Por Igor Nishikiori, para o TechTudo

Death Stranding e My Friend Pedro: veja as maiores bizarrices da E3 2018 Death Stranding e My Friend Pedro: veja as maiores bizarrices da E3 2018

Com tantos jogos e novidades divulgados na E3 2018, o maior evento de games do planeta, não foram poucos os que chamaram atenção pelo fator bizarrice. Muito títulos se destacaram com histórias malucas, jogabilidades diferentes e estéticas inusitadas.

Não que isso seja ruim. Pelo contrário: a maioria dos jogos da nossa lista foi elogiada pela crítica, como é o caso de Tetris Effect e My Friend Pedro. Por explorar novas ideias em estilos consagrados, unir mecânicas diferentes de maneira única ou simplesmente por saber contar uma história absurda de um jeito interessante, esses games diferentões tem tudo para divertir à beça. Confira a lista a seguir:

Metal Wolf Chaos XD

Antes da FromSoftware ganhar fama mundial com a série Dark Souls, ela produzia games interessantes no estilo de Metal Wolf Chaos. Nele, o presidente dos EUA se torna piloto de um robô e precisa conter um golpe militar capitaneado por seu vice, que também pilota um robô. Metal Wolf Chaos foi lançado para Xbox em 2004 no Japão, em uma tentativa de impulsionar o console da Microsoft por lá. A empreitada não deu certo, mas ao longo dos anos o game ganhou status de cult no Ocidente.

Graças à publisher Devolver Digital, Metal Wolf Chaos XD chegará em 2018 ao PS4, Xbox One e PC (com download via Steam) em resolução 4K e widescreen, além de controles melhorados. Porém, o produtor da versão original, Masanori Takeuchi, afirmou que não se trata de uma remasterização e, sim, de um port para os consoles atuais. Isso significa também que a dublagem em inglês será a mesma da original e os diálogos absurdos e repletos de clichês hilários estarão presentes.

My Friend Pedro

Imagine poder coreografar cenas de tiroteio estilosas tal qual nos filmes de John Woo. Essa é a proposta de My Friend Pedro, que coloca o jogador na pele de um matador capaz de desmantelar uma gangue inteira usando acrobacias cinematográficas e usando todo tipo de armamento, com direito até a momentos dramáticos em câmera lenta.

O criador desse balé com armas é Victor Agren, ex-funcionário da produtora Media Molecular (de Little Big Planet e Tearaway) e fundador da DeadToast. O projeto originalmente nasceu como um jogo em Flash que roda diretamente no browser. Já a versão maior e mais frenética de My Friend Pedro será lançada para Switch e PC (com download via Steam) em 2019.

Rapture Rejects

Se Battle Royale virou a palavra da moda na E3 2018, Rapture Rejects mostrou que há muito a se explorar neste gênero emergente. Produzido pelos criadores da webcomic Cyanide & Happiness, o game se passa durante o juízo final, no qual as pessoas rejeitadas por Deus precisam lutar entre si para alcançarem o paraíso. Até 100 pessoas podem jogar em conjunto e há armas e equipamentos dos mais variados tipos.

Além do enredo politicamente incorreto, outro diferencial é sua visão isométrica, que lembra games antigos de estratégia e alguns indies recentes, como Tokyo 42. Fora isso, pouco foi dito sobre o game, exceto que ele será lançado em 2018 para PC (com download via Steam).

Ooblets

Não tivemos o anúncio de um novo Animal Crossing na E3 2018, mas em compensação tivemos um vídeo gameplay inédito de Ooblets, o simulador de fazenda com personagens fofinhos e de clima alto astral da produtora Double Fine. Com lançamento previsto para este ano, o game sairá para Xbox One e PC (com download via Steam).

Pelo trailer divulgado no evento, ainda não fica muito clara a ideia do jogo, mas já se sabe que ele também tem influências de Harvest Moon e Pokémon. Por exemplo, será possível capturar outros “ooblets” e até batalhar contra eles em uma espécie de desafio de dança. Do que sairá dessa salada mista só descobriremos quando o jogo for lançado.

Tetris Effect

Efeito Tetris é o nome de um fenômeno que acontece com pessoas que dedicam muito tempo a uma atividade e passam a ter alucinações ou mudanças de pensamento associadas a ela. Obviamente, o nome é inspirado no viciante puzzle russo.

Tendo isso em mente, a Enhance Games apresentou na E3 2018 o game Tetris Effect, que leva a arte de empilhar blocos para a realidade virtual em uma experiência única e hipnótica. Não é uma surpresa que o homem por trás do projeto é Tetsuya Mizuguchi, que produziu o igualmente psicodélico Rez Infinite para PS VR e PC.

Fora a ideia de levar a fórmula consagrada de Tetris para um ambiente totalmente novo, Tetris Effect conta com uma mecânica inédita chamada Zone Meter, que permite deixar o jogo mais lento por um breve período de tempo. O game será lançado no final de 2018 para PS4 e PSVR.

Trover Saves The Universe

Justin Roiland, o co-criador da animação Rick e Morty, resolveu levar seu senso de humor diferenciado para o mundo dos videogames, e isso promete ser interessante. Em Trover Saves The Universe, o jogador se alia ao personagem Trevor, uma criatura roxa com múltiplos olhos, para resgatar seu cachorro que foi capturado por um alien que quer destruir o universo.

Sobre a curiosa interação com Trover, Roiland a descreve como uma mecânica de jogo em primeira e em terceira pessoa ao mesmo tempo. Segundo ele, o personagem da tela ficará a todo momento interagindo com o jogador, chegando até a criticar suas decisões dentro do game.

Trover Saves The Universe será lançado para PS4 e para PSVR, e as duas versões terão algumas características distintas. Roiland afirma que muitas piadas serão exclusivas para cada jogo, aproveitando o formato único de cada plataforma. Ainda não há uma data de lançamento.

Death Stranding

Que os fãs de Hideo Kojima nos perdoe, mas o que foi revelado até agora de Death Stranding (PS4) faz crer que a palavra "bizarro" define bem seu ambicioso projeto. Apesar do trailer divulgado na E3 2018 mostrar o gameplay pela primeira vez, ainda temos pouco ideia do que é esse jogo, e Kojima faz questão de não explicar nada do que estamos vendo. Por enquanto, não há uma data de lançamento.

Até agora sabemos que o personagem interpretado por Norman Reedus é uma espécie de entregador em um mundo desabitado. Também vemos imagens de fetos e figuras fantasmagóricas que adicionam um clima de tensão e desespero à história.

Também sabemos que o elenco de atores será de peso: além de Reedus, Mads Mikkelsen, Léa Seydoux, Lindsay Wagner e o diretor Guillermo del Toro "atuarão" no game. Mas muitas dúvidas ainda pairam sobre ar.

MAIS DO TechTudo