Por Bruna Telles, para o TechTudo


Counter Strike: Global Offensive (CS:GO), League of Legends (LoL) e DotA 2 são jogos já consagrados nos esports e que promovem torneios milionários. Em 2018, no entanto, outros games apareceram na cena competitiva e também ganharam destaque. O TechTudo selecionou alguns títulos que entraram há pouco tempo no competitivo, mas que cresceram neste ano. Vale frisar que a lista conta apenas com cinco jogos, ou seja, é um recorte pequeno de um setor que cresce cada dia mais.

Fortnite

Winter Royale: torneio foi uma das três competições de Fortnite promovidas pela Epic Games em 2018 — Foto: Reprodução/dbltap Winter Royale: torneio foi uma das três competições de Fortnite promovidas pela Epic Games em 2018 — Foto: Reprodução/dbltap

Winter Royale: torneio foi uma das três competições de Fortnite promovidas pela Epic Games em 2018 — Foto: Reprodução/dbltap

Sucesso entre jogadores casuais, Fortnite teve 1.2 bilhões de horas assistidas e 73.8 milhões de horas transmitidas na Twitch TV. O ano de 2018 também marcou a entrada oficial do jogo nos esports, através de torneios com premiações altíssimas promovidos pela Epic Games.

Com 471 participantes, o Summer Skirmish teve premiação de US$ 8 milhões (R$ 30,7 milhões); o Fall Skirmish teve 598 participantes e prêmio de US$ 10 milhões (R$ 38,4 milhões); já o Winter Royale contou com 98 competidores e deu US$ 500 mil (R$ 1,9 milhão) aos vencedores. Ao todo, Fortnite teve 91 torneios realizados em 2018.

Fortnite - confira o gameplay do jogo

Fortnite - confira o gameplay do jogo

Overwatch

Overwatch League: playoffs da competição foram transmitidos pela TV norte-americana — Foto: Divulgação/Blizzard Entertainment Overwatch League: playoffs da competição foram transmitidos pela TV norte-americana — Foto: Divulgação/Blizzard Entertainment

Overwatch League: playoffs da competição foram transmitidos pela TV norte-americana — Foto: Divulgação/Blizzard Entertainment

Embora lançado em 2016, Overwatch deu passos importantes no cenário competitivo em 2018. O jogo inaugurou a sua liga oficial, a Overwatch League, e o torneio foi um sucesso: os playoffs foram transmitidos pela ESPN e Disney XD dos EUA e tiveram pico de 349.5 mil expectadores por streaming. O ano também marcou a estreia da Overwatch Contenders, categoria de acesso a OWL, que na América do Sul teve duas das três seasons dominadas pela ex-line up da Brasil Gaming House.

No The Game Awards 2018, Overwatch foi indicado em três categorias e levou o prêmio de Melhor Jogo de Esport, desbancando nomes como Fortnite, League of Legends, DotA 2 e Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO).

Clash Royale

Nova Esport conquistou o título mundial da Clash Royale League em 2018 — Foto: Divulgação/Twitter Nova Esports Nova Esport conquistou o título mundial da Clash Royale League em 2018 — Foto: Divulgação/Twitter Nova Esports

Nova Esport conquistou o título mundial da Clash Royale League em 2018 — Foto: Divulgação/Twitter Nova Esports

Destaques dos esports mobile, Clash Royale também lançou a sua liga em 2018, a Clash Royale League. Com premiação de US$ 1 milhão (R$ 3,8 milhões), o torneio teve as finais mundiais disputadas em Tokyo, e o vice-campeonato conquistado pela Vivo Keyd. No Brasil, o jogo movimentou mais uma temporada da Brasil Premier League, e teve atletas indicados ao Prêmio Esports Brasil 2018.

Apesar do avanço, Clash mostrou que ainda precisa melhorar alguns aspectos do seu competitivo. A etapa da América do Sul da CRL, por exemplo, teve problemas de transmissão e foi suspensa temporariamente. A final da disputa também sofreu com a mesma falha. Ainda assim, o jogo tem potencial e é uma das promessas em 2019.

Clash Royale: cinco dicas para jogar melhor

Clash Royale: cinco dicas para jogar melhor

Arena of Valor

Arena of Valor: campeonato internacional do MOBA da Tencent teve como premiação a soma histórica de US$ 600 mil — Foto: Divulgação/Tencent Games Arena of Valor: campeonato internacional do MOBA da Tencent teve como premiação a soma histórica de US$ 600 mil — Foto: Divulgação/Tencent Games

Arena of Valor: campeonato internacional do MOBA da Tencent teve como premiação a soma histórica de US$ 600 mil — Foto: Divulgação/Tencent Games

Fenômeno nos países asiáticos, 2018 foi o ano do lançamento de Arena of Valor no Ocidente. E já em sua chegada, o MOBA da Tencent protagonizou grandes momentos. No primeiro semestre foi disputada a primeira Copa do Mundo de Arena of Valor, com mais de US$ 500 mil (R$ 1,9 milhão) em premiações. No segundo semestre foi anunciada a Season 2 da Valor Series, que contou pela primeira vez com uma divisão sul-americana e a presença de times brasileiros.

A final LATAM da Season 2 da Valor Series foi disputada em São Paulo e vencida pela Nova Esports. O time se classificou para o Campeonato Internacional de Arena of Valor, mas foi eliminado na fase de grupos. A premiação total do torneio, que termina no dia 16 de dezembro, é de US$ 600 mil (R$ 2,3 milhões), uma das maiores do esport mobile em 2018.

Dragon Ball FighterZ

Dragon Ball FighterZ: título da Bandai Namco foi um dos mais falados entre os jogos de luta em 2018 — Foto: Reprodução/Guiness World Records Dragon Ball FighterZ: título da Bandai Namco foi um dos mais falados entre os jogos de luta em 2018 — Foto: Reprodução/Guiness World Records

Dragon Ball FighterZ: título da Bandai Namco foi um dos mais falados entre os jogos de luta em 2018 — Foto: Reprodução/Guiness World Records

No segmento de jogos de luta, Dragon Ball FighterZ foi um dos nomes mais falados em 2018. Lançado pela Bandai Namco, o jogo resgatou a nostalgia dos fãs e protagonizou momentos marcantes, como ter sido o jogo com mais inscritos (mais de 2,5 mil) e mais espectadores da história da Evolution Championship Series (EVO). Ao todo, um pico de 257,8 mil pessoas acompanhou a transmissão por streaming, que superou até mesmo a tradicional final de Street Fighter 5 (que teve o pico de 215,5 mil espectadores).

DBFZ também atraiu a atenção de grandes pro players de outros jogos, como Dominique "SonicFox" Mclean (Injustice 2), a dupla de SF5 Kishida "Go1" Goichi e Ryota "Kazunoko" Inoue, Jonathon "Cloud805" Morales (da série Marvel vs Capcom) e William "Leffen" Hjelte (Super Smash Bros.). SonicFox, inclusive, foi eleito Melhor Jogador de Esportsno The Game Awards 2018.

Mais do TechTudo