Por Julio Puiati, para o TechTudo


Counter-Strike 1.6 conquistou milhões de fãs e foi uma verdadeira febre nas lan houses nos anos 2000. O sucesso do jogo alcançou proporções mundiais e o título também foi destaque no cenário competitivo. A versão antiga do FPS não repartiu cifras tão milionárias como o mais recente Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO), mas o jogo ainda é o oitavo que mais distribuiu prêmios na história dos esports. Confira, a seguir, os cinco campeonatos de CS 1.6 com prêmições mais altas, de acordo com o site Esports Earnings.

IEM III – Global Finals

Fnatic foi a grande campeã do IEM III — Foto: Reprodução/ESEA Fnatic foi a grande campeã do IEM III — Foto: Reprodução/ESEA

Fnatic foi a grande campeã do IEM III — Foto: Reprodução/ESEA

As finais da terceira edição do Intel Extreme Masters (IEM) distribuíram a quinta premiação mais alta do Counter-Strike. O torneio foi disputado em março de 2009 e contou com a presença de 12 equipes, entre elas, a brasileira MIBR. Estavam na line up tupiniquim os atletas Thiago "btt" Monteiro, Raphael "cogu" Camargo, Carlos "KIKO" Segal, Renato "nak" Nakano e Guilherme "spacca" Spacca.

Apesar da presença verde e amarela, quem levou o título para a casa foi a Fnatic. Os europeus, na época considerados um dos melhores quintetos do mundo, bateram a extinta Meet Your Makers na grande final por 16-13. O campeonato, realizado em Hannover, Alemanha, contou com prêmio total de US$ 125 mil (R$ 465 mil em conversão atual).

  • Elenco campeão: f0rest, cArn, Gux, dsn e GeT_RiGhT.

WSVG ISC 2006 – Grapevine

compLexity levou pra casa US$ 40 mil em premiação — Foto: Reprodução/Twitter Jason Lake compLexity levou pra casa US$ 40 mil em premiação — Foto: Reprodução/Twitter Jason Lake

compLexity levou pra casa US$ 40 mil em premiação — Foto: Reprodução/Twitter Jason Lake

O Intel Summer Championship 2006 – Grapevine, torneio de Counter-Strike da World Series of Video Games, entra na quarta colocação. O campeonato distribuiu US$ 139,5 mil (R$ 519 mil em conversão atual) e foi vencido pela compLexity Gaming. Os norte-americanos derrotaram os alemães da ALTERNATE aTTaX por 2 a 0 com parciais 16-7 e 16-10.

A competição aconteceu em julho, nos Estados Unidos, com 32 participantes classificados. Mais uma vez, o Brasil contou com representantes. Alexandre "aliche" Donini, Eduardo "eduzin" Chagas, Alexandre "gAuLeS" Borba, Norberto "Lance" Lage e Rafael "pava" Pavanelli vestiram a camisa da g3nerationX e por pouco não alcançaram as semifinais.

  • Elenco campeão: fRoD, sunman, Storm, tr1p e Warden.

CPL World Championship 2001

X3 foi a vice-campeã da competição — Foto: Reprodução/ESEA X3 foi a vice-campeã da competição — Foto: Reprodução/ESEA

X3 foi a vice-campeã da competição — Foto: Reprodução/ESEA

Considerado um dos primeiros campeonatos de Counter-Strike da história, a Cyberathlete Professional League World Championship 2001 foi disputada em dezembro, nos Estados Unidos. Ao todo, 16 organizações disputaram o troféu, mas quem levou a melhor foi a Ninja in Pyjamas. Os europeus venceram a X3 na grande final e subiram ao primeiro lugar do pódio.

O evento realizado em Dallas, no Texas, entra na terceira posição da lista com recompensa geral de US$ 150 mil (R$ 558 mil em conversão atual), valor surpreendente para um cenário competitivo em processo de consolidação. Naquele ano, outros três torneios da CPL já haviam sido disputados na temporada: CPL Amsterdã (maio), CPL Londres (agosto) e CPL Berlim (setembro).

  • Elenco campeão: vesslan, HeatoN, Potti, Hyb, Medion e ahl.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

ESWC 2006

ESWC 2006 foi o primeiro título mundial brasileiro no CS 1.6 — Foto: Divulgação/ESWC ESWC 2006 foi o primeiro título mundial brasileiro no CS 1.6 — Foto: Divulgação/ESWC

ESWC 2006 foi o primeiro título mundial brasileiro no CS 1.6 — Foto: Divulgação/ESWC

Além de ter sido a segunda competição que mais premiou na história de Counter-Strike, a Electronic Sports World Cup 2006 foi o primeiro título mundial de uma equipe brasileira no game. A MIBR de KIKO, cogu e nak, desta vez reforçada com as chegadas de Lincoln "fnx" Lau e Bruno "bruno" Ono, deixou diversos favoritos para trás e sacramentou o triunfo em final contra a Fnatic.

Com participação de 48 equipes, o evento foi realizado entre junho e julho em Paris, Fraça. Foram US$ 160 mil (R$ 596 mil em conversão atual) repartidos em premiações. Além da Fnatic, outras potências internacionais do cenário marcaram presença na capital francesa, como a Pentagram G-Shock do craque Filip "NEO" Kubski, a russa Virtus.pro e a compLexity Gaming.

  • Elenco campeão: KIKO, cogu, nak, fnx e Bruno.

CPL Summer 2003

SK Gaming levou para casa a maior premiação da história do CS 1.6 — Foto: Reprodução/ESEA SK Gaming levou para casa a maior premiação da história do CS 1.6 — Foto: Reprodução/ESEA

SK Gaming levou para casa a maior premiação da história do CS 1.6 — Foto: Reprodução/ESEA

Antes de se ''abrasileirar'' com Gabriel “FalleN” Toledo e Marcelo "coldzera" David em 2016, a SK Gaming viveu outro período dourado nos primórdios do Counter-Strike. Um dos títulos conquistados pela organização no começo dos anos 2000 foi o CPL Summer 2003, torneio que mais premiou na versão 1.6.

A competição, realizada entre julho e agosto nos Estados Unidos, distribuiu recompensa total de US$ 200 mil (R$ 745 em conversão atual). Composta majoritariamente por suecos, a line europeia derrotou a Team9 na final por 13-8 e levou fatia generosa da premiação (cerca de R$ 223 mil).

  • Elenco campeão: Potti, HeatoN, ahl, Fisker e elemeNt.

Cinco jogos que marcaram os anos 90

Cinco jogos que marcaram os anos 90

Mais do TechTudo