Por Daniel Dutra, para o TechTudo


Há diversas opções de aplicativos para baixar e ouvir música no celular com Android. Apps populares, como Spotify, Deezer, Tidal e Napster, permitem transferir canções para o seu smartphone e, em seguida, você pode ouvir músicas offline, ou seja, sem gastar o pacote de Internet ou acessar uma rede Wi-Fi. A maior parte das plataformas oferece o serviço por meio de assinaturas premium, que são pagas. No entanto, é possível reduzir custos com as diferentes modalidades de assinaturas.

Quer saber quais são os melhores aplicativos para baixar músicas no Android? Confira a seguir uma lista preparada pelo TechTudo com dez apps para escutar canções offline no celular.

Quatro funções do Spotify que você precisa conhecer

Quatro funções do Spotify que você precisa conhecer

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Spotify

Um dos mais populares serviços de streaming, o Spotify oferece um catálogo com mais de 30 milhões de faixas. Com o aplicativo, é possível divulgar suas próprias playlists e conhecer as de outros usuários.

Os interessados podem escolher entre usar o Spotify de graça ou assinar algum dos planos oferecidos. O maior destaque é o plano Família, que permite o uso de diferentes contas vinculadas a uma assinatura principal. Dessa forma, o usuário pode dividir a mensalidade de R$ 26,90 entre os cinco participantes. Outro plano oferece um preço diferenciado para estudantes.

Spotify é um dos mais populares aplicativos de música — Foto: Reprodução/Daniel Dutra Spotify é um dos mais populares aplicativos de música — Foto: Reprodução/Daniel Dutra

Spotify é um dos mais populares aplicativos de música — Foto: Reprodução/Daniel Dutra

2. Tidal

Além de um amplo catálogo, o Tidal aposta em áudio de alta qualidade para se diferenciar no mercado de streaming. O aplicativo, criado por Jay-Z, marido de Beyoncé, oferece preços variados, de acordo com a qualidade de som. O app também apresenta conteúdo exclusivo e a possibilidade de importar playlists de outros serviços de streaming. A plataforma conta com dois planos de assinatura: Premium e Hi-Fi. Após um período de 60 dias de uso gratuito, o usuário precisa escolher entre um desses dois planos.

Tidal se diferencia pela qualidade do áudio. — Foto: Reprodução/Daniel Dutra Tidal se diferencia pela qualidade do áudio. — Foto: Reprodução/Daniel Dutra

Tidal se diferencia pela qualidade do áudio. — Foto: Reprodução/Daniel Dutra

3. Deezer

Com sede em Paris, o Deezer é um dos principais serviços de streaming no mercado. Suas funcionalidades incluem a criação de playlists, a sugestão de músicas com base em artistas mais ouvidos, e a interação com redes sociais, como Twitter e Facebook. O aplicativo oferece um período de testes gratuito da versão Premium. Após 30 dias, é necessário assinar o pacote por R$ 16,90 mensais. Assim como o Spotify, o Deezer também oferece um Plano Família, por R$ 26,90, por meio do qual você pode ter contas associadas a uma assinatura principal.

Deezer, de origem francesa, é um dos principais concorrentes do Spotify  — Foto: Reprodução/Daniel Dutra Deezer, de origem francesa, é um dos principais concorrentes do Spotify  — Foto: Reprodução/Daniel Dutra

Deezer, de origem francesa, é um dos principais concorrentes do Spotify — Foto: Reprodução/Daniel Dutra

4. Palco MP3

O destaque do Palco MP3 é o foco na música independente brasileira. Criado em 2003, o serviço é indicado tanto para ouvintes que queiram conhecer novidades na música nacional, como também para artistas que desejam registrar suas atividades e divulgá-las. As funcionalidades são semelhantes às de outros aplicativos. No Palco MP3, é possível criar playlists, acompanhar os artistas mais acessados e os destaques de streaming. Outra vantagem é que o aplicativo é gratuito.

Palco MP3 é destaque no mercado nacional — Foto: Reprodução/Daniel Dutra Palco MP3 é destaque no mercado nacional — Foto: Reprodução/Daniel Dutra

Palco MP3 é destaque no mercado nacional — Foto: Reprodução/Daniel Dutra

5. SoundCloud

O SoundCloud é outra plataforma em que artistas podem disponibilizar suas músicas. O serviço, que é sediado na Alemanha, permite que os usuários baixem os arquivos dos cantores, caso eles tenham dado permissão para isso. Entre suas funcionalidades, é possível seguir bandas, além de criar playlists e ouvir as faixas mais populares da comunidade SoundCloud.

