Privacidade

Por Carolina Ribeiro, para o TechTudo


O Google armazena diversas informações dos usuários para personalizar os serviços de acordo com as preferências de cada um e melhorar as suas ferramentas. A Gigante de Buscas tem registros, por exemplo, do histórico de sites acessados no Chrome, o produto e o preço de uma compra online a partir do Gmail, os vídeos assistidos no YouTube e os locais em que você esteve com ajuda do GPS do seu celular e do Google Maps.

Os dados que o Google tem sobre o usuário pode ser considerado uma invasão de privacidade por pessoas mais reservadas. É possível tomar algumas medidas para evitar que a empresa continue armazenando informações suas e evitar o uso indevido dos dados. Descubra a seguir quais informações o Google tem sobre você e veja como apagá-las e aumentar a privacidade.

Saiba quais dados são salvos e como apagar tudo que o Google tem sobre você — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Histórico de navegação do Chrome com a sincronização de conta Google

A versão 69 do Google Chrome gerou polêmica por permitir a sincronização automática do navegador com a conta de Google do usuário. Ao acessar o seu perfil nos serviços do Google (Gmail, YouTube, Google Drive, por exemplo) pelo browser, a pessoa também faz o login no Chrome de forma automática. Assim, os dados de navegação podem ser enviados para o buscador sem autorização do usuário.

Diferente dos updates anteriores do navegador, a versão 69 não permite, em um primeiro momento, que o usuário escolha se deseja ou não fazer a integração. Mas é possível desativar a sincronização entre os dois serviços do Google. Basta colar o seguinte texto no campo de URL do Chrome "chrome://flags/#account-consistency" (sem aspas). Em seguida, pressione “Default” na seção “Identity consistency between browser and cookie jar” e escolha a opção “Disable”. Para finalizar o procedimento, reinicie o navegador.

Desativar a sincronização automática do Chrome com a conta de Google do usuário — Foto: Reprodução/ Taysa Coelho

O histórico de navegação do Chrome também pode ser acessado ao compartilhar o seu PC com outras pessoas tanto em casa quanto no trabalho, por exemplo. Para evitar isso, é possível apagar todo o histórico armazenado no browser. Basta ir até o menu do Chrome e escolher a opção “Histórico”. Depois, pressione “Limpar dados de navegação” e selecione “Todo o período”. Marque a opção “Histórico de navegação” e assinale “Limpar dados” para concluir.

2. Histórico de compras a partir do Gmail

O Google armazena o seu histórico de compras online por meio do Gmail. Quando o usuário faz pedidos ou pagamentos na Internet usando a conta de Gmail, o Google registra as informações recebidas por e-mail como produto, valor, site em que a compra foi realizada e número do pedido. Porém, o usuário pode apagar os dados no histórico de compras em sua conta Google pelo computador ou celular (Android e iOS).

O passo a passo no PC e celular é o mesmo. Acesse o site myaccount.google.com/purchases e acesse a sua conta Google, caso não esteja logado. Escolha um item da sua lista de compra para saber mais detalhes. Para apagar uma compra, copie o nome do produto e selecione "Remover compra". Em seguida, assinale "Ver e-mail". Ao fazer isso, o Gmail será aberto. Depois, abra a mensagem sobre a compra e clique no ícone da lixeira para apagá-la e, com isso, remover os dados da compra do banco do Google. Vale destacar que é necessário repetir o procedimento para cada item da lista, já que não é apagar tudo de uma única vez.

Remover compra do histórico — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

3. Histórico de visualização de vídeos no YouTube

O Google também tem acesso ao seu histórico de vídeos assistidos no YouTube. É armazenado tudo que o usuário faz na plataforma de vídeos, como buscas e vídeos assistidos. Essas informações são usadas para fazer sugestões para o usuário de acordo com as suas preferências. Mas, caso não queira que o Google guarde o seu histórico de visualização de vídeos no YouTube, é possível fazer o procedimento no PC, Android e iPhone (iOS). Em todos os aparelhos, o processo é semelhante.

