Atletas

Por Lucas Batista, para o TechTudo


O Brasil possui força no cenário competitivo de diversos jogos e conta com players homens e mulheres de destaque nos esports. Nicole "Cherrygumms" Merhy, Shayene "shAy" Victorio e Paula "Poulie" Monteiro são algumas pro players brasileiras que fizeram história no Rainbow Six: Siege (R6) e Counter Strike: Global Offensive (CS:GO). Confira, a seguir, quatro pro players brasileiras de destaque que já se aposentaram.

Shayene "shAy" Victorio

Shay finalizou recentemente de sua carreira profissional no Counter-Strike — Foto: Reprodução/Instagram Shay finalizou recentemente de sua carreira profissional no Counter-Strike — Foto: Reprodução/Instagram

Shay finalizou recentemente de sua carreira profissional no Counter-Strike — Foto: Reprodução/Instagram

Shayene "shAy" Victorio foi uma das profissionais mais bem-sucedidas e de carreira mais duradoura no cenário de CS:GO nacional. ShAy começou a jogar competitivamente ainda na época do CS 1.6, em 2008. A atleta atuou pela equipe feminina da MIBR, ProGaming.fe e GamersHouse.Girls. Já na edição Global Offensive, ela participou dos times femininos da paiN Gaming, Santos Dexterity, Team oNe, Bootkamp Gaming e Keyd Stars, última equipe que jogou antes de se aposentar. A rifler declarou sua aposentadoria em maio de 2019 via sua conta no Instagram, e segue fazendo streams com gameplays de CS:GO e outros games.

Nicole "Cherrygumms" Merhy

Cherry é CEO da equipe Black Dragons — Foto: Divulgação/Black Dragons Cherry é CEO da equipe Black Dragons — Foto: Divulgação/Black Dragons

Cherry é CEO da equipe Black Dragons — Foto: Divulgação/Black Dragons

Nicole "Cherrygumms" Merhy é um dos maiores nomes dos esportes eletrônicos no Brasil. Cherry começou sua carreira em 2014 com apenas 17 anos, quando jogava Quake 3 Arena pela Black Dragons. Já em 2016, Cherry passou a jogar Rainbow Six: Siege pela mesma equipe e investiu não só em sua carreira, mas também no crescimento da organização, tornando-se CEO da Black Dragons e deixando de ser pro player.

Sob o comando de Cherrygumms, a Black Dragons tornou-se uma das organizações de esportes eletrônicos mais tradicionais do país. No Rainbow Six, carro-chefe dos Dragões, a equipe venceu a primeira season do Brasileirão 2017, enquanto a equipe de Crossfire se sagrou bicampeã mundial em 2017 e 2018.

Hassana "nanah" Hammond

Nanah (primeira, da esquerda à direita) atuou ao lado de shAy (quarta) em diversos torneios — Foto: Divulgação/Bootkamp Nanah (primeira, da esquerda à direita) atuou ao lado de shAy (quarta) em diversos torneios — Foto: Divulgação/Bootkamp

Nanah (primeira, da esquerda à direita) atuou ao lado de shAy (quarta) em diversos torneios — Foto: Divulgação/Bootkamp

Ex-companheira de shAy na Bootkamp, Hassana "nanah" Hammond deixou de atuar profissionalmente desde que a line up da BK se desfez. Sem receber propostas, a ex-pro player ficou como agente livre por um período, até que resolveu se aposentar. Apesar disso, Nanah sempre obteve bons resultados enquanto jogadora da Bootkamp, faturando a Liga Feminina da GamersClub dos meses de março, maio e agosto de 2018.

Paula "Poulie" Monteiro

Poulie foi jogadora de CS:GO e PUBG antes de se aposentar — Foto: Reprodução/Felipe Guerra Poulie foi jogadora de CS:GO e PUBG antes de se aposentar — Foto: Reprodução/Felipe Guerra

Poulie foi jogadora de CS:GO e PUBG antes de se aposentar — Foto: Reprodução/Felipe Guerra

Começando sua carreira como jogadora de CS:GO em 2014, Paula "Poulie" Monteiro é conhecida por também ser narradora. Poulie é a voz oficial dos jogos da Liga Feminina da GamersClub desde 2018, período em que também jogava PlayerUnknown's Battlegrounds (PUBG) competitivamente. No fim de 2018, Paula deixou oficialmente de atuar como pro player para focar na narração e nas streams. Enquanto atleta de CS:GO, a narradora passou pelas equipes 2Kill Gaming, VTi Gaming e São Paulo eSports, e atuou pela Brasil Gaming House eSports no PUBG.

Mais do TechTudo