Por Daniel Ribeiro, Para o TechTudo


O relatório sobre a Internet no Brasil e no mundo em 2018, feito pela Data Reportal e com dados da agência We Are Social e da plataforma Hootsuite, revela que as redes sociais dominam o país. O Brasil está atrás apenas das Filipinas no ranking mundial de tempo diário em plataformas desse tipo, contabilizando mais de três horas e meia por usuário. Além disso, brasileiros passam mais de nove horas por dia navegando na Internet.

O número de brasileiros nas redes sociais chegou aos 149.1 milhões (equivalente a cerca de 70% da população nacional), e o WhatsApp é o mensageiro mais utilizado no país. O Facebook também saiu ganhando: os quatro aplicativos mais baixados e usados no Brasil pertencem à empresa de Zuckerberg. Confira a seguir dez tendências comportamentais de internautas do Brasil e do mundo.

Brasileiros cresceram cerca de 7% em redes sociais de 2017 para 2018 — Foto: Divulgação/ESET Brasileiros cresceram cerca de 7% em redes sociais de 2017 para 2018 — Foto: Divulgação/ESET

Brasileiros cresceram cerca de 7% em redes sociais de 2017 para 2018 — Foto: Divulgação/ESET

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. WhatsApp é o mensageiro mais utilizado no Brasil

Em análise mundial sobre os mensageiros mais usados, o WhatsApp lidera o ranking em 133 países, incluindo o Brasil. O Facebook Messenger e o Viber seguem em segundo e terceiro lugar, conquistando o topo do pódio em 75 e 10 países, respectivamente. Ou seja, a empresa de Mark Zuckerberg segue dominando o cenário mundial dos mensageiros graças ao WhatsApp e ao Facebook Messenger, que são os mais utilizados em 208 países.

O Brasil acompanha outros 132 na preferência do WhatsApp — Foto: Luciana Maline/TechTudo O Brasil acompanha outros 132 na preferência do WhatsApp — Foto: Luciana Maline/TechTudo

O Brasil acompanha outros 132 na preferência do WhatsApp — Foto: Luciana Maline/TechTudo

2. Os brasileiros usam a Internet por mais de nove horas por dia

O Brasil é o segundo país do mundo a passar mais tempo por dia na rede, totalizando nove horas e 29 minutos conectado na rede. Em primeiro lugar estão os filipinos, com dez horas e dois minutos, e em terceiro os tailandeses, que tem uma média de nove horas e 11 minutos diários de uso da Internet.

O brasileiro passa em média 9 horas e 29 minutos por dia na Internet — Foto: Thássius Veloso/TechTudo O brasileiro passa em média 9 horas e 29 minutos por dia na Internet — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O brasileiro passa em média 9 horas e 29 minutos por dia na Internet — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

3. Brasileiros passam mais de três horas por dia em redes sociais

Na avaliação do uso diário, o povo brasileiro passa em média três horas e 34 minutos só nas redes sociais. O país ocupa o segundo lugar na colocação mundial, atrás também dos filipinos, que gastam quatro horas e 12 minutos.

Os brasileiros são o segundo povo a ficar mais tempo na Internet, e também nas redes sociais — Foto: Nicolly Vimercate/TechTudo Os brasileiros são o segundo povo a ficar mais tempo na Internet, e também nas redes sociais — Foto: Nicolly Vimercate/TechTudo

Os brasileiros são o segundo povo a ficar mais tempo na Internet, e também nas redes sociais — Foto: Nicolly Vimercate/TechTudo

4. 61% da população brasileira está conectada às redes sociais

Cerca de 150 milhões de brasileiros são usuários ativos da Internet. Desses, por volta de 140 milhões de brasileiros têm login em redes sociais — o equivalente a 66% da população do país. Além disso, também constata-se que o celular é o meio preferido na hora de navegar na Internet: pelo menos 130 milhões de usuários usam o smartphone para redes sociais, o que seria 61% da população.

66% da população do Brasil está presente em redes sociais — Foto: Luciana Maline/TechTudo 66% da população do Brasil está presente em redes sociais — Foto: Luciana Maline/TechTudo

66% da população do Brasil está presente em redes sociais — Foto: Luciana Maline/TechTudo

5. O YouTube é o site em que brasileiro passa mais tempo

No levantamento, a SimilarWeb fez um ranking de sites mais acessados no país. A versão em português e inglês do buscador Google ocupam os primeiros lugares, mas o YouTube ganha relevância na terceira posição. A plataforma é site em que o brasileiro passa mais tempo, ficando em torno de 22 minutos e 28 e, durante esse período, ele acessa em média 9,3 páginas da rede social. O segundo lugar fica com o Facebook, com 12 minutos e 29 segundos e com uma média de 11,1 páginas em cada visita.