No Android, abra o app do YouTube e acesse as “Configurações”. Toque “Histórico e privacidade”, depois em “Limpar histórico de exibição”. Dessa forma, é possível apagar o histórico de vídeos visualizados em todos os dispositivos veiculados à sua conta. Para evitar armazenamentos futuros, ative o botão “Pausar o histórico de exibição”.

Histórico de vídeos assistidos no YouTube em um celular Android — Foto: Reprodução/Marvin Costa

4. Histórico de buscas na pesquisa Google

O Google armazena o histórico de buscas feitas em seu próprio buscador (google.com). O recurso pode afetar a privacidade do usuário, já que a empresa sabe o que você pesquisou e, em alguns casos, outra pessoa — que tem acesso à sua conta ou se você usa um computador compartilhado - pode acessar o seu histórico.

É possível apagar o histórico de pesquisa no buscador do Google pelo PC e celular (Android e iOS). O procedimento é bastante semelhante em qualquer uma das opções. O primeiro passo é acessar o buscador do Google (google.com) e clicar em "Configurações”, na parte inferior da tela, e depois em "Histórico". Em seguida, selecione "Excluir atividade por", escolha o período (hoje, ontem, últimos 30 dias e todo o período, por exemplo) e, por último, clique em "Excluir". Uma vez confirmado o processo, o histórico não poderá mais ser recuperado.

Histórico de buscas do Google no PC — Foto: Reprodução/Helito Bijora

5. Histórico de localização

O Google Maps salva o histórico de localização do usuário por meio das pesquisas feitas no serviço e, principalmente, pelo GPS do celular. A plataforma armazena os locais que você esteve, como casa, trabalho e viagens, por exemplo.

Em 2018, o Google se envolveu em uma polêmica sobre o recurso. A Princeton University fez um levantamento, encomendado pela agência Associated Press, que revelou que a Gigante das Buscas rastreia os movimentos dos usuários de celulares com Android e iPhone (iOS) mesmo que o usuário tenha desativado o histórico de localização. Em resposta, o Google afirmou que “existem várias maneiras que o Google pode usar a localização para melhorar a experiência das pessoas, incluindo: Histórico de Localização, Atividade na Web e de Aplicativos e Serviços de Localização no nível do dispositivo”.

Para desativar o “Histórico de localização”, acesse o menu do Google Maps, clique em “Sua linha do tempo” e depois em “Gerenciar histórico de localização”. Desative o botão “Histórico de localização” e, por último, aperte “Pausar”.

Gerenciar o histórico de localização do Google Maps — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Além de desativar o histórico de localização, é necessário visitar a página de controle de atividades (myaccount.google.com/activitycontrols) e desmarcar a opção “Atividade na Web e de apps”. Com isso, apps e serviços do Google deixaram de armazenar a sua localização.

6. Histórico de buscas no YouTube

Além de salvar o histórico de vídeos assistidos no YouTube, o Google armazena as buscas feitas pelo usuário na plataforma. Quando o usuário pesquisa algum termo no campo de busca da plataforma de vídeo, ele é armazenado automaticamente no histórico. Mas é possível desativar a função para que o Google não tenha mais registros das palavras-chave pesquisadas.

Para apagar o histórico de buscas no YouTube, entre no YouTube logado em sua conta e acesse o menu lateral. Em seguida, clique em “Histórico” e depois em “Histórico de pesquisas”. Aparecerá uma lista com todas as suas pesquisas. Basta clicar no “x” para remover cada um dos itens. Há também a opcao de limpar todo o histórico de uma só vez. Para evitar armazenamentos futuros, ative o botão “Pausar o histórico de pesquisa”. Assim, nenhuma pesquisa feita na plataforma de vídeo será guardada. O procedimento pode ser feito no PC, Android e iOS.

Apagar pesquisas do histórico de buscas do YouTube — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Funções pouco conhecidas do Google Maps

Funções pouco conhecidas do Google Maps

Mais do TechTudo