Por Isabela Cabral, para o TechTudo


A cada nova versão, o Google adiciona ao Android mais funções capazes de facilitar a vida do usuário. Algumas delas, porém, não recebem a devida atenção e permanecem desconhecidas pela maior parte das pessoas. São detalhes, às vezes, que podem levar mais praticidade ao dia a dia, como a customização do menu de compartilhamento do sistema ou os ajustes do comportamento das notificações de partes específicas de cada aplicativo.

Por isso, o TechTudo reúne a seguir cinco recursos úteis, mas ignorados, do Android. Nossos testes foram realizados em um Xiaomi Mi A1 com Android 9.0 Pie.

Cinco recursos úteis de Android que poucas pessoas conhecem — Foto: Isabela Cabral/TechTudo Cinco recursos úteis de Android que poucas pessoas conhecem — Foto: Isabela Cabral/TechTudo

Cinco recursos úteis de Android que poucas pessoas conhecem — Foto: Isabela Cabral/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Atalhos de apps na tela inicial

Desde o Android 7.1 (Nougat), é possível acessar partes específicas dos aplicativos tocando e segurando por alguns instantes o ícone do respectivo app. Essa função pode facilitar a vida do usuário e já não é tão conhecida, mas sabia que dá para ir além? Ao acessar a lista de atalhos de um aplicativo, você pode arrastar e fixar um item na tela inicial. Assim, o ícone estará lá disponível para um acesso mais rápido, abrindo diretamente o recurso desejado. Para quem usa com muita frequência determinada seção de um software, a dica pode poupar um bom tempo.

É possível adicionar à home atalhos para determinadas funções de apps — Foto: Reprodução / Isabela Cabral É possível adicionar à home atalhos para determinadas funções de apps — Foto: Reprodução / Isabela Cabral

É possível adicionar à home atalhos para determinadas funções de apps — Foto: Reprodução / Isabela Cabral

2. Personalizar o menu de compartilhamento

O menu de compartilhamento do Android – aquele que aparece com um repertório de funções de apps quando o usuário quer enviar um arquivo ou link – pode ser meio bagunçado. A seção é cheia de opções que a maioria das pessoas nunca vai usar, mas precisa vasculhar até encontrar o que realmente interessa. Mas há uma solução: fixar no início do painel os ícones mais relevantes.

Menu de compartilhamento do Android pode ser customizado — Foto: Reprodução / Isabela Cabral Menu de compartilhamento do Android pode ser customizado — Foto: Reprodução / Isabela Cabral

Menu de compartilhamento do Android pode ser customizado — Foto: Reprodução / Isabela Cabral

Para isso, com o menu aberto, basta pressionar por alguns segundos o atalho que quiser e clicar em “Fixar guia”. Por exemplo, se você utiliza muito o Telegram para mandar imagens, pode colocar permanentemente o aplicativo no topo da interface de compartilhamento e, desse modo, agilizar o processo.

3. Controle de notificações

Todos os dias recebemos uma enxurrada de notificações – muitas delas desnecessárias, o que, além de irritante, pode atrapalhar os afazeres do cotidiano. Não é preciso, porém, desativar todas as notificações do sistema ou de um app inteiro de uma vez e correr o risco de perder algo importante. Em suas últimas versões, o Android permite um controle de notificações bastante personalizado. É possível selecionar exatamente quais funções de cada aplicativo devem enviar os alertas e de que maneira.

Notificações podem ser ajustadas de formas bem específicas — Foto: Reprodução / Isabela Cabral Notificações podem ser ajustadas de formas bem específicas — Foto: Reprodução / Isabela Cabral

Notificações podem ser ajustadas de formas bem específicas — Foto: Reprodução / Isabela Cabral

O gerenciamento está disponível nas configurações do Android. Acesse “Apps e notificações”, escolha um app e clique em “Notificações”. Será exibida uma lista com todos os tipos de notificações oferecidas pelo software. Toque na caixinha ao lado de cada um para ativar ou desativar. Para decidir como uma categoria vai notificar, segure o dedo sobre ela por alguns instantes até uma nova tela se abrir e, então, clique em “Comportamento”. Por fim, selecione uma das alternativas: “emitir som e exibir na tela”, “emitir som”, “mostrar de forma silenciosa” ou “mostrar de forma silenciosa e minimizada”.

4. Agendar modo Não Perturbe

O modo Não Perturbe é um jeito bem prático de garantir que o celular não vai ficar fazendo barulho e interrompendo o usuário na hora errada, como durante reuniões de trabalho ou sua noite de sono. O que algumas pessoas não sabem é que é possível agendar previamente quando o telefone deve ativar e desativar essa configuração. É só acessar “Configurar”, depois “Som”, “Não perturbe” e então “Ativar automaticamente”. Nessa tela, você pode definir regras automáticas para o funcionamento do recurso, incluindo dias da semana e horários de início e término.

Modo Não Perturbe pode ser agendado — Foto: Reprodução / Isabela Cabral Modo Não Perturbe pode ser agendado — Foto: Reprodução / Isabela Cabral

Modo Não Perturbe pode ser agendado — Foto: Reprodução / Isabela Cabral

5. Otimização personalizada de apps

Para economizar a bateria do smartphone, o Android diminui as atividades dos aplicativos rodando em segundo plano. A otimização é extremamente importante, mas às vezes pode impedir algumas funções necessárias. Por exemplo, o backup de imagens do Google Fotos é mais eficiente se o app não estiver com a otimização de bateria ativada. O Android, por isso, permite que o usuário faça esse tipo de ajuste, decidindo exatamente quais aplicativos devem ou não ter acesso irrestrito.

Usuário pode decidir quais apps podem rodar sem restrições em segundo plano — Foto: Reprodução / Isabela Cabral Usuário pode decidir quais apps podem rodar sem restrições em segundo plano — Foto: Reprodução / Isabela Cabral

Usuário pode decidir quais apps podem rodar sem restrições em segundo plano — Foto: Reprodução / Isabela Cabral

Acesse o menu de configurações e vá até “Apps e notificações”, abra o item “Avançado”, clique em “Acesso especial a apps” e então “Otimização de bateria”. Pronto, agora é só escolher um aplicativo e optar entre “Otimizar” e “Não otimizar”. Por padrão, a maioria dos softwares estarão com a otimização ligada, enquanto outros sequer têm essa opção.

Via PC World

Android: quatro dicas para aumentar a duração da bateria

Android: quatro dicas para aumentar a duração da bateria

MAIS DO TechTudo