Por Isabela Giantomaso, para o TechTudo


A ordem em que o Instagram organiza os Stories, tanto as publicações quanto as visualizações, tem chamado a atenção dos usuários. Alguns chegam a cogitar que o ranking segue a sequência de quem mais acessa o seu perfil, ou seja, denunciando os “stalkers”.

Para solucionar o mistério, o site norte-americano The Verge conversou com o líder de produtos do Instagram Julian Gutman. Apesar de manter o segredo do algoritmo da rede social guardado a sete chaves, o desenvolvedor deu dicas sobre o que influencia a ordem de visualização nos Stories e quais ações podem moldar o aplicativo.

Como o Instagram define a ordem de visualização dos Stories? Líder de produto da empresa dá dicas — Foto: Carolina Oliveira/TechTudo Como o Instagram define a ordem de visualização dos Stories? Líder de produto da empresa dá dicas — Foto: Carolina Oliveira/TechTudo

Como o Instagram define a ordem de visualização dos Stories? Líder de produto da empresa dá dicas — Foto: Carolina Oliveira/TechTudo

Veja, a seguir, quatro atividades que acionam o algoritmo do Instagram Stories e observe se as revelações estão de acordo com o que você vê na sua conta. Adotado em 2016, antes mesmo do lançamento da ferramenta de 24 horas, o algoritmo do app de imagens foi inserido para que os usuários pudessem ver mais publicações. Antes, as pessoas perdiam até 70% dos posts e agora 90% do conteúdo é visualizado, segundo a empresa.

1. Interações no Instagram

De acordo com Julian Gutman, uma das principais influências à ordem de visualização são as interações que o usuário realiza no app. Dessa forma, todos as curtidas, comentários e mensagens diretas podem motivar a sequência. Além disso, caso esteja sempre assistindo aos Stories de um perfil, ou acessando uma conta específica, o algoritmo também interpreta que se importa com a pessoa e que deseja acompanhar o conteúdo.

2. Interações no Facebook

Amizades e curtidas no Facebook também podem influenciar listas no Instagram Stories — Foto: Luciana Maline/TechTudo Amizades e curtidas no Facebook também podem influenciar listas no Instagram Stories — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Amizades e curtidas no Facebook também podem influenciar listas no Instagram Stories — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Comprado em 2012, o Instagram e o Facebook pertencem à mesma empresa e isso também contribui para colocar alguns perfis no topo da lista dos Stories. Ao identificar suas ações fora do app, como amigos que você acompanha nas duas redes sociais, o algoritmo também pode compreender a importância daquela pessoa para a sua experiência, destacando-a na plataforma.

3. Vezes em que acessa a lista

Se você está sempre atualizando e conferindo a lista de visualizações dos Stories, a sequência dos perfis pode aparecer diferente e isso não indica que o usuário está te perseguindo. De acordo com Gutman, o Instagram tenta sempre mostrar um novo conjunto de pessoas e dar informações novas a cada verificação. Dessa forma, o aplicativo busca que a experiência seja renovada constantemente, sem manter sempre os mesmos amigos em destaque.

4. Atividade em geral

Todas as atividades realizadas no Instagram podem ser identificadas pelo algoritmo, incluindo Directs — Foto: Gabrielle Lancellotti/TechTudo Todas as atividades realizadas no Instagram podem ser identificadas pelo algoritmo, incluindo Directs — Foto: Gabrielle Lancellotti/TechTudo

Todas as atividades realizadas no Instagram podem ser identificadas pelo algoritmo, incluindo Directs — Foto: Gabrielle Lancellotti/TechTudo

Para reforçar que as ordens de visualização não indicam “stalkers”, o líder de produtos confirma que todas as interações e ações dentro do Instagram (ou no Facebook) são consideradas pelo algoritmo, que se adapta aos hábitos de cada usuário para mostrar o que deseja ver — ou o que o código interpreta como desejo.

“É baseado na sua atividade”, afirma Gutman, que ressalta que os usuários têm mais controle sobre a ordem dos perfis do que imaginam, já que basta observar o que eles próprios fazem no aplicativo.

Ainda um mistério

Apesar de oferecer algumas dicas ao The Verge, o líder de produtos do Instagram não revelou se o algoritmo trabalha com pesos nas interações. Por exemplo, se um "like" vale mais do que um comentário, ou se o app considera uma mensagem direta respondida mais importante do que um recado ignorado para organizar os perfis nos Stories.

E o algoritmo no feed?

Feed do Instagram funciona com algoritmo, aparentemente, semelhante ao dos Stories — Foto: Gabrielle Lancellotti/TechTudo Feed do Instagram funciona com algoritmo, aparentemente, semelhante ao dos Stories — Foto: Gabrielle Lancellotti/TechTudo

Feed do Instagram funciona com algoritmo, aparentemente, semelhante ao dos Stories — Foto: Gabrielle Lancellotti/TechTudo

Também polêmico, o feed de imagens do Instagram trabalha igualmente com algoritmo, de forma semelhante da revelada para os Stories. Segundo detalhes publicados pela empresa em junho, a ferramenta leva em conta principalmente os interesses, analisando o histórico do usuário para prever o que é importante, além das novidades — mesmo sem colocar os posts em ordem cronológica — e os relacionamentos, medidos de acordo com as interações.

Dados como o número de vezes em que acessa o app ao longo do dia, tempo que passa navegando e o número de perfis seguidos também podem influenciar. Neste caso, o algoritmo realiza uma equação para permitir que o usuário visualize a maior quantidade de posts diferentes de acordo com o seu uso da rede social.

Via The Verge

Instagram Stories: como usar o adesivo "Faça a sua pergunta"

Instagram Stories: como usar o adesivo "Faça a sua pergunta"

Mais do TechTudo