Internet

Por Gabrielle Ferreira, para o TechTudo


Os hábitos online mudam com a estreia de novos produtos. Enquanto hoje em dia as redes sociais em alta são o Instagram e o Facebook, as plataformas populares do passado foram outras, como o Orkut e o MSN. Fazer chamadas de vídeos a qualquer hora, usar emojis e figurinhas para se expressar sem palavras e "conversar" com assistentes virtuais são algumas das novas formas de se comunicar, que seriam inconcebíveis antes. Confira, a seguir, alguns dos hábitos atuais da Internet que soariam estranhos cinco anos atrás.

Redes sociais que (quase) todo mundo já usou

Redes sociais que (quase) todo mundo já usou

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Flertar curtindo foto antiga no Instagram

O Instagram foi criado em 2012 e conquistou um grande número de usuários até chegar à marca de 1 bilhão de perfis ativos por mês. Como consequência, a rede social se tornou um dos recursos para o flerte virtual. Uma das formas de se demonstrar interesse online é curtindo fotos antigas, para que o usuário seja notificado da atividade e descubra que estavam visitando e analisando seu perfil.

Curtir fotos antigas do Instagram pode ser sinal de interesse — Foto: Carolina Oliveira/TechTudo Curtir fotos antigas do Instagram pode ser sinal de interesse — Foto: Carolina Oliveira/TechTudo

Curtir fotos antigas do Instagram pode ser sinal de interesse — Foto: Carolina Oliveira/TechTudo

2. Esperar o crush publicar Stories para puxar assunto

O Stories permite fazer posts efêmeros que ficam no ar por somente 24h. A proposta da ferramenta é mais espontânea e simples do que as publicações no feed, e costuma ser usada para postagens diárias. A opção de responder o Stories do crush por Direct pode ser uma oportunidade para puxar assunto a partir de um tema geralmente relacionado ao post do usuário. Redes como Facebook e WhatsApp também adotaram a funcionalidade, "emprestada" do Snapchat.

Os Stories do Instagram é uma ótima forma para puxar assuntos com as pessoas — Foto: Carolina Oliveira/TechTudo Os Stories do Instagram é uma ótima forma para puxar assuntos com as pessoas — Foto: Carolina Oliveira/TechTudo

Os Stories do Instagram é uma ótima forma para puxar assuntos com as pessoas — Foto: Carolina Oliveira/TechTudo

3. Deixar de sair de casa para fazer maratona de série

A chegada da Netflix ao Brasil permitiu assistir a séries e filmes online com facilidade. Com a criação de conteúdos próprios de alto nível e a compra de diversas séries renomadas, sair de casa virou uma segunda opção em relação à possibilidade de se passar o dia assistindo a séries na Netflix. Claro que isso tudo se tornou possível graças à melhoria da conexão da Internet no país.

Maratonas de série se tornaram possíveis com a chegada da Netflix ao Brasil — Foto: Raissa Delphim/TechTudo Maratonas de série se tornaram possíveis com a chegada da Netflix ao Brasil — Foto: Raissa Delphim/TechTudo

Maratonas de série se tornaram possíveis com a chegada da Netflix ao Brasil — Foto: Raissa Delphim/TechTudo

4. Ficar de olho na última vez que uma pessoa entrou na Internet

Funcionalidade popular em mensageiros, o "visto por último" e confirmação de leitura de mensagem mudaram a forma de stalkear pessoas na rede. O recurso permite conferir a última vez em que o usuário acessou o serviço, além de saber se ele está usando o aplicativo no momento por meio do status online. A ferramenta é muito usada por pessoas que desejam saber se seu crush está online, e até por pais que desejam vigiar seus filhos.

Símbolo de "visto pela última vez" no WhatsApp — Foto: Luciana Maline/TechTudo Símbolo de "visto pela última vez" no WhatsApp — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Símbolo de "visto pela última vez" no WhatsApp — Foto: Luciana Maline/TechTudo

5. Fazer chamadas de vídeo a qualquer hora e em qualquer lugar

Diversos aplicativos foram criados nos últimos anos para permitir a realização de chamadas de vídeo a qualquer momento, com ótimas condições de resolução e áudio. Seja através do uso do Wi-Fi ou das redes móveis, fazer ligações nunca foi tão fácil como atualmente.

