Atletas

Por Victor de Abreu, para o TechTudo


Jogos competitivos como League of Legends (LoL), Super Smash Bros. Melee, StarCraft II consagraram jogadores profissionais em todo mundo. No entanto, além de ganharem destaque por seus desempenhos, alguns pro players conseguiram fama após protagonizarem polêmicas. A maioria dos casos é de jogadores que gostam de provocar e ofender seus adversários em competições profissionais. Esse comportamento tóxico é criticado pelas ligas, desenvolvedoras e comunidade e pode levar até ao banimento do jogador. Relembre, a seguir, cinco atletas que acabaram com fama de "brigões".

Yiliang "Doublelift" Peng

O famoso Doublelift também possui seu lado tóxico — Foto: Reprodução/Riot Games O famoso Doublelift também possui seu lado tóxico — Foto: Reprodução/Riot Games

O famoso Doublelift também possui seu lado tóxico — Foto: Reprodução/Riot Games

Yiliang "Doublelift" Peng não é famoso apenas por ser um grande jogador da rota inferior do MOBA. Sem medo de falar o que pensa, Doublelift também já foi protagonista de entrevistas polêmicas, onde afirma que sua equipe venceria partidas sem dificuldades e não poupa palavras para rebaixar seus adversários.

Um dos casos mais famosos ocorreu em 2013 na Intel Extreme Masters (IEM) Cologne, quando Doublelift atuava na Counter Logic Gaming. Em entrevista, o pro player afirmou que a série contra a Fnatic nas semifinais seria um massacre, e que apenas o lado da CLG jogaria as partidas. Contrariando sua previsão, o resultado foi 2-1 para a Fnatic, e a CLG acabou eliminada. Doublelift não mudou sua personalidade até hoje, embora suas palavras já tenham se voltado contra ele em outras ocasiões.

Ryan "Filipino Champ" Ramirez

Filipino Champ é um dos jogadores mais polêmicos no cenário de jogos de luta — Foto: Divulgação/Capcom Pro Tour Filipino Champ é um dos jogadores mais polêmicos no cenário de jogos de luta — Foto: Divulgação/Capcom Pro Tour

Filipino Champ é um dos jogadores mais polêmicos no cenário de jogos de luta — Foto: Divulgação/Capcom Pro Tour

É bastante comum encontrar jogadores que provocam uns aos outros de forma saudável, sem ofensas, na comunidade de jogos de luta. Porém, o americano Ryan "Filipino Champ" Ramirez passa dos limites e se destaca no quesito toxicidade. Campeão da Evolution Championship Series (EVO) 2012 de Ultimate Marvel vs Capcom 3, ele é conhecido por desrespeitar outros pro players e não poupar palavras de baixo calão em entrevistas.

Um dos momentos polêmicos mais marcantes de Filipino ocorreu em 2016 em um torneio chamado Winter Brawl X. Na ocasião, ele enfrentou o chileno Nicolás "Kaneblueriver" González em um desafio First to 15, onde o primeiro jogador a vencer 15 partidas seria o campeão. Filipino, a cada vitória em cima de seu adversário, fazia questão de pegar o microfone e desrespeitar o oponente. As provocações só tiveram fim quando a série terminou em 15-10 para Filipino. Porém, no dia seguinte, em partida válida pelo torneio, Kaneblueriver levou o título do Winter Brawl em uma partida contra Filipino.

Quer comprar jogos, consoles e PCs com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Willian "Leffen" Hjelte

Leffen é uma das figuras mais polêmicas no cenário de Super Smash Bros — Foto: Reprodução/Brussels Challenge Leffen é uma das figuras mais polêmicas no cenário de Super Smash Bros — Foto: Reprodução/Brussels Challenge

Leffen é uma das figuras mais polêmicas no cenário de Super Smash Bros — Foto: Reprodução/Brussels Challenge

Famoso jogador de Super Smash Bros. Melee, Super Smash Bros. Ultimate e Dragon Ball FighterZ, o sueco Willian "Leffen" Hjelte é o tipo de jogador que não costuma levar desaforo para casa. Com poucas palavras e provocações via Twitter, Leffen é conhecido por sua toxicidade.

A maior polêmica envolvendo Leffen foi sua série contra o jogador da Team Liquid Kashan "Chillin" Khan, em 2015. Depois de provocar a organização no Twitter, dizendo que patrocinavam jogadores ruins, Chillin respondeu Leffen. A confusão se instaurou até o desafio ser realizado, uma First to 5 ocorrida durante um evento chamado Apex 2015. O resultado, na frente de milhares de pessoas, foi 5-0 para Leffen.

Johan "NaNiwa" Lucchesi

NaNiwa sempre foi conhecido por sua falta de profissionalismo em competições — Foto: Divulgação/DreamHack NaNiwa sempre foi conhecido por sua falta de profissionalismo em competições — Foto: Divulgação/DreamHack

NaNiwa sempre foi conhecido por sua falta de profissionalismo em competições — Foto: Divulgação/DreamHack

Johan "NaNiwa" Lucchesi é outro jogador polêmico, dessa vez no StarCraft II. Logo no seu primeiro ano de carreira, em 2010, o sueco já ficou conhecido por ter sido banido de um torneio da Electronic Sports League (ESL) por comportamento tóxico.

O caso de toxicidade mais marcante de NaNiwa foi com o jogador sul-coreano chamado Lim "NesTea" Jae Duk. A rivalidade começou quando o sueco, em um torneio chamado MLG Global Invitational 2011, usou o termo "idiota" para comentar uma jogada de NesTea, o que irritou o sul-coreano. Por conta disso, ambos passaram a trocar ofensas quando se encontravam em competições. Isso até a Blizzard Cup na Coreia do Sul, onde NaNiwa, já eliminado e apenas cumprindo tabela, perdeu propositalmente sua partida contra NesTea e acabou abrindo mais debates a respeito de sua falta de profissionalismo no cenário competitivo.

Matheus "Mylon" Borges

Mylon recebeu algumas punições por conta de seu comportamento tóxico em sua carreira — Foto: Divulgação/Riot Games Mylon recebeu algumas punições por conta de seu comportamento tóxico em sua carreira — Foto: Divulgação/Riot Games

Mylon recebeu algumas punições por conta de seu comportamento tóxico em sua carreira — Foto: Divulgação/Riot Games

Matheus "Mylon" Borges, já aposentado, é considerado uma referência brasileira na Rota Superior do League of Legends. Sua habilidade, em especial na fase de rotas, chamava a atenção de todos, mas Mylon também ficou conhecido por se envolver em polêmicas durante a sua carreira.

Indo desde provocações em entrevistas até gestos obscenos, a partida entre Keyd Stars e paiN Gaming válida pelo CBLoL 2014 se destaca. Nessa época, havia uma certa rivalidade entre Mylon e o Topo da paiN Gaming, Han "Lactea" Gi-hyeon. Embora o metagame da rota superior nessa temporada fosse mais focado em apenas três campeões (Renekton, Shyvana e Jax) ambos protagonizaram grandes duelos. Infelizmente, em um dos combates vencido por Mylon, ele acabou passando dos limites, fazendo gestos obscenos para a câmera e deixando ofensas para Lactea. Mylon foi suspenso por dois jogos no CBLoL e foi multado em R$ 2 mil pela Riot Games.

Mais do TechTudo