No Brasil, o YouTube e o Facebook são os sites em que se fica mais tempo conectado — Foto: TechTudo/Helito Beggiora No Brasil, o YouTube e o Facebook são os sites em que se fica mais tempo conectado — Foto: TechTudo/Helito Beggiora

No Brasil, o YouTube e o Facebook são os sites em que se fica mais tempo conectado — Foto: TechTudo/Helito Beggiora

6. O YouTube é a rede social mais usada no Brasil

O YouTube segue em primeiro lugar como a rede social mais utilizada no Brasil, repetindo o relatório do ano anterior. Porém, a porcentagem de respostas foi mais abrangente do que no estudo de 2018: entres brasileiros de 16 a 64 anos, o Global Web Index comprovou que 95% utilizava o YouTube. Porém, apesar do aumento estatístico, o ranking se manteve com o Facebook e o WhatsApp em segundo e terceiro lugar, com 90% e 89% das respostas, respectivamente.

O ranking de mídias sociais mais utilizadas se manteve, mas a porcentagem das respostas aumentou — Foto: Helito Bijora/TechTudo O ranking de mídias sociais mais utilizadas se manteve, mas a porcentagem das respostas aumentou — Foto: Helito Bijora/TechTudo

O ranking de mídias sociais mais utilizadas se manteve, mas a porcentagem das respostas aumentou — Foto: Helito Bijora/TechTudo

7. Facebook possui os quatro apps mais baixados e mais usados no Brasil

Facebook Messenger, WhatsApp, Facebook e Instagram se mantiveram no ranking dos quatro apps de smartphone e tablets mais baixados e utilizados no Brasil. Em comparação com 2017, os quatro aplicativos da empresa de Mark Zuckerberg trocaram de posição, mas mantiveram a liderança, enquanto o Uber se continuou com o quinto lugar.

O ranking mundial é um pouco diferente em comparação: Facebook, WhatsApp, Facebook Messenger, WeChat e Instagram. Assim, nota-se que o aplicativo de mensagens da Tencent vem ganhando maior destaque fora do Brasil.

Em 2018, o app mais baixado no Brasil foi o Facebook Messenger — Foto: Wallace Nascimento/TechTudo Em 2018, o app mais baixado no Brasil foi o Facebook Messenger — Foto: Wallace Nascimento/TechTudo

Em 2018, o app mais baixado no Brasil foi o Facebook Messenger — Foto: Wallace Nascimento/TechTudo

8. Mulheres são maioria no Facebook, Instagram e Snapchat

Fugindo da média mundial, no Brasil as mulheres (55%) são mais presentes nas redes sociais que os homens. Elas são maioria no Facebook (53%), Instagram (59%) e Snapchat (71%). Já no Twitter e no Linkedln, o número de usuárias do Brasil acompanha as porcentagens internacionais, com 34% e 44% de participação, respectivamente.

No Brasil, 55% dos usuários são do sexo feminino, enquanto no mundo o número é de 44%  — Foto: Carolina Ochsendorf No Brasil, 55% dos usuários são do sexo feminino, enquanto no mundo o número é de 44%  — Foto: Carolina Ochsendorf

No Brasil, 55% dos usuários são do sexo feminino, enquanto no mundo o número é de 44% — Foto: Carolina Ochsendorf

9. Vídeo é o conteúdo que recebe mais engajamento no Facebook

No Brasil, vídeos do Facebook recebem engajamento de 6,74% dos usuários, o que condiz com a média global de 6,03%. Em segundo lugar, vêm a publicação de fotos (4,82% dos usuários) e o compartilhamento de links (4,23%). Ou seja, conteúdo audiovisual gera mais engajamento no Facebook entre os usuários brasileiros.

Os vídeos no Facebook são as publicações que mais mobilizam os usuários — Foto: Ana Marques/TechTudo Os vídeos no Facebook são as publicações que mais mobilizam os usuários — Foto: Ana Marques/TechTudo

Os vídeos no Facebook são as publicações que mais mobilizam os usuários — Foto: Ana Marques/TechTudo

10. 83% dos eleitores da América do Sul estão em redes sociais

Como o Brasil tem um grande número de usuários com acesso à Internet (em torno de 70% da população), seu papel é importante como meio informativo. Além disso, 83% dos potenciais eleitores na América do Sul são usuários de redes sociais. Apesar de a população como um todo não acessar as redes sociais, o levantamento pode contribuir para destacar o papel deste “novo espaço público” no processo democrático.

A rede social tem um potencial como um “novo espaço público” ao indicar uma alta porcentagem de eleitores — Foto: Marvin Costa/TechTudo A rede social tem um potencial como um “novo espaço público” ao indicar uma alta porcentagem de eleitores — Foto: Marvin Costa/TechTudo

A rede social tem um potencial como um “novo espaço público” ao indicar uma alta porcentagem de eleitores — Foto: Marvin Costa/TechTudo

Qual é a sua rede social preferida? Deixe sua opinião no Fórum do TechTudo.

Redes sociais que (quase) todo mundo já usou

Redes sociais que (quase) todo mundo já usou

Mais do TechTudo