Um dos aplicativos mais utilizados para tal finalidade é o WhatsApp, que oferece chamadas de vídeo e de áudio em grupo ou no privado. O Google criou um app específico para esse fim, o Google Duo, que já vem automaticamente instalado nos celulares Android. Antigamente somente o Skype era conhecido para uso dessa função, principalmente, em ambientes corporativos.

Com o WhatsApp é possível fazer chamadas e vídeo a qualquer momento — Foto: Divulgação/WhatsApp Com o WhatsApp é possível fazer chamadas e vídeo a qualquer momento — Foto: Divulgação/WhatsApp

Com o WhatsApp é possível fazer chamadas e vídeo a qualquer momento — Foto: Divulgação/WhatsApp

6. Ficar horas jogando no celular (até sentir dor no pescoço)

A criação de celulares mais potentes e com maior espaço de armazenamento facilitou o download de diversos jogos ao mesmo tempo no dispositivo. Lojas de aplicativo, como Google Play e App Store, oferecem games de diferente categorias e classificações etárias para todos os gostos.

Crianças e jovens agora passam muitas horas seguidas jogando no celular (em casa, no ônibus, quando sai com amigos etc), hábito muito diferente de alguns anos atrás. Jogos como Candy Crush, Flappy Bird e Pokemon GO se tornaram febre na Internet.

Jogos de celular se popularizaram nos últimos anos — Foto: Vanessa Thees/TechTudo Jogos de celular se popularizaram nos últimos anos — Foto: Vanessa Thees/TechTudo

Jogos de celular se popularizaram nos últimos anos — Foto: Vanessa Thees/TechTudo

7. Ter todas as fotos salvas, mas sem ocupar espaço no celular

Apesar de os celulares mais recentes contarem com maior capacidade de armazenamento, é popular recorrer a alternativas de upload na nuvem para salvar fotos e economizar memória do aparelho. Celulares Android vêm com o Google Fotos já instalado, ferramenta para guardar imagens e vídeos online sem de fato ocupar espaço no dispositivo.

Google Fotos permite salvar fotos na nuvem e economizar memória do celular — Foto: Ana Marques/TechTudo Google Fotos permite salvar fotos na nuvem e economizar memória do celular — Foto: Ana Marques/TechTudo

Google Fotos permite salvar fotos na nuvem e economizar memória do celular — Foto: Ana Marques/TechTudo

8. Falar tudo sem usar palavras

Os emojis e os GIFs se popularizaram por toda a Internet e foram adotados pelos usuários como uma forma de comunicação rápida e divertida. Agora é possível construir conversas inteiras sem a utilização de uma única palavra, utilizando apenas elementos visuais. O WhatsApp é o local preferido para usá-los, permitindo enviar GIFs, emojis e figurinhas.

As figurinhas são o novo fenômeno do WhatsApp — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo As figurinhas são o novo fenômeno do WhatsApp — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo

As figurinhas são o novo fenômeno do WhatsApp — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo

9. Conversar com o celular e outros aparelhos eletrônicos

Assistentes virtuais estão cada vez mais inteligentes. A Google Assistente, por exemplo, permite ordenar diversas funções por meio de comandos de voz, sem precisar mais vasculhar o celular para realizar as atividades.

Dizer o nome de sites que deseja acessar, pedir para reproduzir determinada música, abrir aplicativos e até conversar e pedir conselhos para "pessoas" virtuais se tornou possível. Nos aparelhos iOS a assistente virtual da Apple se chama Siri. Para ativá-la, basta dizer um "E aí, Siri" e ela automaticamente responderá aos comandos.

Siri e outras assistentes virtuais se tornaram ocmuns — Foto: Marvin Costa/TechTudo Siri e outras assistentes virtuais se tornaram ocmuns — Foto: Marvin Costa/TechTudo

Siri e outras assistentes virtuais se tornaram ocmuns — Foto: Marvin Costa/TechTudo

10. Gastar horas assistindo a vídeos curtos sem parar

Plataformas de vídeo como YouTube e o TikTok tomaram conta da Internet com clipes curtos. Com a atual facilidade de se gravar e postar vídeos, se tornou comum passar horas assistindo a vários vídeos, pulando de sugestão em sugestão da plataforma. O Facebook também é um grande fenômeno de vídeos de curta duração, com uma sistema que reproduz um clipe após o outro — quando o usuário se dá conta, ele já gastou horas consumindo esses conteúdos.

Qual a sua rede social favorita? Opine no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo