Por Taysa Coelho, Para o TechTudo


O Google é o site de buscas mais popular do mundo, mas pode deixar a desejar diante de outros serviços do gênero no que diz respeito à privacidade e uso de dados dos usuários. Toda vez que alguém faz uma pesquisa, o buscador armazena informações como endereço de IP (capaz de revelar a localização da pessoa) e cookies, ferramenta que guarda dados de navegação a fim de agilizar um acesso futuro à página.

Além disso, o Google usa a pesquisa para exibir anúncios relacionados e fornece ao provedor de Internet o conteúdo que o usuário busca no site, informação que, mais uma vez, é usada para propagandas direcionadas. Para quem deseja fugir do rastreio e compartilhamento de dados, é possível optar por outros motores de buscas, que também são bastante eficientes e têm a privacidade como bandeira.

Google grava e compartilha dados dos usuários — Foto: Reprodução/Search Engine Land Google grava e compartilha dados dos usuários — Foto: Reprodução/Search Engine Land

Google grava e compartilha dados dos usuários — Foto: Reprodução/Search Engine Land

1. DuckDuckGo

O DuckDuckGo é famoso exatamente pelo seu empenho em proteger a privacidade. O site usa 400 fontes para encontrar os resultados (o Google não está incluído) e afirma não coletar nem compartilhar informações pessoais. A política de privacidade esclarece que o serviço não guarda os dados de IP de usuários, que são informados automaticamente pelo navegador, e não utiliza cookies. A ferramenta sequer sabe quem a utiliza, sendo impossível relacionar uma pesquisa a outra.

DuckDuckGo usa o resultado de mais de 400 sites de busca — Foto: Reprodução/Taysa Coelho DuckDuckGo usa o resultado de mais de 400 sites de busca — Foto: Reprodução/Taysa Coelho

DuckDuckGo usa o resultado de mais de 400 sites de busca — Foto: Reprodução/Taysa Coelho

A companhia informa ainda que, sim, salva pesquisas, mas nunca de forma a identificar quem a realizou. O objetivo é usá-las para se autoaprimorar, como na correção de erros de digitação. A empresa também admite usar códigos de afiliados a alguns serviços de e-commerce, uma vez que recebem uma pequena comissão, caso uma compra seja efetuada a partir de uma busca feita na página. Mais uma vez, a marca afirma não compartilhar informações de identificação pessoal.

2. StartPage

A StartPage (startpage.com) se autodenomina a ferramenta de pesquisa mais privada do mundo. Segundo sua política de privacidade, ela se tornou em janeiro de 2009 o primeiro serviço do gênero a não salvar endereços de IP. Diferentemente do DuckDuckGo, StartPage utiliza o Google nas buscas, enviando a consulta de forma anônima para o motor e, então, devolvendo o resultado para o usuário.

StartPage permite pesquisar no Google sem correr riscos — Foto: Reprodução/Taysa Coelho StartPage permite pesquisar no Google sem correr riscos — Foto: Reprodução/Taysa Coelho

StartPage permite pesquisar no Google sem correr riscos — Foto: Reprodução/Taysa Coelho

O mecanismo não rastreia dados e usa o que chama de “cookies do bem”, que armazena somente as preferências de pesquisa, de forma totalmente não identificada — o que expira após 90 dias. O site afirma que a monetização ocorre por meio de “um pequeno número de links patrocinados claramente identificados”. Start Page ainda dá dicas de como navegar de forma privada, como forma de manter os dados protegidos mesmo fora do serviço.

3. Qwant

Com o slogan “A ferramenta de busca que respeita a sua privacidade”, o Qwant tem seus servidores localizados na França, se beneficiando das leis de proteção de dados mais rígidas na União Europeia. Assim, ao fazer a pesquisa, a consulta do usuário é desassociada de seu endereço de IP, tornando-a anônima. Logo na página principal o buscador afirma não usar cookies ou guardar qualquer histórico de pesquisa.

Qwant não salva o histórico de pesquisas — Foto: Reprodução/Taysa Coelho Qwant não salva o histórico de pesquisas — Foto: Reprodução/Taysa Coelho

Qwant não salva o histórico de pesquisas — Foto: Reprodução/Taysa Coelho

A empresa informa ainda que não se aproveita de nenhum recurso que permite rastrear os dados de navegação ou tentar descobrir a identidade do utilizador. De acordo com a política de privacidade, quando é necessário coletar informações, elas não são vendidas para uso comercial ou quaisquer outros fins, mas aplicadas exclusivamente para retroalimentar os serviços do Qwant.

4. SearX

O SearX (searx.me) é um metabuscador, ou seja, um serviço que agrega o resultado de várias ferramentas de pesquisa em um só lugar, sem guardar informações sobre o usuário. As consultas são feitas usando um tipo de solicitação que não deixa registros do conteúdo nem do histórico. A companhia responsável afirma também o compromisso de não compartilhar nenhum dado com aplicativos terceiros. As configurações do buscador também permitem selecionar quais plataformas de pesquisa usar e se sentir ainda mais protegido.

SearX — Foto: Reprodução/Taysa Coelho SearX — Foto: Reprodução/Taysa Coelho

SearX — Foto: Reprodução/Taysa Coelho

5. Peekier

Autodenominado o mecanismo de busca mais orientado para a privacidade, o Peekier (peekier.com) informa que não armazena qualquer dado pessoal identificável, como endereço de IP ou usuário do browser. Também não utiliza cookies e salva somente informações sobre pesquisas para fins de cache, estatísticas e melhorias do serviço.

Peekkier é orientado para a privacidade dos usuários — Foto: Reprodução/ Taysa Coelho Peekkier é orientado para a privacidade dos usuários — Foto: Reprodução/ Taysa Coelho

Peekkier é orientado para a privacidade dos usuários — Foto: Reprodução/ Taysa Coelho

“Nós não usamos ferramentas de análise, botões social, CDNs (Content Delivery Network ou Rede de Distribuição de Conteúdo) externas ou qualquer outro serviço que colete dados do usuário”, informa o Peekier. As únicas exceções são os vídeos incorporados, uma vez que mídia do YouTube podem ser abertos diretamente no serviço. Como a plataforma de vídeos do Google utiliza rastreamento e publicidade direcionada por meio de cookies, isso vai contra as regras do Peekier.

Como recuperar fotos do Google Fotos? Tire dúvidas no Fórum do TechTudo.

Como recuperar o botão 'ver imagem' do Google

Como recuperar o botão 'ver imagem' do Google

Mais do TechTudo