Celulares

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Os celulares dobráveis são a próxima tendência no mercado mobile e diversas marcas já anunciaram seus aparelhos. O modelo chinês Royole FlexPai foi o primeiro smartphone dobrável do mundo, apresentado em outubro de 2018. Em seguida, a Samsung revelou o Galaxy Fold e fabricantes como Xiaomi e Motorola também anunciaram que estão trabalhando em modelos com a tecnologia.

Algumas empresas, por outro lado, guardaram seus lançamentos para a feira de celulares MWC 2019, em Barcelona. Huawei, TCL, Nubia e LG apresentaram propostas que incluem telefones, relógio com tela flexível, protótipos, e até uma capinha que duplica o display do LG V50 ThinQ. Conheça, a seguir, os celulares dobráveis que devem estar em breve no mercado.

Huawei Mate X é o primeiro celular dobrável da fabricante chinesa — Foto: Divulgação/Huawei

Huawei Mate X

A Huawei anunciou o seu primeiro celular dobrável durante a MWC 2019. O Huawei Mate X tem apenas uma tela flexível que conta com três modos de uso. Quando aberto, o display tem 8 polegadas, com resolução de 2.480 x 2.200 pixels. Quando fechado, ganha dois lados, sendo 6,6 polegadas (2.480 x 1.148 pixels) na parte frontal e 6,38 polegadas (2.480 x 892 pixels) na parte de trás.

Assim como o Huawei P20 Pro e Huawei Mate 20 Pro, celulares que superaram as câmeras do iPhone XS Max, o Huawei Mate X traz conjunto triplo de 40, 16 e 8 megapixels. Como o smartphone não possui sensor frontal, as câmeras traseiras são utilizadas para selfies quando a tela está fechada.

A ficha técnica do lançamento é avançada, com o processador Kirin 980, memória RAM de 8 GB e armazenamento de 512 GB, especificações que devem render bom desempenho até mesmo com apps mais pesados. A bateria é de 4.500 mAh. Assim como os demais celulares da marca, o Huawei Mate X não tem previsão para ser anunciado no Brasil. O smartphone tem preço sugerido de 2.299 euros (R$ 9.810 em conversão direta, sem impostos).

Huawei Mate X tem câmera tripla que podem ser usadas para selfies — Foto: Divulgação/Huawei

TCL

A TCL, mais conhecida no Brasil pelas suas TVs, revelou protótipos com a nova tecnologia durante a MWC 2019. Segundo o site especializado The Verge, o telefone possui uma tela flexível de 7,2 polegadas e visual similar ao Galaxy Fold. Ainda não há informações sobre quando o primeiro celular dobrável da fabricante será anunciado ao público.

TCL apresentou protótipo de celular dobrável durante MWC 2019 — Foto: Reproduçao/The Verge

Nubia Alpha

A MWC 2019 não foi palco apenas para celulares dobráveis: a Nubia, marca pertencente à ZTE, apresentou o Alpha, um relógio com tela flexível que cobre toda a extensão da pulseira. Híbrido entre telefone e smartwatch, o display tem display de 4 polegadas e resolução de 960 x 192 pixels.

O Alpha é compatível com redes 4G e permite o uso de linha telefônica por meio de um eSIM. A ficha técnica do relógio é composta pelo processador Snapdragon Wear 2100, memória RAM de 1 GB e armazenamento de 8 GB. O dispositivo ainda conta com uma câmera de 5 megapixels para selfies.

Alpha é um híbrido de celular com relógio de pulso equipado com tela flexível — Foto: Divulgação/Nubia

LG Dual Screen

Poucos dias antes da MWC 2019, o CEO da LG, Kwon Bong-seok, disse ao jornal Korea Times que ainda não é hora dos celulares dobráveis. Apesar da declaração, a fabricante não ficou de fora da tendência e anunciou o LG Dual Screen, uma capinha que duplica tela do recém-anunciado LG V50 ThinQ.

Com o acessório, o celular com tela de 6,4 polegadas ganha outro display de 6,2 polegadas. A capinha permite abrir quatro aplicativos ao mesmo tempo e permite utilizar um dos painéis como controle para jogos, entre outras funções. Ainda não há previsão de lançamento da capa e do LG V50 ThinQ no Brasil.

LG Dual Screen funciona como controle para alguns jogos de celular — Foto: Divulgação/LG

Celular com tela dobrável: conheça o primeiro smartphone com display flexível

Celular com tela dobrável: conheça o primeiro smartphone com display flexível

Mais do TechTudo