Atletas

Por Clercio Rodrigues, para o TechTudo


Os circuitos competitivos de jogos como DotA 2, Counter Strike: Global Offensive (CS:GO) e League of Legends (LoL) costumam ter muito dinheiro envolvido. A Fortnite World Cup 2019, por exemplo, aconteceu no último final de semana e distribuiu mais de US$ 33,6 milhões (cerca de R$ 127 milhões) em prêmios. O mundial também chamou a atenção por reunir vários jogadores jovens, como o brasileiro Henrique "kurtz" Kurtz, de apenas 14 anos de idade. Henrique ficou na 27ª posição do campeonato solo e levou US$ 50 mil (aproximadamente R$ 189 mil) para casa.

Conheça, a seguir, cinco jogadores com menos de 18 anos que ganharam milhares em campeonatos profissionais de esports. A lista considera apenas um atleta por modalidade e só os que receberam, pelo menos, US$ 100 mil (mais de R$ 378 mil) antes de completar a maioridade.

Kurtz (à esquerda) ao lado de Ninja (à direita); brasileiro de 14 anos faturou R$ 189 mil — Foto: Reprodução/Twitter kurtz Kurtz (à esquerda) ao lado de Ninja (à direita); brasileiro de 14 anos faturou R$ 189 mil — Foto: Reprodução/Twitter kurtz

Kurtz (à esquerda) ao lado de Ninja (à direita); brasileiro de 14 anos faturou R$ 189 mil — Foto: Reprodução/Twitter kurtz

Sumail "Suma1L" Hassan

O paquistanês Sumail "Suma1L" Hassan já representa a Evil Geniuses no DotA 2 desde 2015, quando tinha apenas 15 anos de idade. O pro player chegou ao topo do pódio do The International daquele ano e conquistou mais de US$ 1,3 milhão (R$ 5 milhões). O prêmio fez Sumail se tornar o jogador milionário mais novo da história. Antes de alcançar a maioridade, ele já tinha recebido cerca de US$ 2,4 milhões (R$ 9 milhões).

O pro player não conseguiu vencer outro The International até agora, mas ainda vive um bom momento com a Evil Geunises e coleciona outras conquistas importantes. No mundial do ano passado, por exemplo, o time do paquistanês ficou em terceiro e cada um de seus integrantes recebeu mais de US$ 536 mil (mais de R$ 2 milhões). Até o momento, Sumail já conseguiu cerca de US$ 3,3 milhões (R$ 12,6 milhões) competindo.

SumaiL é o sexto jogador do mundo que mais lucrou em campeonatos de esportes eletrônicos — Foto: Divulgação/Valve SumaiL é o sexto jogador do mundo que mais lucrou em campeonatos de esportes eletrônicos — Foto: Divulgação/Valve

SumaiL é o sexto jogador do mundo que mais lucrou em campeonatos de esportes eletrônicos — Foto: Divulgação/Valve

Os jogos Battle Royale vieram para ficar? Opine no Fórum do TechTudo

Kyle "Mongraal" Jackson

Kyle "Mongraal" Jackson tem 14 anos de idade, e é o segundo jogador do Reino Unido que mais faturou com torneios de esports. O jovem participou de cerca de 20 campeonatos, mas já recebeu mais de US$ 410 mil (R$ 1,5 milhão) em premiações. Boa parte desse valor se deve ao seu desempenho na Copa do Mundo de Fortnite, que aconteceu no último final de semana e rendeu US$ 375 mil (R$ 1,4 milhão) para o prodígio britânico. No mundial, Kyle ficou em sexto no torneio de times e em 13° no torneio solo.

Kyle "Mongraal" Jackson representa a FaZe nos torneios de Fortnite — Foto: Reprodução/Instagram @mongraal_ Kyle "Mongraal" Jackson representa a FaZe nos torneios de Fortnite — Foto: Reprodução/Instagram @mongraal_

Kyle "Mongraal" Jackson representa a FaZe nos torneios de Fortnite — Foto: Reprodução/Instagram @mongraal_

Lee "Life" Seung Hyun

O sul-coreano Lee "Life" Seung Hyun foi um jogador de StarCraft II que começou sua carreira em 2011, com apenas 14 anos. Apesar dos bons resultados, ele só passou a competir por grandes quantias de dinheiro em 2012. No final daquele ano, Life já tinha conquistado um título mundial e recebido pelo menos US$ 123 mil (R$ 465 mil) de prêmios em campeonatos.

A carreira promissora de Life foi interrompida em 2015, quando ele foi acusado de estar envolvido com manipulação de resultados. O jogador, que encerrou sua trajetória após ganhar mais de US$ 475 mil (R$ 1,7 milhão) de torneios, foi preso por 18 meses e banido do cenário competitivo.

Em 2015, Life teve problemas com a justiça e acabou banido das competições profissionais — Foto: Divulgação/Team Liquid Em 2015, Life teve problemas com a justiça e acabou banido das competições profissionais — Foto: Divulgação/Team Liquid

Em 2015, Life teve problemas com a justiça e acabou banido das competições profissionais — Foto: Divulgação/Team Liquid

Lee “Faker” Sang Hyeok

O midlaner Lee “Faker” Sang Hyeok é um dos jogadores mais bem sucedidos de League of Legends. O sul-coreano da SKT começou a jogar profissionalmente em 2013 e, com apenas 17 anos de idade, já tinha um título mundial e mais de US$ 255 mil (mais de R$ 966 mil) recebidos de campeonatos.

No momento, Faker está com 23 anos e já recebeu mais de U$ 1,2 milhão (R$ 4,5 milhões) por seu desempenho em torneios. Além disso, o jogador é o sul-coreano que mais recebeu dinheiro de competições. A conquista mais lucrativa do pro player foi no Mundial de LoL de 2016, em que a SKT venceu a Samsung Galaxy e Faker levou um prêmio de US$ 338 mil (R$ 1,2 milhão) para casa.

Craque da SKT, Faker já participou de pelo menos 46 campeonatos — Foto: Reprodução/Fomos Craque da SKT, Faker já participou de pelo menos 46 campeonatos — Foto: Reprodução/Fomos

Craque da SKT, Faker já participou de pelo menos 46 campeonatos — Foto: Reprodução/Fomos

Dominique "SonicFox" Mclean

Dominique "SonicFox" Mclean é um jogador americano de Injustice, Dragon Ball FighterZ, Mortal Kombat X e Mortal Kombat 11. O auge da carreira do atleta aconteceu em 2016, quando tinha apenas 18 anos. Ele se tornou tricampeão mundial de MKX e alcançou a marca de US$ 182 mil (R$ 688 mil) recebidos em premiações de campeonatos.

Atualmente com 21 anos de idade, o jovem já acumula pelo menos US$ 598 mil (R$ 2,2 milhões) por seu desempenho nos torneios de jogos de luta. Uma das conquistas mais recentes e importantes de SonicFox foi o primeiro lugar no campeonato de DBFZ da EVO 2018, que rendeu mais de US$ 15 mil (R$ 58 mil) para o prodígio dos Estados Unidos.

SonicFox veste a camisa da EchoFox e coleciona títulos em vários jogos de luta — Foto: Divulgação/EVO SonicFox veste a camisa da EchoFox e coleciona títulos em vários jogos de luta — Foto: Divulgação/EVO

SonicFox veste a camisa da EchoFox e coleciona títulos em vários jogos de luta — Foto: Divulgação/EVO

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Mais do TechTudo