Por Maria Dias, para o TechTudo


O Dollify, aplicativo gratuito disponível para Android e iPhone (iOS), permite ao usuário criar caricaturas personalizadas e enviar para amigos em redes sociais. O app, que chegou ao topo da lista dos mais baixados da App Store, virou febre no Brasil e fez sucesso no mês de junho. O TechTudo preparou um tutorial de como fazer os bonecos e compartilhá-los em redes como Instagram, Facebook, WhatsApp e Twitter.

As novas funcionalidades do iOS 13 foram anunciadas durante a WWDC, conferência oficial da Apple voltada para desenvolvedores e muito aguardada pelo público. A próxima atualização do sistema operacional, que está prevista para setembro, não estará disponível para os aparelhos iPhone 6 ou iPhone 6 Plus — modelos que não são mais fabricados e nem estão à venda nas lojas oficiais da maçã —, e contará com o esperado modo escuro, novas funções em aplicativos nativos e um serviço inteligente que avisa sobre assinaturas de apps que não são mais usados no dispositivo. A seguir, confira essas e outras notícias que foram destaques para os leitores do TechTudo no mês de junho.

Dollify: conheça o app de caricatura que é o novo sucesso no Brasil

Dollify: conheça o app de caricatura que é o novo sucesso no Brasil

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Como fazer e compartilhar caricaturas com o Dollify

O Dollify é um aplicativo que permite a criação de uma caricatura personalizada. Lançado no final do ano passado, o app chegou ao topo na lista dos softwares mais baixados da App Store, à frente de gigantes como WhatsApp, Instagram e YouTube, por exemplo. A subida do Dollify possibilitou o crescimento de outras ferramentas semelhantes, como o iDolly. O TechTudo ensina a fazer um avatar e enviar aos amigos com o Dollify.

Dollify, app de caricaturas, foi sucesso em junho — Foto: Helito Beggiora/TechTudo Dollify, app de caricaturas, foi sucesso em junho — Foto: Helito Beggiora/TechTudo

Dollify, app de caricaturas, foi sucesso em junho — Foto: Helito Beggiora/TechTudo

2. iPhone 6 sem o iOS 13

iPhone 6 e iPhone 6 Plus não poderão ser atualizados para o iOS 13 — Foto: Lucas Mendes/TechTudo iPhone 6 e iPhone 6 Plus não poderão ser atualizados para o iOS 13 — Foto: Lucas Mendes/TechTudo

iPhone 6 e iPhone 6 Plus não poderão ser atualizados para o iOS 13 — Foto: Lucas Mendes/TechTudo

O iOS 13, nova atualização do sistema operacional da Apple, teve seu lançamento anunciado para setembro. No entanto, nem todos os aparelhos da marca poderão usufruir das novidades: usuários que são donos do iPhone 6 ou do iPhone 6 Plus, lançados em 2014, não poderão fazer o upgrade do sistema operacional. O anúncio foi feito durante a WWDC 2019, conferência voltada para desenvolvedores, e já era esperado, uma vez que os aparelhos citados já não são mais fabricados e nem estão à venda nas lojas oficiais da Apple.

3. Modo escuro e outras novidades no iOS 13

Modo Escuro e outras novidaes do iOS 13 foram destaques em junho — Foto: Reprodução/Apple Modo Escuro e outras novidaes do iOS 13 foram destaques em junho — Foto: Reprodução/Apple

Modo Escuro e outras novidaes do iOS 13 foram destaques em junho — Foto: Reprodução/Apple

Ainda durante a WWDC 2019, foram anunciadas as novidades do novo sistema operacional da Apple, o iOS 13. A principal delas é o modo escuro, que permite que os elementos gráficos e aplicativos do aparelho se apresentem em uma tonalidade escura, próxima do preto e do cinza. O efeito beneficia a visão do usuário durante o uso do celular em ambiente mal iluminado ou durante à noite, além de colaborar para a economia de energia de aparelhos mais modernos, com tela OLED. A nova geração do Mac Pro e o fim do iTunes como ele é conhecido também foram divulgados durante o evento.

4. Conversas vazadas no Telegram

Vazamento de conversas do Telegram colocou em discussão a privacidade do aplicativo — Foto: Helito Beggiora/TechTudo Vazamento de conversas do Telegram colocou em discussão a privacidade do aplicativo — Foto: Helito Beggiora/TechTudo

Vazamento de conversas do Telegram colocou em discussão a privacidade do aplicativo — Foto: Helito Beggiora/TechTudo

O site The Intercept Brasil anunciou uma série de reportagens que colocam em evidência a participação de Sérgio Moro, atual Ministro da Justiça e ex-juiz da 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba, em atividades que avançam sobre o limite de suas funções na operação Lava Jato. O conteúdo dessas reportagens foi baseado no vazamento de supostas mensagens do Telegram, trocadas entre Moro e Deltan Dallagnol, procurador do Ministério Público Federal em Curitiba.

Considerado o aplicativo mais seguro para conversas digitais na atualidade, o Telegram se manifestou e descartou a possibilidade de ataque aos seus servidores. De acordo com a companhia, “nenhuma maneira de minar a criptografia do Telegram foi descoberta”, o que tornaria inviável qualquer ataque hacker. As possibilidades de vazamento apontadas pela empresa envolvem a invasão da conta e a recuperação do histórico a partir de um dispositivo não-autorizado, ou um malware instalado nos celulares dos usuários envolvidos na polêmica.

