Por Isabela Cabral, para o TechTudo


A Google Assistente vai ficar mais esperta – e poderá até realizar ligações sozinhas, para facilitar a vida do usuário. Presente nos celulares com Android, carros e dispositivos como o Home, o software do Google também ganhará mais interações visuais e diálogos mais fluidos. Até o fim do ano, o aplicativo estará disponível em mais de 30 línguas e 80 países.

Os anúncios foram feitos durante o Google I/O, conferência anual da companhia, em meio a várias novidades no campo da inteligência artificial.

Em fevereiro, Google Assistente entrou no clima do Carnaval — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Em fevereiro, Google Assistente entrou no clima do Carnaval — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Em fevereiro, Google Assistente entrou no clima do Carnaval — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

1. Diálogos naturais

De acordo com o Google, a compreensão linguística do software teve uma melhora significativa, o que permitirá que a assistente entenda a fala de forma mais natural. Com a nova tecnologia, será possível ter uma conversa contínua, sem precisar dizer “Hey Google” antes de cada fala, pois o programa vai saber quando estão falando com ele, e não com alguém por perto.

A assistente poderá interpretar perguntas que se referem a mais de uma coisa, como “qual é a previsão do tempo no Rio de Janeiro e São Paulo?”. O usuário também vai poder escolher entre seis novas vozes em inglês, uma delas sendo a do cantor John Legend.

Outro avanço está nas rotinas, função que permite a realização de múltiplas tarefas com um único comando. No início do ano, o Google lançou seis rotinas prontas e, agora, vai deixar que as pessoas personalizam as suas. Por exemplo, o indivíduo pode dizer “Hey Google, o jantar está pronto” e a assistente vai desligar a televisão, colocar uma música para tocar e enviar uma mensagem avisando que o jantar está pronto para todos os moradores da casa.

2. Experiência visual

Até então, o foco da Google Assistente tem sido em interações por conversas verbais. No entanto, ainda este ano, recursos visuais também farão parte da experiência. O aplicativo terá uma página inicial com sugestões rápidas baseadas no horário, no local e nas interações recentes do usuário. Para ajudar, apps de tarefas, listas e notas serão integrados.

Os smart displays fazem parte dessa nova direção. A categoria, apresentada no início de 2018, consiste em caixinhas inteligentes com tela, sistema de áudio e acesso Wi-Fi. Os dispositivos oferecem acesso à Google Assistente por voz ou pela tela sensível ao toque. Podem servir, por exemplo, para visualizar uma receita, fazer ligações de vídeo ou controlar outros aparelhos da casa. A partir de julho, os smart displays serão colocados à venda nos Estados Unidos.

Smart displays são nova categoria de dispositivos — Foto: Thássius Veloso / TechTudo Smart displays são nova categoria de dispositivos — Foto: Thássius Veloso / TechTudo

Smart displays são nova categoria de dispositivos — Foto: Thássius Veloso / TechTudo

3. Google Duplex

Já podemos resolver muitas tarefas do dia a dia com alguns toques no smartphone, ou mesmo com a ajuda da assistente do Google. Às vezes, no entanto, a velha ligação telefônica é necessária – especialmente no caso de pequenos negócios. De acordo com a gigante de Mountain View, uma nova tecnologia chamada de Google Duplex, que será incorporada à assistente virtual, visa facilitar essas situações.

A Google Assistente será capaz de fazer reservas em restaurantes, marcar consultas médicas e horários em salões de beleza. A pessoa só precisa fornecer data e hora desejadas. Se o serviço não tiver nenhum sistema online de reservas, a assistente vai fazer uma ligação para o local em nome do usuário, agendar o compromisso a adicionar um lembrete ao calendário.

Assistente marca compromissos para o usuário — Foto: Divulgação/Google Assistente marca compromissos para o usuário — Foto: Divulgação/Google

Assistente marca compromissos para o usuário — Foto: Divulgação/Google

Em uma demonstração que impressionou as pessoas presentes no evento, o CEO do Google, Sundar Pichai, apresentou gravações de duas ligações reais. A assistente soa natural e consegue entender nuances, frases complexas, falas rápidas, comentários longos e mudanças no desenrolar da interação. O Duplex ainda está em fase de testes.

Com informações: Google

Android P: saiba tudo sobre o sistema operacional

Android P: saiba tudo sobre o sistema operacional

MAIS DO TechTudo