Por Tais Carvalho, para o TechTudo


O ano de 2019 traz grandes promessas para o gênero do terror nos games, como a sequência de Layers of Fear e uma experiência horripilante pela cidade abandonada de Chernobyl. Enquanto esses títulos ainda estão por vir, Resident Evil 2 Remake e Pacify abrem o ano para os jogos de terror no PC, junto com games que mesclam sobrevivência, momentos sombrios e até mesmo os clássicos zumbis. Confira os melhores jogos de terror para PC já lançados este ano.

Resident Evil 2 Remake

O primeiro jogo a passar pela linha de largada também foi um dos títulos mais aguardados pelos fãs em 2019. Resident Evil 2 Remake, a versão refeita do clássico de PlayStation, foi lançada em janeiro para PC (Steam) e consoles com gráficos atualizados e algumas mudanças, além de uma nova perspectiva em terceira pessoa, similar a usada em Resident Evil 4. Contudo, o game não deixou de lado todos os elementos que o firmaram entre os títulos consagrados da Capcom.

Remake de Resident Evil 2 — Foto: Divulgação/Steam Remake de Resident Evil 2 — Foto: Divulgação/Steam

Remake de Resident Evil 2 — Foto: Divulgação/Steam

O game acompanha a trama do policial Leon Kennedy e da estudante Claire Redfield em Racoon City, onde uma epidemia de um vírus causa o caos e transforma os moradores em zumbis. A história segue o enredo original, e cada personagem tem sua própria campanha, mas adiciona pequenas mudanças e uma série de surpresas ao longo do game.

Pacify

Entre os jogos de terror multiplayer, Pacify mostrou que é possível usar a mesma fórmula, se for bem-feita e com conteúdo. O game dos mesmos criadores do popular Emily Wants to Play traz uma aventura em uma casa mal assombrada, com suporte para até quatro jogadores em modo competitivo ou cooperativo. Embora não tenha uma história ou gameplay tão original, o game traz o dobro de diversão por um preço baratinho, além de ter planos para adicionar mais modos no futuro.

Pacify — Foto: Reprodução/Tais Carvalho Pacify — Foto: Reprodução/Tais Carvalho

Pacify — Foto: Reprodução/Tais Carvalho

Em Pacify, os jogadores assumem o papel de investigadores cujo objetivo é analisar eventos sobrenaturais que estão ocorrendo em uma antiga funerária. Sozinho ou em grupo, devem encontrar os itens certos para fugir do local e sobreviver a uma entidade maligna que ronda a casa.

Yuppie Psycho

Yuppie Psycho é um jogo que prova como o primeiro dia de trabalho pode ser, literalmente, infernal. O jogo é desenvolvido pelo estúdio independente Baroque Decay, criadores de The Count Lucanor, um game inspirado em clássicos como Zelda e Silent Hill. Yuppie Psycho é um jogo que se inspira no terror do ambiente corporativo para trazer uma aventura violenta e surreal. Além de chamar a atenção pelo visual 2D em estilo anime, o jogo conta com trilha sonora de Michael Kelly, o mesmo compositor de VA-11 Hall-A: Cyberpunk Bartender Action.

Yuppie Psycho — Foto: Divulgação/Steam Yuppie Psycho — Foto: Divulgação/Steam

Yuppie Psycho — Foto: Divulgação/Steam

O protagonista de Yuppie Psycho é Brian Pasternack, um jovem que vive em uma sociedade distópica, sem muita perspectiva de futuro. Em seu primeiro dia de trabalho, em uma das maiores empresas do mundo, Pasternack descobre que sua função não é bem o que ele esperava: ele deve matar uma "bruxa" que amaldiçoou os funcionários da corporação.

Lorelai

Lorelai é o capítulo final da trilogia "Devil Went Through Here", junto com The Cat Lady e o remake de Downfall. Desenvolvido por Rem Michalski, o game traz o terror psicológico e grotesco característico da série para o PC (Steam) com gráficos aprimorados, trilha sonora impactante e temas pesados, incluindo violência explícita, abuso e suicídio. A combinação cria uma atmosfera perturbadora e chocante, feita com carinho para agradar não apenas os fãs da saga, mas os de jogos de horror em geral.

Lorelai — Foto: Reprodução/Tais Carvalho Lorelai — Foto: Reprodução/Tais Carvalho

Lorelai — Foto: Reprodução/Tais Carvalho

Lorelai é uma aventura de terror que conta a história de uma jovem de mesmo nome. Na tentativa de escapar dos horrores da sua relação familiar, Lorelai vê o seu mundo desmoronar. Ao perder tudo, ela terá que lutar com a personificação do mal para recuperar a sua vida.

World War Z

Apesar de não ter o terror como foco principal, World War Z coloca os jogadores contra hordas de zumbis horripilantes e garante uma boa dose de sustos e muito pânico nos PCs e consoles. O game, que é baseado no livro e filme "Guerra Mundial Z", foi desenvolvido pelo estúdio Saber Interactive em parceria com a Focus Home Interactive. A versão de PC está disponível exclusivamente na loja da Epic Games.

World War Z — Foto: Divulgação/Epic Games Store World War Z — Foto: Divulgação/Epic Games Store

World War Z — Foto: Divulgação/Epic Games Store

Com partidas multiplayer para até quatro pessoas, em World War Z os jogadores enfrentam incontáveis mortos-vivos no melhor estilo Left 4 Dead. O ritmo de jogo é frenético, acelerado e repleto de momentos de ação e desespero para quem curte terror com zumbis e monstros.

Metro Exodus

Metro Exodus também não tem o terror como tema central, mas a série sempre soube usar o suspense e o desespero para criar uma atmosfera assustadora. O game é o terceiro da série de tiro inspirada na saga de livros de Dmitry Glukhovsky. O jogo em primeira pessoa traz uma Rússia pós-apocalítica em guerra, desenvolvida pela 4A Games em parceria com a Deep Silver. No PC, o jogo foi removido do Steam para se tornar exclusivo da loja virtual da Epic Games até o ano de 2020.

Metro Exodus — Foto: Divulgação/Epic Games Store Metro Exodus — Foto: Divulgação/Epic Games Store

Metro Exodus — Foto: Divulgação/Epic Games Store

Metro Exodus continua a história direta a partir de Last Light. Os jogadores acompanham novamente a jornada do protagonista Artyom que, com sua esposa Anna, partem em uma jornada para fora do metrô de Moscou em busca de um novo lar.

A Plague Tale: Innocence

A Plague Tale: Innocence traz o horror em uma viagem que retrata os momentos mais sombrios da história. Os protagonistas são Amicia e seu irmão menor Hugo, que são perseguidos pela inquisição enquanto o Reino da França é devastado por uma epidemia. Hordas de ratos, doenças e horrores indescritíveis serão obstáculos difíceis de superar em seu caminho. E os dois terão apenas um ao outro para sobreviver.

A Plague Tale: Innocence — Foto: Divulgação/Steam A Plague Tale: Innocence — Foto: Divulgação/Steam

A Plague Tale: Innocence — Foto: Divulgação/Steam

Qual o melhor game de terror? Opine no Fórum do TechTudo!

Mais do TechTudo