SoundCloud permite que artistas disponibilizem suas gravações, mashups remixes. — Foto: Reprodução/Daniel Dutra SoundCloud permite que artistas disponibilizem suas gravações, mashups remixes. — Foto: Reprodução/Daniel Dutra

SoundCloud permite que artistas disponibilizem suas gravações, mashups remixes. — Foto: Reprodução/Daniel Dutra

6. YouTube Music

O YouTube Music é uma plataforma criada pelo Google que tem como maior destaque a combinação entre música e vídeo. Graças aos vídeos raros disponíveis no YouTube, o serviço aposta na oferta de um catálogo cada vez mais amplo. A versão gratuita apresenta algumas restrições. Além das propagandas, o aplicativo grátis só funciona com a tela do celular ligada. No entanto, é possível assinar o YouTube Music por R$ 16,90 mensais.

YouTube Music é a plataforma de streaming criada pelo Google — Foto: Divulgação/Google YouTube Music é a plataforma de streaming criada pelo Google — Foto: Divulgação/Google

YouTube Music é a plataforma de streaming criada pelo Google — Foto: Divulgação/Google

7. Audiomack

O grande diferencial do Audiomack é o seu catálogo. O app conta com músicas em ritmos como reggae, latino, pop e eletrônico. Artistas podem se cadastrar no aplicativo e divulgar as canções gratuitamente. Suas funcionalidades são semelhantes às de outros apps: há playlists automáticas com as tendências e artistas mais ouvidos, por exemplo. Os destaques da plataforma são as playlists regionais, baseadas nas cidades ou países dos grupos cadastrados. Ouvintes também podem utilizá-lo de forma gratuita, embora exista a opção premium, que retira anúncios e propagandas.

Catálogo do Audiomack é focalizado em ritmos específicos — Foto: Reprodução/Daniel Dutra Catálogo do Audiomack é focalizado em ritmos específicos — Foto: Reprodução/Daniel Dutra

Catálogo do Audiomack é focalizado em ritmos específicos — Foto: Reprodução/Daniel Dutra

8. Napster

Protagonista nas polêmicas envolvendo downloads no início dos anos 2000, o Napster retornou por meio do mercado de streaming. Além de acesso às músicas, o aplicativo sugere playlists e permite a interação com outros ouvintes. O serviço tem um período de gratuidade de um mês. Após esse tempo, é preciso pagar R$ 17,90 mensais. O valor é cobrado automaticamente por meio do cartão de crédito oferecido no momento de registro da conta. Portanto, se você não desejar fazer a assinatura, precisa cancelar o registro ainda no primeiro mês.

Napster se adaptou ao mercado de streaming — Foto: Reprodução/Daniel Dutra Napster se adaptou ao mercado de streaming — Foto: Reprodução/Daniel Dutra

Napster se adaptou ao mercado de streaming — Foto: Reprodução/Daniel Dutra

9. Apple Music

A Apple também oferece seu aplicativo de streaming para Android. Assim como a versão para iPhone (iOS), o Apple Music para o sistema operacional do Google conta com 30 milhões de músicas e uma interface simples e intuitiva. Além do streaming de músicas, é possível fazer o download para ouvi-las offline mediante assinatura. Para isso, basta clicar no sinal "+" ao lado do título escolhido. Vale lembrar que o app pode ser testado gratuitamente ao longo de um mês. Em seguida, é preciso escolher um plano de assinatura. Assim como outros serviços, há a possibilidade de escolher um pacote coletivo, além de contar com uma modalidade para universitários, com preço reduzido.

Apple, além de ter aplicativo para Android, também oferece planos diferenciados. — Foto: Reprodução/Daniel Dutra Apple, além de ter aplicativo para Android, também oferece planos diferenciados. — Foto: Reprodução/Daniel Dutra

Apple, além de ter aplicativo para Android, também oferece planos diferenciados. — Foto: Reprodução/Daniel Dutra

10. Google Play Música

Outro meio oferecido pelo Google para baixar e escutar músicas é o Google Play Música. Por meio dele, é possível acessar canções por streaming e também armazená-las em nuvem. Para ter acesso, é necessário ter uma conta no Google. A assinatura pode ocorrer por meio de dois planos: um individual e um coletivo, para até seis pessoas. Uma vantagem é que a assinatura pode ser utilizada também para o YouTube Music.

Qual é o melhor player de música? Opine no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo