Por Julio Puiati, para o TechTudo


Existe uma variedade de tipos de esportes eletrônicos sendo praticados pelo mundo. Algumas modalidades, porém, fazem mais sucesso no competitivo do que outras, como o FPS e, mais recentemente, o Battle Royale. Assim como os games dividem o público com diversos gêneros diferentes, os esports contam também com categorias bem definidas e variadas. Confira, a seguir, os segmentos de maior sucesso nos campeonatos de esportes eletrônicos pelo mundo.

Battle Royale

Fortnite é o battle royale mais jogado do mundo — Foto: Divulgação/Epic Games Fortnite é o battle royale mais jogado do mundo — Foto: Divulgação/Epic Games

Fortnite é o battle royale mais jogado do mundo — Foto: Divulgação/Epic Games

Battle Royale é o gênero mais recente da cena competitiva. A modalidade, que se popularizou com os lançamentos de PlayerUnknown's Battlegrounds e Fortnite, ambos em 2017, consiste em três pilares básicos: sobrevivência, exploração e extração de recursos disponíveis no mapa. Vence o jogador (ou grupo) que conseguir se manter intacto até o final.

Por se tratar de um nicho relativamente novo, os torneios profissionais de Battle Royale ainda estão se estruturando. Fortnite, por exemplo, só ganhou um circuito oficial em 2019, embora seja o game que mais tenha distribuído prêmios em 2018. A Epic Games, desenvolvedora do jogo, disse que investirá US$ 100 milhões (cerca de R$ 370 milhões) em competições.

  • Exemplos: PUBG, Fortnite e H1Z1.

FPS

CS:GO é um exemplo clássico da categoria FPS — Foto: Divulgação/Steam CS:GO é um exemplo clássico da categoria FPS — Foto: Divulgação/Steam

CS:GO é um exemplo clássico da categoria FPS — Foto: Divulgação/Steam

Os jogos FPS (sigla para "first person shooter", ou ''tiro em primeira pessoa'') são os mais tradicionais da história. Os jogos deste gênero são focados na perspectiva de um protagonista, que tem como única referência visual explícita a sua arma de fogo. Para se ter uma ideia de tamanha longevidade, Maze War e Spasim, primeiros títulos da categoria, foram publicados em 1974.

De lá pra cá, campeonatos dos mais variados games têm movimentado o cenário competitivo. Milhões de espectadores se reúnem todos os anos para assistir torneios presencialmente em arenas ou remotamente em plataformas de streaming. O dinheiro investido é outro diferencial. Counter-Strike é o segundo jogo que mais premiou na história dos esports.

  • Exemplos: CS:GO, Call of Duty, Rainbow Six e Overwatch.

MOBA

League of Legends tem distribuído premiações milionárias ao longo dos anos — Foto: Divulgação/Riot Games League of Legends tem distribuído premiações milionárias ao longo dos anos — Foto: Divulgação/Riot Games

League of Legends tem distribuído premiações milionárias ao longo dos anos — Foto: Divulgação/Riot Games

Não tão antigo quanto FPS e nem tão recente quanto Battle Royale, o gênero MOBA (Multiplayer Online Battle Arena) é um fenômeno no universo dos esportes eletrônicos. Nesta modalidade, o jogador assume o controle de um personagem que, junto do seu time, tem a missão de derrubar a base adversária. A modalidade reúne elementos do RPG e estratégias em tempo real.

Os MOBAs também movimentam cifras milionárias. Desde 2014, o Mundial de DotA 2 (The International) é o campeonato que mais distribui dinheiro ao final do calendário. Foram US$ 172 milhões (aproximadamente R$ 637 milhões) em oito anos de presença no competitivo. Não à toa, é o game que mais premiou na história das competições. League of Legends vem em terceiro.

  • Exemplos: LoL, DotA 2, Smite e Heroes of the Storm.

Card Games

Hearthstone é o card game mais popular dos esports — Foto: Divulgação/Blizzard Hearthstone é o card game mais popular dos esports — Foto: Divulgação/Blizzard

Hearthstone é o card game mais popular dos esports — Foto: Divulgação/Blizzard

Os CCGs (Collectibles Card Games) ou jogos de cartas colecionáveis também compõem parcela expressiva do mercado. Das mesas físicas para o mundo virtual, o gênero manteve suas características originais para conquistar novos fãs ao longo dos últimos anos. A modalidade mistura dois princípios fundamentais: montagem de baralhos (decks) e execução de estratégias.

As temáticas são extremamente diversificadas e variam de elementos medievais a concepções futurísticas. Além disso, cada game conta com suas próprias particularidades. Em Yu-Gi-Oh!, por exemplo, os jogadores podem optar entre cartas mágicas, armadilhas, fusões e monstros. Já Hearthstone, título mais famoso do segmento, se baseia na cultura de World of Warcraft.

  • Exemplos: Hearthstone, Gwent, Artifact e Yu-Gi-Oh!

Jogos de Luta

Criado em 1987, Street Fighter é um fenômeno global — Foto: Divulgação/Capcom Criado em 1987, Street Fighter é um fenômeno global — Foto: Divulgação/Capcom

Criado em 1987, Street Fighter é um fenômeno global — Foto: Divulgação/Capcom

Os fighting games, ou jogos de luta, são os títulos focados em artes marciais. Neste tipo de gênero, basicamente dividido nas subcategorias 2D, 3D e times, geralmente se controla um (ou mais personagens) com o intuito de derrotar o adversário (ou grupo de inimigos) dentro de um determinado ringue e com tempo cronometrado.

Dentro do competitivo, as lançamentos do gênero não ficam para trás. O segmento, inclusive, conta com um torneio que reúne os principais jogos da classe: a EVO (Evolution Championship Series). Além disso, o melhor atleta de esports em 2018, eleito pelos jurados do Game Awards, foi Dominique “SonicFox” McLean, jogador de Street Fighter 5 e Dragon Ball FighterZ.

  • Exemplos: Street Fighter, Marvel vs. Capcom, Mortal Kombat e Dragon Ball.

Simuladores

FIFA 19 é um simulador de futebol da EA Sports — Foto: Divulgação/EA Sports FIFA 19 é um simulador de futebol da EA Sports — Foto: Divulgação/EA Sports

FIFA 19 é um simulador de futebol da EA Sports — Foto: Divulgação/EA Sports

Os simuladores tentam reproduzir as características dos esportes tradicionais existentes na vida real como futebol, basquete e automobilismo. Embora sejam antigos, queridos pela comunidade e extremamente competitivos, não são os mais lucrativos e assistidos no contexto atual. O gênero está abaixo de todas as modalidades listadas até aqui.

FIFA, simulador de futebol da EA Sports, foi o título mas pretigiado dos últimos anos. A franquia distribuiu cerca de US$ 2 milhões (cerca de R$ 7,3 milhões) ao final de cada temporada – o EA Sports Global Series. Os esportes americanos também contam com circuitos profissionais: NBA 2K (basquete) e Madden NFL (futebol americano) são os principais exemplos.

  • Exemplos: FIFA, PES, Gran Turismo e NBA 2K.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

MAIS DO TechTudo