Players

Por Mariana Coutinho, para o TechTudo


A Apple anunciou o fim do iTunes durante a WWDC 2019, conferência para desenvolvedores da empresa que ocorreu na Califórnia mês passado. O serviço, que existia desde 2001, será desmembrado em três aplicativos já existentes: Apple Music, Apple Podcasts e Apple TV. A partir do lançamento do macOS Catalina, os apps (já presentes em iPhones) farão parte da versão mais recente do sistema para Macs.

A mudança deve acontecer com a liberação do macOS Catalina, prevista por volta de setembro ou outubro deste ano. O fim da loja de mídia deixou muitos fãs da Apple confusos. Por isso, separamos algumas perguntas e respostas sobre o encerramento do iTunes para saber o que muda para os usuários.

Fim do iTunes? Veja perguntas e respostas

Fim do iTunes? Veja perguntas e respostas

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Por que o iTunes será descontinuado?

Revolucionário quando foi lançado há 18 anos, os recursos do iTunes já não fazia frente aos novos apps de streaming de mídia, como o Spotify e a Netflix. Esses serviços tornaram obsoleta a funcionalidade original do iTunes como repositório para downloads digitais no disco rígido. O programa vinha perdendo popularidade nos últimos tempos, de forma que o anúncio da Apple de descontinuá-lo já era esperado.

Além disso, o acúmulo de recursos do iTunes tornou o programa muito pesado e se tornava mais lento à medida que funções eram adicionadas à plataforma. Atualmente, o iTunes permite compras por meio de uma loja online, e ainda serve para gerenciar músicas, vídeos, podcasts, livros e aplicativos. O app também permite sincronizar arquivos de dispositivos móveis da marca, como iPods e iPhones. O iTunes, que sempre foi elogiado pela agilidade que proporcionava aos usuários na hora de ouvir e gerenciar músicas, acabou com um carregamento lento e funcionalidades confusas.

iTunes chega ao fim com crescimento de concorrência — Foto: Divulgação/Apple iTunes chega ao fim com crescimento de concorrência — Foto: Divulgação/Apple

iTunes chega ao fim com crescimento de concorrência — Foto: Divulgação/Apple

2. O que acontecerá com a biblioteca de mídia?

As funções do iTunes serão substituídas por três apps, e a biblioteca do usuário será remanejada de acordo com o formato da mídia em questão. As músicas e playlists migrarão para o Apple Music. Além de sugerir faixas novas de acordo com as preferências do usuário, o programa também oferece assinatura de streaming. Quem prefere ouvir música offline poderá continuar comprando faixas ou álbuns separadamente, que serão armazenadas no Apple Music.

Já os programas de rádio serão gerenciados pelo Apple Podcasts. Enquanto isso, a Apple TV será responsável pelos serviços de streaming disponíveis para iOS e tvOS, tanto com conteúdo comprado na Apple Store quanto com programas canais pagos, como HBO e Showtime. Os audiobooks comprados no iTunes serão transferidos para o aplicativo Apple Books.

Apple Podcast reúne diversos programas nacionais e internacionais para ouvir pelo celular — Foto: Divulgação/Apple Apple Podcast reúne diversos programas nacionais e internacionais para ouvir pelo celular — Foto: Divulgação/Apple

Apple Podcast reúne diversos programas nacionais e internacionais para ouvir pelo celular — Foto: Divulgação/Apple

3. Como ocorrerá a sincronização de aparelhos da Apple no macOS?

O iTunes também é responsável pela sincronização de aparelhos móveis da Apple com o computador, como o iPhone, o iPad e o iPod. A partir do macOS Catalina, essa integração será feita por meio do Finder. Basta que o usuário conecte seu dispositivo ao computador para poder gerenciar a conta diretamente no explorador de arquivos, sem necessidade de usar o iTunes.

Finder do macOS ficará responsável pela sincronização de arquivos — Foto: Reprodução/Helito Bijora Finder do macOS ficará responsável pela sincronização de arquivos — Foto: Reprodução/Helito Bijora

Finder do macOS ficará responsável pela sincronização de arquivos — Foto: Reprodução/Helito Bijora

4. O que acontecerá com o iTunes para Windows e macOS?

O iTunes deixará de existir no sistema operacional da Apple a partir do macOS Catalina, e será substituído pelo Apple Music, Podcasts e Apple TV. Os downloads ainda estarão disponíveis em uma barra lateral no Apple Music para Macs, e a empresa garante que créditos preexistentes e cartões presente do iTunes continuarão valendo.

De acordo com apuração da emissora de TV britânica BBC, o iTunes permanecerá no Windows normalmente. Usuários do Windows 10 continuarão com acesso ao aplicativo do programa, enquanto edições mais antigas do sistema da Microsoft podem usar o software.

Programa e aplicativo do iTunes para Windows 10 permanecerá por mais tempo — Foto: Divulgação/Apple Programa e aplicativo do iTunes para Windows 10 permanecerá por mais tempo — Foto: Divulgação/Apple

Programa e aplicativo do iTunes para Windows 10 permanecerá por mais tempo — Foto: Divulgação/Apple

Como eliminar as fotos da Fototeca do iPhone no iOS 8.2? Tire dúvidas no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo