Redes sociais
Publicidade

Por Fernanda Lutfi, para o TechTudo


As mensagens de texto são responsáveis por grande parte da comunicação atualmente. Esta forma de se expressar começou a ganhar força no final da década de 1990 e início dos anos 2000 com o surgimento do ICQ e do MSN, duas ferramentas que foram muito utilizadas pelos jovens e que são o ponto inicial da evolução das mensagens, que será abordada nesta matéria. O MSN, por exemplo, já disponibilizava recursos como os emoticons, que hoje são chamados de emojis e são usados diariamente como forma de comunicação.

Em menos de dez anos, foi consolidado o hábito de se comunicar via mensagens, e diversas inovações foram lançadas para suprir as novas demandas dos usuários. Surgiram plataformas como WhatsApp, Snapchat, Instagram, Facebook e muitas outras. O foco, que anteriormente era apenas em mensagens de texto, agora incorpora recursos de áudio, imagem e vídeo, diversificando as possibilidades oferecidas pelos programas mais antigos. Confira abaixo a lista com os pontos-chave dessa evolução das mensagens.

Evolução da forma de comunicação por mensagens de texto — Foto: Arte/Fernanda Lutfi

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. ICQ

Nos anos 1990, a frase “Me dá o número do seu ICQ?” era a moda do momento. A Internet ainda discada começou a dar a possibilidade para que as pessoas se comunicassem por mensagens de texto de forma instantânea, sem a espera implícita que existe em um e-mail, por exemplo. Criado por jovens israelenses em 1996 para a plataforma Windows 95, o ICQ atingiu, no dia 20 de maio de 1997, a marca de 1 milhão de usuários. Mas, apesar de seu grande sucesso para uma empresa tão jovem, no início dos anos 2000, a popularidade do ICQ entrou em declínio no Brasil. Isso ocorreu devido a um novo mensageiro, conhecido como MSN.

"Qual é o número do seu ICQ?" — Foto: Divulgação/ICQ

2. MSN

Nicks, subnicks, letras coloridas, emoticons e a possibilidade de chamar a atenção de outro usuário. Foram esses recursos do MSN que começaram a desbancar o ICQ e também a introduzir um novo método de comunicação online, que ainda hoje prevalece. Em 2001, foi iniciada uma forte campanha de marketing para o MSN Messenger com foco no público jovem, com comerciais exibidos em canais de televisão como a MTV e estações de rádio como a Jovem Pan. Como estamos falando sobre música, outro recurso do MSN muito usado era o que mostrava quais canções da sua playlist estavam sendo tocadas no momento em que você estava online.

Recursos presentes no MSN ainda estão em uso atualmente — Foto: Reprodução/MSN

3. SMS

O sistema de envio de mensagens de texto chamado SMS ("Short Message Service", ou "serviço de mensagens curtas", em tradução livre) surgiu para suprir uma necessidade que os serviços anteriores não atendiam: comunicação fora da internet. Diferente do ICQ e do MSN, que precisavam que o usuário tivesse acesso a um computador com conexão à Internet, as mensagens via SMS podiam ser enviadas utilizando a rede dos aparelhos celulares. No entanto, o serviço era pago e existia uma limitação de caracteres que podiam ser escritos em cada mensagem de texto enviada.

SMS e a comunicação por texto feita offline — Foto: Reprodução/Fernanda Lutfi

Quem acompanhou essa evolução deve se lembrar da dificuldade que era escrever quando os teclados nos telefones eram somente numéricos e cada letra correspondia a um número de cliques em cada botão. Depois, começaram a surgir os telefones no estilo Blackberry, que eram mais largos que os outros e possuíam um teclado com letras, e não apenas números. Ou seja, cada vez mais se consolidava a comunicação via mensagens de texto, formato com o qual os jovens se adaptaram rapidamente.

4. WhatsApp

Este é o aplicativo que surgiu para consolidar todas as facilidades dos que já foram citados acima. Assim como mo ICQ, as mensagens são respondidas instantaneamente; como no MSN, é possível utilizar emojis e GIFs para expressar sentimentos e sensações; e como no SMS o usuário tem acesso aos recursos do app por meio do aparelho celular, além de ser gratuito. Portanto, não é de se espantar que o WhatsApp tenha rapidamente alcançado o sucesso e se tornado indispensável para grande parte da população, com usuários de todas as idades. Atualmente, o mensageiro é o aplicativo mais popular do mundo.

O WhatsApp e a consolidação da nova forma de se comunicar — Foto: Marvin Costa/TechTudo

5. Stories e Direct

Uma série de aplicativos possui recursos como o dos Stories, que são um formato de comunicação temporária, que fica disponível apenas durante certo período de tempo, e depois é apagada. O recurso se tornou popular com o Snapchat e depois foi incorporado por uma série de outros como Instagram, Facebook e WhatsApp. Diferente dos seus precursores, como o MSN e o ICQ, aqui a comunicação não é feita apenas via mensagens de texto pelo Direct. Ainda existe a possibilidade de incorporar áudio e vídeo, de forma a tornar a comunicação mais dinâmica.

O Snapchat populariza comunicação por meio do recurso dos Stories — Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo

É possível perceber também que agora a comunicação não visa apenas a passar informações para um usuário específico, mas sim mostrar fatos diários para uma série de pessoas que têm acesso a uma determinada rede social.

6. RCS: o "novo" SMS

O RCS é uma tentativa recente de fazer a sucessão do SMS e incorporar recursos presentes em apps como WhatsApp, Telegram e iMessage. Novidades como a possibilidade de enviar áudio, imagens, vídeos, emojis e stickers o aproximam mais dos aplicativos atuais, pois são funções que não existiam no sistema SMS. No entanto, por ser um serviço novo, o RCS ainda possui uma série de limitações, como não estar disponível em todas as operadoras, e não poder ser utilizado em aparelhos com sistema iOS.

O RCS promete recursos similares aos do WhatsApp e Telegram — Foto: Reprodução/Luciana Maline

Como criar figurinhas para WhatsApp com a sua cara com o app Mirror

Como criar figurinhas para WhatsApp com a sua cara com o app Mirror

Mais do TechTudo