5. Google Maps com Realidade Aumentada

Realidade aumentada começa a ser usada no Google Maps — Foto: Divulgação/Google Realidade aumentada começa a ser usada no Google Maps — Foto: Divulgação/Google

Realidade aumentada começa a ser usada no Google Maps — Foto: Divulgação/Google

A realidade aumentada é um recurso que está se expandindo para os principais aplicativos da atualidade e, em breve, estará disponível no Google Maps. Os primeiros testes combinando mapas e AR foram anunciados pela gigante da tecnologia e o TechTudo testou a funcionalidade. Entre as novidades da função estão os alertas para que o usuário não se distraia com a tela do aparelho e não se envolva em acidentes.

De modo geral, o Google Maps com realidade aumentada funciona da seguinte forma: é necessário apontar o celular para uma paisagem qualquer – assim, o serviço faz um reconhecimento do local onde o usuário se encontra e as coordenadas para o destino final são apresentadas na tela por meio de ícones grandes que apontam exatamente os próximos passos. A navegação conta com uma interface rica em informações — as distâncias e direções são apontadas objetivamente com a ajuda de imagens em tempo real.

6. Jogos de Sexo - Edição Casais

O app Jogos para Casais é feito para melhorar relação do casal; conheça — Foto: Raquel Freire/TechTudo O app Jogos para Casais é feito para melhorar relação do casal; conheça — Foto: Raquel Freire/TechTudo

O app Jogos para Casais é feito para melhorar relação do casal; conheça — Foto: Raquel Freire/TechTudo

Definido como um aplicativo que apimenta a relação e melhora a vida sexual, o Jogos de Sexo - Edição Casais é um serviço grátis para Android que traz um compilado de cinco games eróticos. A interface simples do app dá sugestões de atividades sexuais e carícias para os casais que querem sair da rotina. Entre elas, é possível encontrar jogos de striptease, que incentivam as preliminares e que fantasiam a relação entre médico e paciente. É importante ressaltar que o Jogos de Sexo - Edição Casais é indicado para pessoas com qualquer orientação sexual.

7. Jogo do Sexo para Casais

Conheça o app Jogo do Sexo para Casais, disponível para celular Android — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo Conheça o app Jogo do Sexo para Casais, disponível para celular Android — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo

Conheça o app Jogo do Sexo para Casais, disponível para celular Android — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo

Outro aplicativo do segmento de relacionamentos que ficou popular em junho é o Jogo do Sexo para Casais. O serviço também oferece brincadeiras eróticas no celular Android, mas todas elas são baseadas no jogo conhecido como “Verdade ou Desafio”. O jogo faz os participantes escolherem entre duas opções: revelar um segredo ou realizar um desafio sexual sugerido pelo app — beijos, carícias e mordidas estão entre prendas. O usuário pode escolher o nível do jogo, mas apenas o “Leve” é gratuito. Para esquentar a ação e desbloquear os níveis “Quente” ou “Difícil” é preciso assinar o plano pago, que pode variar de preço de acordo com a modalidade.

8. Economia com o iOS 13

Economizar dinheiro com as assinaturas de aplicativos que você não está usando vai ficar mais fácil com o iOS 13. A função, que foi revelada em versão de testes liberada pela Apple para desenvolvedores, vai emitir um alerta para o usuário e lembrá-lo das datas de renovação das assinaturas que constam em seu aparelho. O sistema também perguntará se há interesse em manter uma mensalidade de um app que está sendo excluído do aparelho. Até a versão anterior, esse tipo de ação tinha que ser realizada pelo próprio usuário, de forma manual, nas configurações do seu aparelho. A funcionalidade, que está em fase de testes, não possui nenhuma garantia de que vá chegar à versão final do iOS 13, que tem lançamento previsto para setembro deste ano.

9. Dez principais recursos do iOS 13

Modo Escuro, atualizações de privacidade e novas funcionalidades da Siri são esperadas no iOS 13 — Foto: Reprodução/Apple Modo Escuro, atualizações de privacidade e novas funcionalidades da Siri são esperadas no iOS 13 — Foto: Reprodução/Apple

Modo Escuro, atualizações de privacidade e novas funcionalidades da Siri são esperadas no iOS 13 — Foto: Reprodução/Apple

A nova versão do sistema operacional da Apple, o iOS 13, trará muitas novidades no final do ano. Além do modo escuro, são esperadas mudanças e novas funções em aplicativos nativos, como Mensagens, Fotos e teclado virtual. O Mapas, navegador GPS da Apple, também sofreu alterações e está ainda mais parecido com o Google Maps. Outras atualizações são esperadas em questões de privacidade e desempenho, assim como nas funcionalidades da Siri, no recebimento de mensagens nativas do aparelho e no aplicativo de lembretes.

10. Find My, app que encontra iPhones perdidos até mesmo offline

Conheça o Find My, app da Apple que encontra iPhones perdidos até mesmo offline — Foto: Divulgação/Apple Conheça o Find My, app da Apple que encontra iPhones perdidos até mesmo offline — Foto: Divulgação/Apple

Conheça o Find My, app da Apple que encontra iPhones perdidos até mesmo offline — Foto: Divulgação/Apple

A Apple também anunciou o aplicativo Find My para ajudar usuários a localizarem seus aparelhos que estejam perdidos ou offline. Com ele, também será possível visualizar a localização de familiares e amigos — o que o torna uma combinação de dois serviços já oferecidos pela marca: Find My iPhone (Buscar) e Find My Friends (Amigos). A novidade fica por conta da possibilidade de rastrear o aparelho mesmo que ele desconectado das redes Wi-Fi ou 3G/4G. A data de lançamento ainda não foi confirmada e o app estará disponível para dispositivos iOS 13 e macOS 10.15 Catalina.

iPhone com iOS13? Saiba tudo sobre o novo sistema operacional da Apple

iPhone com iOS13? Saiba tudo sobre o novo sistema operacional da Apple

Como fazer caricatura de desenho animado? Descubra no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo