegrounds sempre apresentam servidores cheios – ao menos foi o que ocorreu durante nossos testes. Tivemos a notícia de que a Tencent inseriria bots (personagens controlados pelo computador) em PUBG Mobile. Mas, ainda assim, é possível notar como ele continua popular e com bem mais jogadores do que os concorrentes. Não que isso influencie na qualidade, mas é um bom indicativo.

PUBG Mobile — Foto: Divulgação/Bluehole PUBG Mobile — Foto: Divulgação/Bluehole

PUBG Mobile — Foto: Divulgação/Bluehole

Diversão

O ponto “diversão” é sempre complicado de avaliar, pois ele vai de acordo com o gosto pessoal de cada pessoa. Free Fire Battleground e PUBG Mobile são games muito próximos – os dois fornecem a experiência de “Battle Royale” em modos de 100 jogadores em um único mapa, mas têm detalhes diferentes. Algumas pessoas podem se divertir mais com um, outras com o outro. A grande dica é checar os dois e ver qual se adequa melhor ao seu estilo.

PUBG Mobile — Foto: Reprodução/Felipe Vinha PUBG Mobile — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

PUBG Mobile — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Se vale como parâmetro, arriscamos dizer que PUBG Mobile talvez seja um jogo mais voltado para quem quer uma experiência “séria”, que lembra mais os títulos da série Arma, que serviu de inspiração. Enquanto isso, Free Fire Battleground é para partidas e progressões mais casuais.

PUBG Mobile vs. Free Fire Battlegrounds

PUBG Mobile Free Fire Battlegrounds
Produtora Tencent Games Garena
Plataformas Android, iOS Android, iOS
Licença Grátis Grátis
Idioma Português Português
Mais do TechTudo