Jogos de luta

Por por Bruno Magalhães, para o TechTudo

Dragon Ball, SoulCalibur: veja os melhores jogos de luta de 2018 Dragon Ball, SoulCalibur: veja os melhores jogos de luta de 2018
Reprodução/Bruno Magalhães

Dragon Ball FighterZ, Super Smash Bros. Ultimate e SoulCalibur 6 forama alguns dos principais jogos de luta deste ano. Naturalmente, o gênero recebe menos iterações em comparação a outros mais populares, tais como tiro, ação ou aventura. Porém, 2018 movimentou excelentes nomes aos fãs de pancadaria. Para celebrar a chegada do fim do ano, o TechTudo listou a seguir os cinco melhores títulos. Confira:

Dragon Ball FighterZ

Conhecida por trabalhar nas franquias Guilty Gear e Blazblue, a Arc System Works se juntou à Bandai Namco para lançar Dragon Ball FighterZ no início de 2018, um jogo de luta baseado no universo da série em anime e mangá Dragon Ball Z, mas com um estilo gráfico que remete ao Guilty Gear XRD: Rev 2, com comandos mais acessíveis para novos jogadores e com um sistema de composição de trio que bebe da fonte de Marvel Vs. Capcom.

Dragon Ball FighterZ também estrelou Android 21, personagem inédita na franquia. — Foto: Divulgação/Bandai Namco Dragon Ball FighterZ também estrelou Android 21, personagem inédita na franquia. — Foto: Divulgação/Bandai Namco

Dragon Ball FighterZ também estrelou Android 21, personagem inédita na franquia. — Foto: Divulgação/Bandai Namco

Dentro do segmento dos jogos de luta, as produções da Arc System Works são enxergadas como um nicho apesar da sua competência, mas Dragon Ball FighterZ foi capaz de chamar a atenção de diferentes tipos de jogadores graças ao peso que o nome de Dragon Ball tem ao redor do mundo. As transmissões de torneios do game na Twitch também tiveram uma repercussão bastante notória, já que confrontaram franquias como Street Fighter e Tekken de igual para igual.

Street Fighter V: Arcade Edition

Street Fighter V foi lançado originalmente em 2016, mas, no início de 2018, a Capcom lançou Street Fighter V: Arcade Edition para seguir a tradição de múltiplas versões das suas franquias de luta. A diferença, no entanto, é que essa atualização foi disponibilizada gratuitamente aos jogadores da versão base do game, ao mesmo passo em que adicionou a tão pedida modalidade arcade, novos V-Triggers para todos os personagens, ajustes de balanceamento e muito mais.

Além de Sagat, Sakura, Blanka, Falke, Cody e G foram adicionados ao elenco em Street Fighter V: Arcade Edition — Foto: Reprodução/Bruno Magalhães Além de Sagat, Sakura, Blanka, Falke, Cody e G foram adicionados ao elenco em Street Fighter V: Arcade Edition — Foto: Reprodução/Bruno Magalhães

Além de Sagat, Sakura, Blanka, Falke, Cody e G foram adicionados ao elenco em Street Fighter V: Arcade Edition — Foto: Reprodução/Bruno Magalhães

Atualmente, Street Fighter V: Arcade Edition está no começo da sua quarta temporada, que promete pelo menos mais seis lutadores jogáveis. O primeiro, chamado de Kage, já foi lançado, enquanto os demais devem ser revelados no decorrer de 2019 juntamente com outras novidades.

Super Smash Bros. Ultimate

Um dos maiores crossovers da história do entretenimento, Super Smash Bros. Ultimate foi lançado no início de dezembro para Nintendo Switch. O jogo conta com um elenco robusto, contemplando mais de 70 lutadores selecionáveis, e ainda receberá personagens via DLC, tal como é o caso de Joker, de Persona 5.

Super Smash Bros. Ultimate é um jogo robusto em conteúdo e conta com mais de 70 lutadores jogáveis. — Foto: Divulgação/Nintendo Super Smash Bros. Ultimate é um jogo robusto em conteúdo e conta com mais de 70 lutadores jogáveis. — Foto: Divulgação/Nintendo

Super Smash Bros. Ultimate é um jogo robusto em conteúdo e conta com mais de 70 lutadores jogáveis. — Foto: Divulgação/Nintendo

O novo game também busca agradar a comunidade competitiva, já que pormenores da sua mecânica foram desenvolvidos com base na opinião de jogadores profissionais. Mas tudo isso sem deixar de lado o caráter acolhedor que a série tem com os jogadores casuais desde os seus primórdios, ao oferecer modos de jogo divertidos, inúmeros itens para utilizar durante as partidas, cenários que interagem com as batalhas e muito mais.

SOULCALIBUR VI

Após não ter chamado muita atenção com o capítulo anterior devido a decisões de design, SOULCALIBUR VI foi lançado em 2018 para trazer a franquia de volta aos holofotes. Com uma história que antecede aos eventos do primeiro jogo da série, novidades na mecânica de gameplay, o título foi bem recebido pela crítica e pelos fãs, embora ainda não apareça com muita força no cenário competitivo.

2B, de NieR: Automata, é a convidada mais recente a se juntar ao combate em SOULCALIBUR VI. — Foto: Divulgação/Bandai Namco 2B, de NieR: Automata, é a convidada mais recente a se juntar ao combate em SOULCALIBUR VI. — Foto: Divulgação/Bandai Namco

2B, de NieR: Automata, é a convidada mais recente a se juntar ao combate em SOULCALIBUR VI. — Foto: Divulgação/Bandai Namco

Conforme a tradição, também há personagens convidados que deixam o elenco de lutadores selecionáveis ainda mais interessante, como é o caso de Gerald de Rivia, de The Witcher 3: Wild Hunt, e 2B, de NieR: Automata.

BlazBlue Cross Tag Battle

Outro crossover que chamou a atenção de grande parte da comunidade foi BlazBlue Cross Tag Battle, jogo que reúne personagens das franquias BlazBlue, Persona 4 Arena, Under Night In-Birth e até mesmo da série animada RWBY. A grande diferença do game está no seu sistema, que segue o estilo de luta em duplas com comandos totalmente simplificados, facilitando a execução em sequências mais complexas.

BlazBlue: Cross Tag Battle é um dos crossovers inusitados de 2018. — Foto: Divulgação/Arc System Works BlazBlue: Cross Tag Battle é um dos crossovers inusitados de 2018. — Foto: Divulgação/Arc System Works

BlazBlue: Cross Tag Battle é um dos crossovers inusitados de 2018. — Foto: Divulgação/Arc System Works

O game gerou um pouco de polêmica devido à sua postura com relação ao lançamento de personagens via DLC, já que, antes do lançamento do game, já havia sido anunciado que metade do elenco seria vendido após o lançamento.

Mais do TechTudo