Por Juliana Gálico, para o TechTudo


A Stella 2 é uma impressora 3D fabricada no Brasil pela Boa Impressão 3D, que fica em Curitiba, capital do Paraná. O dispositivo chegou para substituir a Stella 1 e conta com uma série de alterações para garantir a construção de objetos mais precisos e definidos, segundo a marca. A fabricante propõe a impressão de uma infinidade de trabalhos, desde os mais simples, até os mais elaborados, agora com velocidade aumentada em até 25%.

O modelo está disponível para comprar por preços a partir de R$ 2.600 a partir da loja oficial da Boa Impressão 3D, valor interessante frente a concorrentes de marcas estrangeiras. Confira a seguir seis perguntas e respostas sobre a Stella 2 e saiba se a impressora é uma boa opção para você.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Impressora 3D Stella 2: saiba tudo sobre o aparelho

Impressora 3D Stella 2: saiba tudo sobre o aparelho

1. Como a Stella 2 funciona?

Para realizar as impressões 3D, a Stella conta com 3 motores de passo que movem uma extrusora em três dimensões. Também é necessário utilizar um software para decifrar os códigos da impressão. O programa indicado pelo fabricante é o Repetier Host, que traz ainda dezenas de perfis de impressão.

As peças são moldadas em uma chapa de vidro, que precisa ter um pouco de spray fixador de cabelo ou cola bastão na superfície. Desse modo, o objeto que está sendo impresso não corre o risco de se movimentar e descolar da mesa durante o processo. A impressora é enviada já montada e configurada. Para começar a imprimir, basta seguir o manual que é enviado no e-mail do comprador.

Stella 2 é fabricada no Brasil e oferece baixo custo — Foto: Divulgação/BoaImpressão3D Stella 2 é fabricada no Brasil e oferece baixo custo — Foto: Divulgação/BoaImpressão3D

Stella 2 é fabricada no Brasil e oferece baixo custo — Foto: Divulgação/BoaImpressão3D

2. O que a impressora 3D é capaz de imprimir?

A Stella 2 pode imprimir desde trabalhos simples, como miniaturas, chaveiros e brinquedos, até objetos mais complexos como maquetes e utensílios domésticos. Portanto, o usuário fica livre para abusar da imaginação e produzir suas impressões. Caso você não saiba modelar em 3D, é possível encontrar uma infinidade de projetos prontos na internet. A dimensão máxima da impressão é de 20 x 20 x 20 cm.

3. Qual é o material utilizado nas impressões?

Segundo a fabricante, a Stella 2 já foi testada com filamentos dos seguintes materiais compatíveis: PLA, PETG, Wood, Flexível (TPU) e Nylon. Ainda segundo a empresa, a impressora não trabalha com ABS, já que o aparelho racha em temperatura ambiente e não gruda na mesa de impressão. Isso acontece pois a chapa de vidro da impressora não é aquecida.

4. Quais são as especificações?

A nova Stella conta com estrutura de alumínio, ventilação inteligente silenciosa e controle de temperatura. O modelo também traz um painel LCD em português que funciona de maneira independe do computador e facilita os ajustes das funções e calibração do equipamento, que podem ser feitas em apenas dois toques. Além disso, a impressora também acompanha uma mesa de vidro para a impressão, entrada de cartão SD para transferir os arquivos e filamentos de plástico utilizados no processo.

Um dos diferenciais da Stella é sua extrusora direta. O acessório trabalha com uma distância mínima entre a tração e o depósito das camadas, evitando folgas e erros de injeção – o que deve aumentar a qualidade da impressão. A impressora pesa 6,4 kg, tem dimensões de 46 x 41 x 46 cm e consumo elétrico de cerca de 34 Wh. O aparelho também conta com bico all-metal, que suporta temperaturas de até 290ºC e mede 0,4mm.

Stella 2 vem com mesa para impressão e aceita mais de sete materiais plásticos — Foto: Divulgação/BoaImpressão3D Stella 2 vem com mesa para impressão e aceita mais de sete materiais plásticos — Foto: Divulgação/BoaImpressão3D

Stella 2 vem com mesa para impressão e aceita mais de sete materiais plásticos — Foto: Divulgação/BoaImpressão3D

5. Quais melhorias a Stella 2 apresenta se comparada à sua versão anterior?

De acordo com a fabricante, a Stella 2 conta com estrutura mais resistente em alumínio com acabamento em acrílico branco. Além de ser 25% mais rápida, também recebeu alterações que triplicaram a precisão da sonda de nivelamento, indicando que os objetos devem ficar ainda mais definidos. Outra novidade é o sistema de ventilação inteligente, que desliga automaticamente quando o bico alcança temperatura inferior aos 60º C. A impressora também ganhou um conjunto de luzes localizadas na cabeça da impressão e que podem ser controladas pelo painel LCD.

6. Qual é o preço? Existe garantia e suporte técnico?

No site oficial da fabricante é possível encontrar três kits do produto: mínimo, básico e completo. As versões estão à venda pelo preço inicial de R$ 2.600. Sendo assim, a Stella 2 pode ser considerada uma opção barata em relação a modelos estrangeiros à venda no país, como a Inventor Flashforge e a MakerBot Replicator Mini, de R$ 7.300 e R$ 8.300, respectivamente.

Além de oferecer um ano de garantia e suporte técnico vitalício, a Boa Impressão 3D também auxilia os usuários nos processos de impressão por meio de um Portal de Conhecimento com dicas e técnicas, além de acesso a um fórum para tirar dúvidas e compartilhar experiências e resultados das impressões. O suporte oferecido pela marca possibilita que a impressora 3D seja utilizada tanto por profissionais quanto por curiosos que buscam se divertir com o equipamento.

Mais do TechTudo