Campeonatos

Por Lucas Batista, para o TechTudo


FIFA é uma franquia de simulação de futebol com grande sucesso comercial produzida pela EA Sports. Com uma grande comunidade de jogadores casuais, o game desenvolveu um cenário competitivo que conta com um calendário de torneios amplo. Porém, nem sempre as coisas correm da forma que deveriam. Bugs do game, nervosismo dos jogadores e tentativa de forjar documentos estão entre os motivos de polêmicas nos campeonatos. Confira, a seguir, cinco casos polêmicos envolvendo FIFA e seus torneios de esports.

Eliminação do Pedro Resende na FUT Champions Cup

Pedro Resende rasga elogios aos colegas brasileiros — Foto: Divulgação/EA Sports Pedro Resende rasga elogios aos colegas brasileiros — Foto: Divulgação/EA Sports

Pedro Resende rasga elogios aos colegas brasileiros — Foto: Divulgação/EA Sports

Durante uma partida válida pela FUT Champions Cup, o brasileiro Pedro Resende perdia por 3-2 para o pro player britânico Fully, já na prorrogação. Nesta etapa do jogo, ocorreu um bug que causava a troca indesejada de posição entre os jogadores dos times. Em um lance em que a falha não aconteceu, Pedro empatou o placar em 3-3, levando o jogo para os pênaltis. A EA interviu na partida, reiniciando o jogo a partir do momento em que a falha havia acontecido pela primeira vez. Após isso, nenhum dos dois jogadores conseguiram marcar gols e a partida terminou com vitória britânica.

Isso foi motivo de protestos na comunidade, visto que o bug acontecia com certa frequência durante os jogos desde o lançamento do game. Além disso, o lance do gol de empate especificamente não foi influenciado pela falha, fazendo com que Pedro e seus fãs se sentissem prejudicados. A decisão não foi modificada, e Fully avançou na competição.

Gamer alemão abandona partida em andamento no Pré-Mundial

DrErhano abandonou uma partida em andamento, frustrado pela desclassificação — Foto: Divulgação/Gfinity DrErhano abandonou uma partida em andamento, frustrado pela desclassificação — Foto: Divulgação/Gfinity

DrErhano abandonou uma partida em andamento, frustrado pela desclassificação — Foto: Divulgação/Gfinity

Não é raro ver jogadores ficando nervosos e deixando partidas em andamento, ato conhecido na comunidade como "ragequit". Como em campeonatos oficiais há prêmios em jogo, é mais difícil disso acontecer. Porém, esse foi o caso de Erhan "DrErhano" Kayman, pro player alemão, que deu ragequit durante uma partida válida pelo Pré-Mundial de FIFA18. O jogador estava perdendo e sendo eliminado mas poderia ganhar o equivalente a R$ 4 mil caso se classificasse.

DrErhano havia perdido as três partidas anteriores e teria de vencer para seguir no torneio. Em seu quarto jogo, o alemão estava perdendo pelo placar de 4 a 2, até que desistiu totalmente e abandonou o game. Com isso, o pro player foi eliminado do torneio.

Paulo Neto desclassificado da eNations Cup por alteração de idade

Paulo Neto é o representante brasileiro do PS4 na eNations Cup — Foto: Twitter/SPQR Paulo Neto é o representante brasileiro do PS4 na eNations Cup — Foto: Twitter/SPQR

Paulo Neto é o representante brasileiro do PS4 na eNations Cup — Foto: Twitter/SPQR

Classificado para a eNations Cup de FIFA19, Paulo "Pauloneto999" Neto foi desclassificado da competição por uma suposta alteração de sua data de nascimento. A organizadora do evento declarou que ele havia forjado o cadastro para se passar por maior de 16 anos, idade mínima para a participação no torneio e não completada por Paulo até a inscrição na competição. O pro player brasileiro se defendeu, afirmando que não foi informado pela EA da restrição. O substituto de Paulo Neto foi Victor "Tore" Santos, jogador registrado pelo Ajax Esports.

Trapaça que impedia derrotas na Weekend League

Pela Weekend League se ganha acesso às competições oficiais da EA — Foto: Reprodução/Julio César Puiati Pela Weekend League se ganha acesso às competições oficiais da EA — Foto: Reprodução/Julio César Puiati

Pela Weekend League se ganha acesso às competições oficiais da EA — Foto: Reprodução/Julio César Puiati

Alcançar 27 vitórias em 30 jogos na Weekend League é um dos requisitos para que seja possível jogar profissionalmente a FUT Champions Cup, torneio organizado pela EA Sports. Com essa modalidade de jogo sendo importante para a classificação, qualquer erro nela afeta os torneios em si. Durante um período do FIFA19, era possível desligar o console durante a partida e, assim, evitar a derrota, que deixava de ser contabilizada. Após apelos da comunidade, a produtora do game corrigiu o bug.

Goleiro defendendo com a mão fora da área

O goleiro de Nicolas99FC espalmou um chute de fora da área sem sofrer expulsão — Foto: Divulgação/EA Sports O goleiro de Nicolas99FC espalmou um chute de fora da área sem sofrer expulsão — Foto: Divulgação/EA Sports

O goleiro de Nicolas99FC espalmou um chute de fora da área sem sofrer expulsão — Foto: Divulgação/EA Sports

Na final da chave de PlayStation 4 da FUT Champions Cup, Nicolas "Nicolas99FC" Villalba e Mohammed "MoAuba" Harkous estavam empatando no agregado em 4-4, tendo MoAuba vencido a primeira partida por 3-1 enquanto Nicolas99FC repetia o placar no segundo embate. Em um contra-ataque, o atacante de MoAuba saiu na cara de Neuer, goleiro usado por Nicolas, e finalizou para a defesa do goleiro, que estava fora da área. O jogo marcou a falta mas, segundo as regras do futebol, impedir chance clara de gol com a mão deve ser penalizado com o cartão vermelho. A partida não parou e Nicolas saiu vencedor, com o lance podendo ter alterado o andamento do jogo.

Via Reddit

Mais do TechTudo