Por Taysa Coelho, para o TechTudo


O Google apresentou, na última terça (8), o Android P, próxima versão de seu sistema operacional móvel, que deverá ser lançado no segundo semestre de 2018. A tecnologia de inteligência artificial é o carro-chefe da plataforma, que aprende com os hábitos dos usuários e tenta prever quais serão seus próximos passos. Ela também é a responsável por gerir a bateria e luminosidade de maneira adaptativa.

A navegação por gestos ganhou mais relevância nessa edição – com o novo botão Home, a maneira de acessar as ferramentas está mais semelhantes àquela usada no iPhone X. A seguir, veja todas as novidades do Android P apresentadas no Google I/O 2018.

Android P: saiba tudo sobre o sistema operacional

Android P: saiba tudo sobre o sistema operacional

1. Botão Home e movimentos

O Android P traz um botão Home reformulado que busca tornar a usabilidade mais simples e intuitiva, principalmente em smartphones com telas grandes. Ao deslizar o dedo para cima, de forma curta, o usuário poderá navegar entre as últimas aplicações acessadas e as mais usadas. Um gesto mais longo dará acesso a todas as aplicações, que agora contam com uma aba chamada “Work” (trabalho, em tradução livre), onde ficam apenas os programas de produtividade.

Novo sistema de navegação por gestos do Android P — Foto: Divulgação/Google

Novo sistema de navegação por gestos do Android P — Foto: Divulgação/Google

O modo de navegação que prioriza os gestos se assemelha com o usado pela Apple no iPhone X, e remove o botão de retorno da tela inicial – item que passa a estar presente somente dentro dos apps. O quadradinho da direita também desaparece na nova versão do sistema. Abaixo, confira a lista dos principais movimentos:

  • Um toque sobre botão Home: vai para a tela inicial;
  • Pressionar por alguns segundos o botão Home: acesso à Google Assistente;
  • Deslizar o dedo de baixo para cima até metade da tela: acesso aos últimos apps abertos e aos mais usados;
  • Deslizar o dedo de baixo para cima até o final da tela: acesso a todos os apps.

2. Notificações

Com o Android P ficará mais fácil gerenciar as notificações de cada aplicação individualmente. Ao receber o aviso de algum programa, o usuário poderá, no próprio recado, optar por encerrar as notificações daquele software específico.

Além disso, haverá um botão, na parte inferior da mesma tela, que permitirá acesso rápido a uma lista das últimas mensagens recebidas. Desse modo, será possível desativar os alertas um a um.

3. Bateria adaptativa

Bateria adaptativa do Android P priorizará os programas mais usados — Foto: Divulgação/ Google Bateria adaptativa do Android P priorizará os programas mais usados — Foto: Divulgação/ Google

Bateria adaptativa do Android P priorizará os programas mais usados — Foto: Divulgação/ Google

O Google investiu bastante em inteligência artificial nessa nova versão do sistema, e a aplicou, inclusive, na maneira de gerir a bateria dos aparelhos. Em parceria com empresa britânica DeepMind, foi criado o recurso de bateria adaptativa que, quando ativado, prioriza o uso da energia para os apps e serviços que são mais utilizados e desliga aqueles que estão em segundo plano – e provavelmente não serão abertos tão cedo.

4. Luminosidade adaptativa

A aprendizagem de máquina também será aplicada ao controle da luminosidade do display. O sistema aprenderá, a partir dos ajustes feitos pelo usuários, quais são as suas preferências de acordo com o tipo de luz ambiente.

5. Actions e Slices

O Android P terá um recurso chamado "Actions", que tentará prever as próximas ações do usuário. Ou seja, ao notar que um fone de ouvido foi conectado ao aparelho, imediatamente o sistema irá sugerir o retorno à sua playlist favorita no Spotify, por exemplo.

O Actions, ou melhor, as sugestões por ele feitas, podem aparecer em qualquer local do sistema, como na tela inicial, na seleção inteligente de texto, na Play Store, no aplicativo de busca do Google e na Assistente.

O Actions do Android P tenta prever o próximo passo do usuário — Foto: Divulgação/ Google O Actions do Android P tenta prever o próximo passo do usuário — Foto: Divulgação/ Google

O Actions do Android P tenta prever o próximo passo do usuário — Foto: Divulgação/ Google

Já o Slices garante o acesso a ferramentas dentro do aplicativo integrado à pesquisa do Google. Por exemplo, ao digitar o nome de um programa de transporte, como o Uber ou Cabify, na barra de busca, poderá ser exibida a opção de chamar um carro para o seu endereço naquele momento.

Ferramenta Slice integra a pesquisa no Android P — Foto: Divulgação/ Google Ferramenta Slice integra a pesquisa no Android P — Foto: Divulgação/ Google

Ferramenta Slice integra a pesquisa no Android P — Foto: Divulgação/ Google

6. Timer para o uso de apps

A próxima versão do Android também propõe uma mudança na maneira de se relacionar com os gadgets. “A tecnologia deve ajudá-lo com sua vida, não distraí-lo dela”, explica o post no blog oficial do Google. Por isso, o novo sistema terá ferramentas que se propõem a ajudar os usuários a alcançarem um equilíbrio.

Um deles é o Dashboard, uma espécie de relatório de uso que exibirá o tempo gasto no celular, com a indicação individual de uso por aplicativo. Além disso, será possível conferir quantas vezes o telefone foi desbloqueado e o número de notificações recebidas.

Dashboard do Android P permitirá ver o tempo gasto no aparelho — Foto: Divulgação/ Google Dashboard do Android P permitirá ver o tempo gasto no aparelho — Foto: Divulgação/ Google

Dashboard do Android P permitirá ver o tempo gasto no aparelho — Foto: Divulgação/ Google

Dentro do Dashboard, há ainda opção de configurar um tempo-limite para o uso de programas específicos. Quando essa quantidade de minutos estiver próxima de ser alcançada, o ícone do programa ficará cinza, lembrando à pessoa da meta estipulada.

7. Print com edição

A ferramenta de captura de tela também deve ganhar melhorias. De acordo com o The Verge, será possível fazer anotações diretamente na imagem, antes de salvá-la ou compartilhá-la. Ainda segundo o site, será adicionado um botão de screenshot ao menu que surge na tela ao pressionar o botão para ligar e desligar os aparelhos.

Android P Beta disponível

A seguir, veja a lista de smartphones compatíveis com a versão experimental do Android P, já disponível para testes.

Com informações: Google e The Verge

MAIS DO TechTudo