Celulares

Por Caroline Parreiras, para o TechTudo


O iPhone X é o smartphone premium da Apple de 2017, à venda no Brasil desde dezembro de 2017. Um dos seus maiores concorrentes é o Galaxy Note 9, que chegou ao país em agosto de 2018. Ambos contam com características avançadas com direito à câmera dupla e tela grande, mas têm diferenças que podem pesar na hora da escolha.

O preço dos smartphones é um desses fatores. Enquanto o iPhone X foi anunciado a partir de R$ 6.999 e já pode ser comprado por cerca de R$ 5.200, o celular da Samsung desembarca no país a partir de R$ 5.499, mas pode ser encontrado por volta de R$ 4.900. Veja, a seguir, sete recursos do iPhone X que não estão presentes no Galaxy Note 9. Observe que também listamos o oposto: seis recursos que o Galaxy Note 9 tem e que o iPhone X fica devendo.

Quer comprar celular um iPhone barato? Encontre os melhores preços no Compare TechTudo

iPhone X: testamos o celular e respondemos as suas perguntas

iPhone X: testamos o celular e respondemos as suas perguntas

Corpo compacto

O tamanho menor do iPhone X pode ser uma vantagem para quem tem mãos pequenas ou simplesmente não gosta de celulares muito grandes. Com 5,8 polegadas, o aparelho mede 143,6 mm de altura, 70,9 mm de largura, 7,7 mm de espessura e pesa 174 gramas.

O Galaxy Note 9, por outro lado, tem no tamanho um de seus pontos negativos, especialmente para quem tem mãos pequenas. A tela tem 6,4 polegadas e as dimensões são maiores, de 161,9 x 76,4 x 8,8 mm, pesando 201 gramas.

iPhone X tem tela de 5,8 polegadas e pesa 174 gramas — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Tela Super Retina sem bordas

A tela do iPhone X é um dos pontos que a marca faz questão de destacar no smartphone. Nos testes do TechTudo, o display com resolução de 2436 x 1125 pixels e tecnologia OLED exibiu imagens com cores vivas e fiéis.

Outra característica é que o iPhone X praticamente não tem bordas em volta da tela. Isso sem contar o polêmico recorte – ou notch –, como ficou conhecido o espaço na parte superior do celular em que ficam a câmera frontal e outros sensores.

O Galaxy Note 9, por sua vez, traz resolução maior, QuadHD+ (2960 x 1440 pixels), mas traz bordas nas parte superior e inferior da tela. Nos testes, a saturação mais acentuada – característica da tecnologia Super AMOLED – é um dos pontos fortes do display.

iPhone X tem tela de 5,8 polegadas praticamente sem bordas — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

3D Touch

O 3D Touch é uma tecnologia que chegou aos celulares da Apple junto com iPhone 6S e está presente no iPhone X. Com ela, é possível realizar diferentes ações dependendo da intensidade com que o usuário pressiona a tela.

O uso pode ser tanto em aplicativos terceiros quanto em funções nativas do iOS, sistema operacional do iPhone X, como o controle do volume. No Galaxy Note 9, não existe a possibilidade de ter mais de uma ação dependendo da força empregada na tela.

iPhone tem 3D Touch que pode ser atrativo para quem gosta de novidades — Foto: Reprodução/Elson de Souza

Face ID

No iPhone X, a Apple dispensou o leitor de impressões digitais (Touch ID) e adotou somente o Face ID como biometria. A tecnologia identifica 30 mil pontos diferentes no rosto do usuário para realizar o reconhecimento facial em três dimensões, e desbloquear a tela do smartphone.

Basta posicionar o celular em frente aos olhos para que a câmera rapidamente faça o reconhecimento e dê acesso aos dados. Segundo a Apple, o Face ID é mais seguro que o Touch ID do iPhone 8 e seus antecessores, com taxa de erros de 1 em um milhão.

Apesar do Galaxy Note 9 também ter reconhecimento facial, ele não é tão eficiente e seguro quanto o Face ID. A Samsung, inclusive, recomenda o uso do chamado Scan Inteligente, que combina o leitor de íris e biometria facial para tornar o desbloqueio por ainda mais confiável.

Face ID desbloqueia iPhone X com detecção 3D do rosto do usuário — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Animoji e Memoji

Mais uma vantagem da câmera que escaneia o rosto em três dimensões são os Animojis. Ao reconhecer expressões faciais do usuário, o iPhone X permite criar figuras animadas que podem ser compartilhadas. Com a chegada do iOS 12, os Memojis permitem, ainda, que as animações sejam aplicadas a personagens que podem ser customizados pelo usuário.

O recurso é semelhante aos AR Emojis do Galaxy Note 9. No aparelho da Samsung, no entanto, são criadas figuras que tentam reproduzir as características físicas do usuário de maneira automática. A tecnologia mais avançada da câmera do iPhone X também dá vantagem ao aparelho da Apple, que consegue imitar os movimentos com mais precisão.

iPhone X: iOS 12 traz os Memojis, evolução do Animoji — Foto: Thássius Veloso / TechTudo

Sistema atualizado com mais frequência

Uma das maiores vantagens dos celulares da Apple atua na fabricação desde os dispositivos até o sistema operacional. Com isso, a marca consegue oferecer mais agilidade na atualização do software dos iPhones, que costumam receber atualizações por bastante tempo.

Celulares com Android, no entanto, requerem mais tempo de espera para ser atualizados. O Galaxy Note 9, por exemplo, sai de fábrica com o Android O (8.1) e ainda não tem data prevista para o update para a versão mais recente, o Android P (9).

iPhone X roda iOS e já conta com atualização para iOS 12 — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Ecossistema da Apple

Quem gosta dos produtos da Apple, mas tem um iPhone, pode ficar em desvantagem ao usar outros dispositivos da marca. No geral, eles pode até funcionar com outros dispositivos, mas a integração com o iPhone promete facilitar o dia a dia.

O relógio inteligente da maçã, o Apple Watch, é um exemplo de dispositivo que não é compatível com celulares de outras marcas, como o Galaxy Note 9.

Apple Watch 3 não é compatível com Galaxy Note 9 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Ficha técnica do iPhone X

  • Preços de lançamento no Brasil: R$ 6.999 (64 GB) e R$ 7.779 (256 GB)
  • Início das vendas em lojas no Brasil: dezembro de 2017
  • Tamanho da tela: 5,8 polegadas
  • Resolução da tela: 2436 x 1125 pixels
  • Densidade da tela: 458 ppi
  • Processador: Apple A11 Bionic hexa-core
  • Armazenamento: 64 GB ou 256 GB
  • Suporte a cartão de memória: não
  • Câmera traseira: Dupla de 12 MP, com lente grande angular de abertura f/1.8 e lente teleobjetiva de f/2.4
  • Gravação de vídeos: 4K em 24 fps, 30 fps ou 60 fps / 1080p em 30 fps ou 60 fps / 720p em 30 fp
  • Câmera frontal: 7 MP, com abertura f/2.2 e vídeos em Full HD (1080p)
  • Sistema: iOS 11
  • Bateria: duração de até 21 horas em ligações
  • Sensores: Face ID, barômetro, giroscópio, acelerômetro, sensor de proximidade e sensor de luz ambiente
  • Resistência à água: sim
  • Dimensões: 143,6 x 70,9 x 7,7 mm
  • Peso: 174 gramas
  • Cores: preto espacial e prateado

O iPhone X vale a pena? Opine no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo