Por Bruna Telles, para o TechTudo


Jogos como DotA 2, Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) e League of Legends (LoL) são grandes nomes dos esports. Mas os games mobile, disponíveis para download em Android e iPhone (iOS) ganham cada vez mais espaço no competitivo. As plataformas portáteis, que são normalmente mais baratas que os consoles e PCs gamer, são consideradas mais acessíveis e têm milhares de usuários em todo o mundo. Pensando nisso, o TechTudo selecionou cinco jogos para celular que prometem ser protagonistas na cena dos esports em 2019. Confira!

Brawl Stars

Depois de estabelecer-se no mercado de jogos mobile com títulos como Clash Royale, Clash of Clans e Boom Beach, a Supercell prepara seu próximo lançamento: Brawl Stars. O jogo de tiro conta com diferentes modos e opções de batalhas solo, em dupla ou trio, sempre com partidas de menos de três minutos de duração.

Brawl Stars é a nova aposta da Supercell, desenvolvedora de Clash Royale e Clash of Clans — Foto: Divulgação/Supercell Brawl Stars é a nova aposta da Supercell, desenvolvedora de Clash Royale e Clash of Clans — Foto: Divulgação/Supercell

Brawl Stars é a nova aposta da Supercell, desenvolvedora de Clash Royale e Clash of Clans — Foto: Divulgação/Supercell

Embora o lançamento oficial de Brawl Stars seja apenas em dezembro, o jogo já começa a mostrar o seu potencial de sucesso. Foram mais de cinco milhões de pré-registros em apenas um dia, e três milhões de downloads durante o soft launch do jogo. Neste período a empresa obteve lucro de US$ 6.5 milhões (cerca de R$ 25 milhões). A Supercell já mostrou que quer investir nos esports com Clash Royale. As expectativas são que a desenvolvedora tenha a mesma postura com seu novo título.

PUBG Mobile

Após faturar US$ 714 milhões (cerca de R$ 2.7 bilhões) em 2017 e ser um dos destaques dos jogos de Battle Royale, Playerunknown’s Battlegrounds (PUBG) deu outro passo importante na expansão do seu sucesso. Em março de 2018 foi lançado PUBG Mobile, versão do jogo disponível para download grátis em celulares Android e iPhone (iOS).

PUBG Mobile marca a entrada do Battle Royale nos esports em smartphones  — Foto: Divulgação/PUBG Corp PUBG Mobile marca a entrada do Battle Royale nos esports em smartphones  — Foto: Divulgação/PUBG Corp

PUBG Mobile marca a entrada do Battle Royale nos esports em smartphones — Foto: Divulgação/PUBG Corp

Com US$ 75 milhões (R$ 291.4 milhões) em receita arrecadados até setembro, PUBG Mobile chegou aos 20 milhões de jogadores ativos no mundo em apenas seis meses. Em 2018 foi anunciado o PUBG Mobile Star Challenge, primeiro torneio da versão mobile, cuja final mundial foi disputada em 29 de novembro. Ao todo, o torneio distribuiu US$ 600 mil (R$ 2.3 milhões) em premiação, uma das maiores do esport mobile. A tendência é que o jogo siga nos esports e que novos campeonatos apareçam em 2019.

Fortnite

Fortnite, jogo que foi sensação em 2018, foi outro grande nome a desembarcar nos dispositivos móveis. Lançado em março de 2018 para iOS, a Epic Games teve lucro recorde de US$ 350 milhões (R$ 1.3 milhões) até o início de novembro apenas com os dispositivos da Apple. Em 138 dias de lançamento, o jogo superou os 100 milhões de downloads.

Sucesso em consoles e PCs, Fortnite também conquistou os jogadores nos dispositivos móveis — Foto: Divulgação/Epic Games Sucesso em consoles e PCs, Fortnite também conquistou os jogadores nos dispositivos móveis — Foto: Divulgação/Epic Games

Sucesso em consoles e PCs, Fortnite também conquistou os jogadores nos dispositivos móveis — Foto: Divulgação/Epic Games

O lançamento para Android levantou polêmica, pois foi feito fora da Google Play. Ainda assim, na fase em que os jogadores podiam baixar o jogo apenas com convite, Fortnite arrecadou US$ 60 milhões (R$ 233.6 milhões). Tendo em vista o sucesso que o jogo original está tendo entre os jogadores casuais e no competitivo, as expectativas são que o game mobile seja uma das estrelas nos esports em 2019.

Fortnite - confira o gameplay do jogo

Fortnite - confira o gameplay do jogo

Arena of Valor

Lançado no Ocidente no fim de 2017, Arena of Valor já é fenômeno nos esports mobile na Ásia. Em abril de 2018 a Tencent obteve receita de US$ 185 milhões (R$ 720 milhões) com o jogo, que está em uma crescente no competitivo. Arena of Valor foi um dos títulos com torneio realizado no Jogos Olímpicos Asiáticos de 2018, e dividiu espaço com nomes como League of Legends (LoL) e Clash Royale.

Arena of Valor é o novo fenômeno dos esports mobile no Ocidente — Foto: Divulgação/Tencent Games Arena of Valor é o novo fenômeno dos esports mobile no Ocidente — Foto: Divulgação/Tencent Games

Arena of Valor é o novo fenômeno dos esports mobile no Ocidente — Foto: Divulgação/Tencent Games

Em 2018 foi disputada a primeira Copa do Mundo de Arena of Valor, com premiação total de US$ 500 mil (quase R$ 2 milhões). Em agosto do mesmo ano foi anunciada a Season 2 da Valor Series, que contou com uma divisão na América do Sul pela primeira vez. As finais da regional foram jogadas em São Paulo, Brasil, e definiram o time que vai representar a região LATAM no Campeonato Internacional. A brasileira Nova Esports foi a vencedora da disputa e vai brigar pelo prêmio de US$ 600 mil (R$ 2.3 milhões) na grande final mundial.

Clash Royale

Clash Royale foi um dos principais nomes dos esports mobile de 2018. Além do prestigiado torneio na Brasil Premier League, o game ganhou a sua primeira temporada da Clash Royale League, liga internacional do game. A CRL chegou a marcar 60 mil espectadores na etapa classificatória da América do Sul e teve pico de 113 mil na temporada regular de outono na Ásia.

Clash Royale: jogo movimentou o competitivo mundial em 2018 com a primeira temporada da Clash Royale League — Foto: Divulgação/Supercell Clash Royale: jogo movimentou o competitivo mundial em 2018 com a primeira temporada da Clash Royale League — Foto: Divulgação/Supercell

Clash Royale: jogo movimentou o competitivo mundial em 2018 com a primeira temporada da Clash Royale League — Foto: Divulgação/Supercell

Esport mobile mais assistido em 2017, em 2018 ainda serão disputadas as finais regionais do Red Bull M.E.O., competição que definirá um representante brasileiro para jogar a final mundial em 2019. As expectativas são que Clash continue crescendo e amadurecendo nos esports em 2019.

Clash Royale: cinco dicas para jogar melhor

Clash Royale: cinco dicas para jogar melhor

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

MAIS DO TechTudo