Por Bruna Telles, para o TechTudo


Arena of Valor foi uma das maiores revelações dos esports em 2018. O jogo mobile da Tencent Games já era um fenômeno na Ásia, em especial na China, mas chegou ao Ocidente e ao Brasil apenas neste ano e conquistou milhares de usuários casuais. No competitivo, o MOBA fez sucesso, atraindo grandes organizações do cenário e distribuindo prêmios com grandes somas em dinheiro. Confira, a seguir, os destaques de AoV neste ano.

Copa do Mundo

Copa do Mundo de Arena of Valor: com presença da paiN Gaming, torneio teve premiação recorde no esport mobile — Foto: Divulgação/Tencent Games

Anunciada em maio de 2018, a primeira Copa do Mundo de Arena of Valor fez história. O torneio promovido pela Tencent reuniu 12 times em Los Angeles, EUA, que se enfrentaram entre os dias 17 e 28 de julho. Coreia e Tailândia foram pra grande final, com o título ficando para os sul coreanos. Na época, a premiação total de US$ 550 mil (R$ 2,1 milhões) chamou atenção por ser a maior da história dos esports mobile.

O Brasil no competitivo de Arena of Valor

Line up brasileira da Nova Esports foi a campeã da Valor Series Season 2 — Foto: Divulgação/Twitter Nova Esports

Os brasileiros marcaram presença em diversos torneios de Arena of Valor em 2018. Tudo começou com a paiN Gaming, que foi convidada para disputar a Copa do Mundo. Em agosto, a GeO eSports sagrou-se campeã do torneio de AoV realizado pelo StreamCraft, vencendo a CNB Esports. A Season 2 da Valor Series, em sua primeira temporada LATAM, teve seis times, sendo cinco brasileiros: Synergy e-Sports, INTZ eSports, paiN Gaming, GeO eSports e Nova eSports. GeO e Nova disputaram a grande final em São Paulo, onde a Nova sagrou-se campeã e garantiu vaga no Campeonato Internacional.

Campeonato Internacional

Campeonato internacional do MOBA da Tencent teve como premiação a soma histórica de US$ 600 mil — Foto: Divulgação/Tencent Games

Arena of Valor voltou a fazer história em novembro de 2018, com o início do Campeonato Internacional. Reunindo 16 times de 17 países, as disputas aconteceram em Bangkok, Tailândia, e na cidade de Ho Chi Minh, no Vietnã. A grande final foi disputada entre o Team Flash e o J Team, que levou o título. Com o campeonato, Arena of Valor bateu o próprio recorde de maior premiação do esports mobile: foram US$ 600 mil (R$ 2,3 milhões) dados em prêmios totais. O quantia superou a soma distribuída na Copa do Mundo.

Premiação recorde

Arena of Valor deu US$ 900 mil em prêmios em 2018 — Foto: Divulgação/Tencent Games

Em seu primeiro ano competitivo fora da Ásia, Arena of Valor atingiu uma marca expressiva em premiações. Foram mais de US$ 900 mil (R$ 3,4 milhões) distribuídos entre as principais competições, entre elas a Copa do Mundo (US$ 550 mil), o Campeonato Internacional (US$ 600 mil), a Garena Challenger Series Spring 2018 (US$ 115 mil, R$ 445,2 mil) e a RoV Pro League Season 1 (US$ 157 mil, R$ 607,9 mil).

Fazendo o comparativo, a soma distribuída pelos outros dois grandes nomes do esport mobile foi significativamente menor. Ao todo, Clash Royale distribuiu US$ 235,5 mil (R$ 911,8 mil) em prêmios, enquanto PUBG Mobile deu US$ 615,2 mil (R$ 2,3 milhões).

Indicados no Prêmio Esports Brasil

Prêmio Esports Brasil: atletas de Arena of Valor dominaram as indicações na categoria Mobile Games — Foto: Divulgação/Prêmio Esports Brasil

Após aquecer o competitivo em todo mundo, os atletas brasileiros de Arena of Valor também foram destaque no Prêmio Esports Brasil. Ao todo, quatro jogadores foram indicados na categoria de Mobile Games: David “Angra” Senn, Felipe “White” Santos, Maick “NoMercy” Barbosa e Paulo “JesuinoFera” Benetti. Na categoria de Atleta Revelação, Angra e NoMercy estiveram entre os indicados. Por fim, NoMercy levou o título na categoria de Mobile Games, e ficou entre os finalistas da categoria de atleta revelação.

Relembre os jogos que marcaram 2018

Relembre os jogos que marcaram 2018

Mais do TechTudo