Por Juliana Gálico, para o TechTudo


Fones JBL com preços mais em conta e aparência idêntica aos originais podem acabar chamando a atenção dos consumidores brasileiros. Alguns exemplares recebem o nome de “réplica” em sua embalagem, denunciando que o produto é uma cópia. No entanto, muitos usuários são enganados por fabricantes piratas, acreditando que o produto é original.

Pensando nisso, o TechTudo reuniu algumas dicas para ajudar a descobrir se um fone é original ou falsificado. Vale ressaltar que a principal forma de evitar golpes é optar por um vendedor confiável, ou comprar direto na loja da fabricante.

Quer comprar um fone de ouvido barato? Encontre os melhores preços no Compare TechTudo

Fone de ouvido: cinco dicas para conservar melhor o acessório

Fone de ouvido: cinco dicas para conservar melhor o acessório

1. Conferir as informações na caixa do produto

Esse é o primeiro passo para checar se o dispositivo é original. A parte inferior das embalagens da JBL traz textos e códigos de barras que não encontramos nas réplicas. Busque por vídeos de unboxing e imagens da caixa original para comparar com a do produto que você pretende adquirir. Se a compra for feita pela Internet, vale pedir ao vendedor uma foto da embalagem e ficar atento à qualidade de impressão da imagem no papelão, além de possíveis alterações no nome do produto original e da fabricante.

Verificar embalagens pode ajudar a identificar falsificações — Foto: Raquel Freire/TechTudo Verificar embalagens pode ajudar a identificar falsificações — Foto: Raquel Freire/TechTudo

Verificar embalagens pode ajudar a identificar falsificações — Foto: Raquel Freire/TechTudo

2. Checar no site oficial da JBL se o fone está à venda

Também é importante conferir se o aparelho escolhido está disponível no catálogo da fabricante ou se já saiu de linha. A JBL apresenta diversas informações referentes aos seus produtos, como design, qualidade de som, recursos e preço. Para ter certeza de que o dispositivo a ser comprado é original é importante observar no site oficial da marca as especificações e os acessórios que acompanham o dispositivo, conferindo se correspondem com o fone escolhido.

Caso as informações não sejam compatíveis, ou se vendedor não quiser disponibilizar esses dados, pode ser um modelo falsificado. Algumas vezes, as réplicas podem até dispor de mais cores ou funções que os originais, como entrada para cartões microSD, por exemplo.

3. Acabamento

Outro ponto a ser observado é a integridade dos produtos. Geralmente, os dispositivos falsificados não apresentam um acabamento tão minucioso e bem feito quanto os originais. Pintura descascando ou mal feita, assim como conectores e botões tortos são alguns dos aspectos que podem acusar se o fone é ou não uma réplica. Se a compra for feita pela Internet, pode ser mais difícil observar esses detalhes, mas vale solicitar ao vendedor fotos em alta resolução para diminuir as chances de adquirir um produto que não seja original.

Fique atento ao acabamento e detalhes dos fones — Foto: Divulgação/JBL Fique atento ao acabamento e detalhes dos fones — Foto: Divulgação/JBL

Fique atento ao acabamento e detalhes dos fones — Foto: Divulgação/JBL

4. Vendedores confiáveis

Para tornar sua compra mais segura, é melhor optar por realizá-la no site oficial da JBL ou de varejistas conhecidos e confiáveis, lembrando sempre que alguns sites conhecidos oferecem terceirização de produtos e serviços. Os sites de leilão também são uma opção, mas é importante atentar à reputação dos vendedores. Para isso, procure avaliações de outros usuários que já realizaram a compra, além de optar por serviços que ofereçam reembolso caso o consumidor seja lesado.

5. Preço

Desconfie de preços muito abaixo da média. Esse é o quesito que mais chama atenção à primeira vista, já que uma réplica pode ser consideravelmente mais em conta do que um dispositivo original. Por exemplo: no site oficial do fabricante, o fone JBL Tune 210 está à venda por R$ 99. É possível encontrar a réplica do produto por cerca de R$ 25 em lojas online, ou seja, aproximadamente quatro vezes mais em conta que o aparelho original.

Valores muito abaixo da média denunciam réplicas do fone T210 da JBL  — Foto: Divulgação/JBL Valores muito abaixo da média denunciam réplicas do fone T210 da JBL  — Foto: Divulgação/JBL

Valores muito abaixo da média denunciam réplicas do fone T210 da JBL — Foto: Divulgação/JBL

6. Qualidade de som

Caso a compra seja feita presencialmente, teste a qualidade de som do aparelho e confira se o áudio está limpo ou se há ruídos e chiados. É certo que os fones originais não estão isentos de apresentar qualquer tipo de defeito, mas eles também devem ser coerentes com as especificações da JBL. Se um aparelho tenha um desempenho muito diferente do prometido, provavelmente é falsificado.

Mais do TechTudo