Bitcoin e moedas virtuais

Por Mirella Stivani, para o TechTudo


O Bitcoin e outras criptomoedas voltaram a ser o assunto da vez com o anúncio do Facebook da nova moeda virtual Libra, prevista para lançamento em 2020. Não se sabe exatamente a origem do Bitcoin. A moeda virtual mais valorizada atualmente foi criada em 2009 por Satoshi Nakamoto — pseudônimo de um autor ou grupo. A estimativa é que hoje em dia haja mais de 16 milhões de Bitcoins em circulação. Confira a seguir respostas para algumas dúvidas comuns sobre a criptomoeda e sua tecnologia.

Lista esclarece dúvidas sobre Bitcoin — Foto: Divulgação/FISL

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

O que é o Bitcoin?

O Bitcoin é uma moeda virtual que funciona apenas no ambiente web e não precisa de bancos ou aprovação do governo para validar sua existência. A moeda permite enviar e receber qualquer quantia de dinheiro sem cobrança de taxas e em pouco tempo, independentemente do país do usuário. Apesar da crescente popularidade da moeda virtual para serviços ou produtos online, o Bitcoin não costuma ser aceito em lojas.

A criação dos Bitcoins é realizada num processo chamado de mineração. Computadores especializados rodam um software que executa milhões de cálculos matemáticos criptografados a fim de criar a moeda. Cada vez que o processo de mineração torna-se mais complexo, o valor de compra e venda do Bitcoin aumenta.

Bitcoin precisa de carteira virtual para ser armazenada — Foto: Melissa Cruz/TechTudo

Como são feitas as transações?

Para fazer uma transação com a moeda digital, você primeiro precisa baixar um aplicativo que funcione como uma carteira de Bitcoin. Apenas por meio do programa é possível acessar os endereços das moedas e, então, realizar as transações criptografadas.

Todo o processo realizado com as moedas fica salvo na Blockchain, espécie de registro geral do Bitcoin. Vale ressaltar que, apesar de existir este registro, os gastos e transações são feitos de forma anônima, pois as carteiras são reconhecidas por número, e não pelo nome do usuário.

Os Bitcoins podem ser armazenados também offline, como no disco rígido de um computador pessoal. Esse processo dificulta o roubo de moedas feito pelos criminosos virtuais. A desvantagem é que, se algo acontecer com o computador, as criptomoedas serão perdidas definitivamente.

Blockchain é o processo que valida e origina a Bitcoin — Foto: Jaume de Oleza/Wikipedia Creative Commons

Como comprar Bitcoins?

Os Bitcoins não estão vinculados aos bancos tradicionais, mas você pode comprá-los de vendedores ou em casas de câmbio. O pagamento pode ser realizado com dinheiro "real". Outra forma de conseguir a criptomoeda é oferecendo serviços na Internet e aceitando Bitcoin como pagamento.

Também é possível criar criptomedas pelo computador, mas dificilmente isso pode ser feito em uma máquina comum, pois o processo de mineração gera altos custos com energia e manutenção, além da necessidade de obter softwares especializados. Com um computador comum, a criação de um único Bitcoin pode levar anos. Justamente por isso, uma prática comum (e ilegal) é usar o computador de outras pessoas para conseguir o dinheiro virtual. Nesse tipo de golpe, chamado de Cryptojacking, um malware é instalado no computador das vítimas para explorar os recursos do computador ou celular para gerar as moedas. Em alguns casos, esse processo ocorre sem vírus, apenas incluindo um código malicioso em um site.

Alguns sites e aplicativos distribuem gratuitamente fragmentos de Bitcoins, chamados de Satoshis. (um Bitcoin equivale a cem milhões de Satoshis). Para juntar os fragmentos, você deve seguir as regras de cada site.

Bitcoin tem segurança baseada na tecnologia blockchain — Foto: Divulgação/Bitcoin

O Bitcoin é seguro?

Copiar ou criar Bitcoins falsos é um processo bem complicado, então a moeda virtual pode ser considerada segura. Além disso, como todas as transações são gravadas no Blockchain, caso alguma fraude ocorra, é fácil rastrear o criminoso responsável pelo crime.

Mas nenhum usuário está totalmente a salvo de ter sua carteira de Bitcoins roubada por hackers. Se as moedas estiverem guardadas no computador, caso ocorra algum tipo de pane na máquina, todos os Bitcoins podem ser deletados e não há como recuperá-los.

Como investir em Bitcoins e por quê? Tire dúvidas no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo