Campeonatos

Por Julio Puiati, para o TechTudo


Existem diversos sistemas de disputa utilizados nos torneios de Counter Strike: Global Offensive (CS:GO), League of Legends (LoL), PES e outros esports. Do mais simples mata-mata até o complexo formato suíço, os organizadores dos campeonatos precisam escolher o regulamento que melhor se encaixe com a proposta do evento, o game em questão e os times participantes envolvidos. Confira, a seguir, um guia completo sobre os modelos mais utilizados nos jogos competitivos e entenda suas principais características e regras.

Pontos corridos

A primeira fase do CBLoL é disputada no sistema de pontos corridos — Foto: Divulgação/Riot Games A primeira fase do CBLoL é disputada no sistema de pontos corridos — Foto: Divulgação/Riot Games

A primeira fase do CBLoL é disputada no sistema de pontos corridos — Foto: Divulgação/Riot Games

O formato pontos corridos, também conhecido como ''round-robin'', é um dos mais utilizados no meio esportivo. Neste sistema todos os integrantes de um grupo ou tabela se enfrentam obrigatoriamente em até dois turnos. Aqueles que estiverem mais bem colocados ao final do campeonato ganham algum tipo de bonificação, geralmente acesso aos playoffs.

A pontuação dos participantes é calculada através das vitórias (três pontos), empates (1 ponto) e derrotas (0 pontos). Os números, no entanto, podem variar de torneio para torneio. CBLoL, Superliga de LoL, Blast Pro Series de CS:GO, ESL One Hamburg de DotA 2 e Overwatch League são alguns eventos que utilizam o sistema de pontos corridos.

Mata-mata

A Overwatch League 2018 utilizou o mata-mata clássico em seus playoffs — Foto: Divulgação/Blizzard A Overwatch League 2018 utilizou o mata-mata clássico em seus playoffs — Foto: Divulgação/Blizzard

A Overwatch League 2018 utilizou o mata-mata clássico em seus playoffs — Foto: Divulgação/Blizzard

O sistema mata-mata, ou ''single-elimination'', é o formato mais utilizado nas fases de playoffs. Neste método de disputa, as equipes se enfrentam em partidas melhor de uma (MD1), melhor de três (MD3) ou melhor de cinco (MD5). O vencedor continua no campeonato e o perdedor está automaticamente desclassificado, sem nenhuma outra chance de sobrevivência. Competições que utilizam o mata-mata: ESL Pro League Finals de CS:GO, Mundial de League of Legends, FUT Champions Cup de FIFA 19 e Clash Royale League.

Dupla eliminação

Um exemplo de dupla eliminação utilizado no IEM Season XII – World Championship — Foto: Divulgação/IEM Um exemplo de dupla eliminação utilizado no IEM Season XII – World Championship — Foto: Divulgação/IEM

Um exemplo de dupla eliminação utilizado no IEM Season XII – World Championship — Foto: Divulgação/IEM

O formato dupla eliminação, também conhecido como ''double-elimination'', é fundamentado em duas premissas: os times que conquistarem duas vitórias continuam vivos no campeonato enquanto as equipes que saírem derrotadas em duas oportunidades, estão eliminadas do evento. Portanto, caso um participante perca pela primeira vez, terá outra chance para se recuperar.

Os times são dispostos em ''upper'' e ''lower'' brackets, ou seja, chaves superiores e inferiores. As equipes que perderem seu primeiro compromisso caem para a chave inferior e ganham a segunda chance para avançar. O ''double-elimination'' é figurinha carimbada em vários torneios de CS:GO como ECS Finals, DreamHack Atlanta, ESL One Cologne e EPICENTER.

Escalada

A escalada foi utilizada nos dois splits do CBLoL 2018 — Foto: Divulgação/Riot Games A escalada foi utilizada nos dois splits do CBLoL 2018 — Foto: Divulgação/Riot Games

A escalada foi utilizada nos dois splits do CBLoL 2018 — Foto: Divulgação/Riot Games

Comum em torneios de League of Legends, a escalada (ou ''gauntlet'') é um formato eliminatório diferente do mata-mata tradicional. Vejamos um exemplo prático:

Oito times disputaram uma etapa de pontos corridos e os cinco primeiros se classificaram para os playoffs. O quinto colocado irá enfrentar o quarto. O vencedor deste duelo enfrentará o terceiro. O vencedor deste duelo enfrentará o segundo. E, por fim, o último sobrevivente medirá forças com o primeiro colocado (este último garantiu vaga antecipada na final por terminar a primeira etapa na liderança).

A escalada, portanto, é um formato que privilegia os melhores colocados da tabela e que funciona a partir de etapas dependentes umas das outras. O sistema foi utilizado nos dois splits do CBLoL 2018, mas foi abolido do regulamento em 2019.

Formato suíço

O formato suíço foi utilizado no FACEIT Major: London 2018 — Foto: Divulgação/FACEIT O formato suíço foi utilizado no FACEIT Major: London 2018 — Foto: Divulgação/FACEIT

O formato suíço foi utilizado no FACEIT Major: London 2018 — Foto: Divulgação/FACEIT

Considerado um dos regulamentos mais igualitários do competitivo, o formato suíço vem ganhando cada vez mais força nos esports. Uma vez sorteados os confrontos da primeira rodada, o método se sustenta em cinco regras:

  • Os participantes que vencerem três vezes se classificam para os playoffs;
  • Os participantes que perderem três vezes estão eliminados;
  • Confrontos repetidos não podem acontecer;
  • Os confrontos são formados por participantes de mesma campanha;
  • Os participantes poderão jogar até cinco partidas.

Uma vez disputado o primeiro round, os participantes com uma vitória só poderão enfrentar participantes com uma vitória. Os participantes com uma derrota só poderão enfrentar participantes com uma derrota. E assim por diante. FACEIT Major: London 2018, último Mundial de CS:GO realizado na Inglaterra, é um exemplo de competição que utilizou o formato suíço.

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Mais do TechTudo