Times

Por Leonardo Couto, para o TechTudo


O cenário competitivo do Counter Strike: Global Offensive (CS:GO), DotA 2, League of Legends (LoL) e demais esports é marcado por vitórias e derrotas. Entre uma temporada e outra, os rankings dos melhores pro players e times mudam e equipes podem ir do topo do pódio ao abandono do cenário. A Made in Brazil (MIBR), Team Envy e Tempo Storm são exemplos de organizações consagradas que chegaram a encerrar suas participações em torneios. Relembre, a seguir, cinco orgs vitoriosas que já "abandonaram" a cena competitiva.

MIBR (CS 1.6)

MIBR saiu da cena do CS em 2012 — Foto: Divulgação/MIBR MIBR saiu da cena do CS em 2012 — Foto: Divulgação/MIBR

MIBR saiu da cena do CS em 2012 — Foto: Divulgação/MIBR

A MIBR é uma organização brasileira de esports fundada pelo empresário Paulo Velloso em 2003. A org se destacou no cenário brasileiro de Counter-Strike (CS) e logo tornou-se a maior referência do Brasil na cena internacional. Em 2006, a MIBR chegou a vencer o WESG, o torneio mais importante da época. A line up formada por Raphael "Cogu" Camargo, Carlos "KIKO" Segal, Renato "nak" Nakano, Bruno "ellllll" Ono e Lincoln "fnx" Lau derrotou a Fnatic por 16-6, na França, e levou US$ 52 mil (cerca de R$ 193 mil) para casa.

Apesar do título, a organização teve algumas mudanças no seu elenco e não conseguiu manter o mesmo ritmo. Em março de 2012, o time desistiu de competir e abandonou o cenário do CS. Durante esse período de atuação, foram ganhos US$ 250 mil em premiações (aproximadamente R$ 1 milhão), valor elevado para a época.

Em 2017, a organização norte-americana Immortals comprou os direitos autorais da MIBR e relançou o time no competitivo em 2018, dessa vez no CS:GO. Para voltar em grande estilo, o time contratou o elenco brasileiro comandado por Gabriel "FalleN" Toledo, que estava na SK Gaming. FalleN e companhia estão entre os melhores pro players de CS:GO do mundo.

Team Envy

Team Envy abandonou cena do CS:GO em 2018 — Foto: Reprodução/Team Envy Team Envy abandonou cena do CS:GO em 2018 — Foto: Reprodução/Team Envy

Team Envy abandonou cena do CS:GO em 2018 — Foto: Reprodução/Team Envy

A Team Envy é uma organização europeia que ganhou diversos títulos no cenário competitivo de CS:GO. Entre suas conquistas, destaque para o WESG 2016, a DreamHack Open Cluj-Napoca e o Global eSports Cup - Season 1. Apesar das vitórias, o time perdeu importantes jogadores em fevereiro de 2017 e amargou derrotas após as mudanças no elenco. Assim, em junho de 2018 a Team Envy anunciou sua saída do cenário.

O "abandono" do time, no entanto, durou pouco tempo. Em setembro do mesmo ano a Team Envy decidiu contratar novos atletas, agora todos norte-americanos. Até janeiro de 2019 a nova line up não conseguiu títulos importantes na organização.

Team DK

Team DK abandonou o cenário de DotA 2 — Foto: Divulgação/Team DK Team DK abandonou o cenário de DotA 2 — Foto: Divulgação/Team DK

Team DK abandonou o cenário de DotA 2 — Foto: Divulgação/Team DK

Criada em 2010, a equipe da Team DK foi febre entre os amantes do competitivo de DotA 2. Liderados pelo carregador Xu "Burning" Zhilei, a equipe chinesa era forte candidata ao título do The International 2013, terceira edição do maior evento de DotA 2. Apesar de não ter conseguido o título, o time conquistou a Starladder Season 9, a G-League 2013 e o WPC ACE DotA 2 League 2013.

Em 2014 a organização chegou no TI4 com alguns jogadores famosos no competitivo, como Chai "Mushi" Yee Fung e Daryl Koh "iceiceice" Pei Xiang. A equipe ficou em quarto lugar na competição e logo depois do torneio foi desfeita. A organização montou uma nova line up, mas não conseguiu manter o mesmo nível. Em novembro de 2015 a Team DK decidiu interromper as atividades no DotA 2 e continua inativa até hoje.

Alliance

Org Alliance saiu da cena de LoL em 2015 — Foto: Reprodução/Alliance Org Alliance saiu da cena de LoL em 2015 — Foto: Reprodução/Alliance

Org Alliance saiu da cena de LoL em 2015 — Foto: Reprodução/Alliance

A equipe de League of Legends (LoL) da Alliance conseguiu derrotar a Fnatic por 3-1 e foi campeã do EU LCS 2014 Summer. Apesar do título, o time ficou somente na nona posição no Mundial de LoL do mesmo ano. No fim da temporada, a Alliance chegou às semifinais do IEM Season 9 San José, mas perdeu para a americana Cloud 9. Em janeiro de 2015, a organização anunciou que sua equipe tinha sido contratada pela Elements e, desde então, a org está fora da cena de League of Legends.

Tempo Storm

Tempo Storm  — Foto: Divulgação/Tempo Storm Tempo Storm  — Foto: Divulgação/Tempo Storm

Tempo Storm — Foto: Divulgação/Tempo Storm

Conhecida por suas conquistas com aline up brasileiras, a organização norte-americana Tempo Storm encerrou as atividades no CS:GO em dezembro de 2018. Com os atletas do Brasil, a Tempo Storm conquistou a CEVO Pro League Season 9, a ESEA Season 21 - NA Finals e a RGN Winter Classic II.

A line up que conquistou o maior número de títulos pela org era formada por Henrique "HEN1" Teles, Lucas "LUCAS1" Teles, Gustavo "SHOOWTiME" Gonçalves, João "felps" Vasconcellos e Ricardo "boltz" Prass. Essa equipe permaneceu por quatro meses na Tempo Storm, antes de ser contratada pela Immortals.

Mais do TechTudo