Por Wallace Nascimento, para o TechTudo


O iPhone XR foi oficialmente lançado no Brasil na última sexta-feira (9), com preço a partir de R$ 5.199. Aposta mais barata da Apple em 2018, o celular tem armazenamento de até 256 GB, seis opções de cores (vermelho, amarelo, branco, coral, preto e azul) e o novo processador Apple A12 Bionic, mas perde para o Galaxy S9 – atualmente encontrado no comércio nacional por R$ 2.879 – quando se trata de abertura variável, entrada para cartão de memória, entre outros. Descubra, a seguir, oito recursos em que o celular da Samsung sai na frente do smartphone da Apple.

Quer comprar Galaxy S9 com desconto? Confira ofertas no Compare TechTudo

Confira recursos do Galaxy S9 que não estão presentes no iPhone XR — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Confira recursos do Galaxy S9 que não estão presentes no iPhone XR — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Confira recursos do Galaxy S9 que não estão presentes no iPhone XR — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

1. Lente com abertura variável

O Galaxy S9 estreou nos smartphones da Samsung o sistema de abertura variável na câmera traseira. O recurso, muito elogiado durante os testes do Galaxy S9 Plus, ajusta o diafragma entre aberturas de f/1.5 e f/2.4, de acordo com a iluminação ambiente. Desta forma, o celular controla a quantidade de luz exata para entrar no sensor, de acordo com a situação. O iPhone XR, por outro lado, tem abertura fixa de f/1.8.

Galaxy S9: celular Samsung se destaca pela câmera com abertura variável — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Galaxy S9: celular Samsung se destaca pela câmera com abertura variável — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Galaxy S9: celular Samsung se destaca pela câmera com abertura variável — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

2. Selfies mais claras

A abertura da câmera frontal é outro ponto em que o Galaxy S9 sai na frente em relação ao iPhone XR. A câmera para selfies do smartphone da Apple fotografa com abertura f/2.2, não indicada para locais com pouca iluminação. No Galaxy S9, a abertura é mais generosa, de f/1.7, permitindo a entrada de mais luz no sensor. Isso significa, na prática, possíveis selfies mais claras no telefone da Samsung, principalmente em fotos noturnas.

Câmera frontal do Galaxy S9 tem abertura f/1.7, ideal para fotos em ambientes com pouca iluminação — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Câmera frontal do Galaxy S9 tem abertura f/1.7, ideal para fotos em ambientes com pouca iluminação — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Câmera frontal do Galaxy S9 tem abertura f/1.7, ideal para fotos em ambientes com pouca iluminação — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

3. Tela sem recorte

Ao repetir o visual do iPhone X, a Apple também trouxe novamente o polêmico recorte na parte superior da tela, usado para alocar sensores e a câmera frontal do aparelho, ao contrário do Galaxy S9. Ainda assim, o display do celular da Samsung não possui nenhum espaço transpassando o display e tem painel com bordas finas e laterais curvas. Para quem se incomoda com o notch do iPhone, esta pode ser uma grande vantagem na hora da decisão.

iPhone XR repete o "topete" da tela do iPhone X  — Foto: Thássius Veloso/TechTudo iPhone XR repete o "topete" da tela do iPhone X  — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

iPhone XR repete o "topete" da tela do iPhone X — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

4. Tela Super AMOLED com resolução Quad HD+

Para baratear o custo do iPhone XR, a Apple não adotou o display OLED presente no iPhone XS e iPhone XS Max. Com um painel LCD – comercialmente conhecido como Liquid Retina –, o celular tende a exibir cores menos vivas e com menos contraste que a tela do Galaxy S9, que utiliza o já tradicional painel Super AMOLED da Samsung. Outra vantagem é na resolução: enquanto o iPhone XR aposta em 1792 x 828 pixels, o Galaxy S9 é Quad HD+ (2960 x 1440 pixels), o que pode render imagens mais nítidas.

Galaxy S9 traz um display Super AMOLED com resolução Quad HD+ (2960 x 1440 pixels) — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Galaxy S9 traz um display Super AMOLED com resolução Quad HD+ (2960 x 1440 pixels) — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Galaxy S9 traz um display Super AMOLED com resolução Quad HD+ (2960 x 1440 pixels) — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

5. Entrada para cartão de memória

Além da memória interna de 128 GB, o Galaxy S9 possibilita a expansão do armazenamento em até 400 GB via cartão microSD – vendido separadamente. O iPhone XR, assim como todos os outros celulares da Apple, não conta com slot para cartão. Dessa forma, usuários devem optar apenas entre as opções de 64 GB, 128 GB ou 256 GB na hora da compra.

iPhone XS, iPhone XS Max e iPhone XR: Apple faz lançamento de celulares

iPhone XS, iPhone XS Max e iPhone XR: Apple faz lançamento de celulares

6. Dual SIM com chips físicos

Com a nova geração, a Apple finalmente passou a suportar a utilização de dois chips de operadoras diferentes simultaneamente. O problema é que a tecnologia vai funcionar de forma diferente em cada país e, no Brasil, poderá ser utilizada através do nano-SIM e do eSIM, uma espécie de chip eletrônico que depende do suporte das operadoras. Na Samsung, como de costume, o recurso – comercialmente conhecido como Samsung Duos – funciona com dois chips físicos, sem depender de qualquer contrato ou liberação para ativar .

Galaxy S9 permite utilizar dois chips físicos simultaneamente — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Galaxy S9 permite utilizar dois chips físicos simultaneamente — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Galaxy S9 permite utilizar dois chips físicos simultaneamente — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

7. Entradas para fones de ouvido

Desde o iPhone 7, lançado em 2016, a Apple removeu a tradicional entrada para fones de ouvido dos seus smartphones. Os acessórios passaram a depender da entrada Lightning – a mesma usada para o recarregar o telefone –, e, em 2018, a fabricante passou a não fornecer mais o adaptador para o antigo formato (3,5 mm) na caixa do celular – o item custa R$ 79. A Samsung, por outro lado, manteve a entrada para fones no Galaxy S9.

iPhone 7 foi o primeiro aparelho da Apple a vir sem conector para fone de ouvido — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo iPhone 7 foi o primeiro aparelho da Apple a vir sem conector para fone de ouvido — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

iPhone 7 foi o primeiro aparelho da Apple a vir sem conector para fone de ouvido — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

8. Maior resistência à água

O Galaxy S9 possui certificação IP68, que protege contra mergulho em até 1,5 m por meia hora em água. Já o iPhone XR, por conta da certificação IP67, levemente inferior, pode ficar debaixo d'água pelo mesmo período, mas a profundidade máxima é de apenas um metro.

Proteção contra água do Galaxy S9 é mais eficaz que a do iPhone XR — Foto: Divulgação/Samsung Proteção contra água do Galaxy S9 é mais eficaz que a do iPhone XR — Foto: Divulgação/Samsung

Proteção contra água do Galaxy S9 é mais eficaz que a do iPhone XR — Foto: Divulgação/Samsung

Deseja conhecer outros aparelhos premium vendidos no Brasil? Confira no Fórum do TechTudo.

MAIS DO TechTudo