Caixas de som

Por Paulo Alves, para o TechTudo


Caixas de som são uma opção interessante para ouvir suas músicas preferidas no dia a dia, ou até em festas, por exemplo. Com diferentes características e especificações, esses aparelhos são usados de diversas formas, e, dependendo de como isso acontece, podem vir a apresentar problemas a longo prazo. Para evitar esse tipo de situação, é importante prestar atenção a algumas práticas.

Muitos erros estão relacionados a maneiras equivocadas de limpar seu equipamento, ou até ao local onde o aparelho fica quando não está sendo utilizado. Outro ponto é o cuidado logo ao adquirir ao produto, o que pode evitar dor de cabeça no futuro. Confira a seguir seis coisas que você não deve fazer com a caixa de som.

Quer comprar uma caixa de som barata? Encontre os melhores preços no Compare TechTudo

Veja dicas de coisas que não se deve fazer para preservar uma caixa de som — Foto: Aline Batista/TechTudo Veja dicas de coisas que não se deve fazer para preservar uma caixa de som — Foto: Aline Batista/TechTudo

Veja dicas de coisas que não se deve fazer para preservar uma caixa de som — Foto: Aline Batista/TechTudo

1. Fazer limpeza com líquidos

Não use nenhum tipo de líquido ao limpar sua caixa de som. Água e materiais solventes, principalmente, podem danificar os componentes internos da caixa e impedir os cones internos de se mexer corretamente para produzir som. É preciso ter cuidado até mesmo com caixas que têm certificação IPX7: apesar de serem protegidas contra água, líquidos corrosivos usados na limpeza podem desgastar o produto por dentro ao longo do tempo.

É recomendado utilizar flanela ou microfibra secas na limpeza. Na falta de uma delas, camisas de algodão também servem, desde que sejam macias. Não use papel ou outro material que possa deixar restos entrarem na grade do alto-falante.

2. Expor à poeira

Os componentes internos da caixa de som não lidam bem com poeira. Detritos que se acumulam nas entranhas do alto-falante podem impedir o movimento adequado dos cones e, com o tempo, prejudicar a emissão de som. Por isso, é importante evitar guardá-la em ambientes empoeirados ou expostos à areia. Se a ideia for escutar música na praia, opte por modelos com certificação IP67 ou IP68, que, além de água, garantem proteção contra poeira.

Caixas de som precisam de certificação para garantir resistência a água e poeira — Foto: Reprodução/Mercado Livre Caixas de som precisam de certificação para garantir resistência a água e poeira — Foto: Reprodução/Mercado Livre

Caixas de som precisam de certificação para garantir resistência a água e poeira — Foto: Reprodução/Mercado Livre

3. Repousar em superfície metálica

Deixar a caixa de som em contato com metal condutor de eletricidade ou ímã pode afetar o eletroímã que compõe o hardware do aparelho. Para preservar os componentes magnéticos do equipamento e prolongar o funcionamento, é importante deixar a caixa repousada sobre outro tipo de material, como madeira ou plástico, por exemplo.

4. Sujeitar ao calor

Altas temperaturas podem derreter a cola que agrupa componentes internos da caixa, especialmente em modelos baratos e sem design térmico bem feito. Por isso, evite deixar a caixa em contato direto com luz do sol e posicione o aparelho de modo a permitir boa ventilação, sem bloquear eventuais saídas de ar.

Se for usar a caixa em ambientes abertos, procure deixar o aparelho na sombra e em local arejado — Foto: Divulgação/Bose Se for usar a caixa em ambientes abertos, procure deixar o aparelho na sombra e em local arejado — Foto: Divulgação/Bose

Se for usar a caixa em ambientes abertos, procure deixar o aparelho na sombra e em local arejado — Foto: Divulgação/Bose

5. Limpar cones com força

Imprimir força sobre os cones que produzem som, na parte interna dos alto-falantes, pode estragar a caixa para sempre. Se a grade for removível e for possível fazer limpeza interna, é preciso realizar o procedimento com cuidado para não amassar os drivers responsáveis por emitir o áudio. Essa precaução independe do material utilizado no componente: seja papel, plástico ou metal, os cones podem ser danificados com muita facilidade.

6. Deixar parada depois de comprar

Não deixe uma caixa de som sem uso em casa logo depois de comprar. Uma das melhores maneiras de saber se uma caixa de som não tem defeito de fábrica é aplicando teste de estresse. Assim que puder, deixe o equipamento ligado por 24 horas direto e verifique se não há falha no funcionamento durante o período, como áudio chiado ou som estourado. Em caso de problemas, geralmente ainda haverá tempo de devolver o produto à loja.

Qual é a melhor caixa de som Bluethooth? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo