Mapas e localização

Por Maria Dias, para o TechTudo


O Google Maps, aplicativo disponível para Android e iPhone (iOS), é um dos mais populares quando o assunto é navegação GPS. As funcionalidades do serviço são diversas e vão muito além da clássica indicação de rotas, oferecendo recursos inusitados que podem simplificar a vida do usuário. Na última semana, por exemplo, o app começou a mostrar informações sobre a lotação de ônibus, trens e metrôs — além de informar sobre horários de partida dos transportes públicos. A função ajuda os usuários a programar suas viagens e a economizar tempo.

Outra função do Google Maps pouco conhecida é aquela em que o app indica ao usuário o tempo de espera para estabelecimentos comerciais, como bares e restaurantes. Além da consulta ao trajeto para chegar aos locais desejados, é possível verificar o horário de pico de cada serviço e outras informações relevantes, como a opinião de outros consumidores em relação ao atendimento e a existência de local para estacionar. O TechTudo preparou uma lista com as dez funções mais inusitadas do Google Maps que vão facilitar a sua vida.

Como agendar salão de beleza ou barbearia pelo Google Maps

Como agendar salão de beleza ou barbearia pelo Google Maps

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Status de ônibus, trens e metrôs

Recentemente, o Google Maps ativou uma função no aplicativo que mostra aos usuários uma estimativa de lotação de ônibus, trens e metrôs. Junto a essa informação, é possível consultar o horário de partida dos ônibus a partir de seus pontos de parada, estimativas de atraso, mudanças no trajeto e a visualização do trânsito em tempo real.

O usuário pode consultar horários de ônibus e outros transportes públicos com o Google Maps — Foto: Reprodução/Maria Dias O usuário pode consultar horários de ônibus e outros transportes públicos com o Google Maps — Foto: Reprodução/Maria Dias

O usuário pode consultar horários de ônibus e outros transportes públicos com o Google Maps — Foto: Reprodução/Maria Dias

Para fazer a consulta, o usuário deve inserir um destino de viagem e selecionar o trajeto por transporte público. O aplicativo indicará o passo a passo para chegar ao local desejado e os possíveis ônibus, trens e metrôs que devem ser utilizados — junto com a previsão de chegada dos transportes nos pontos de partida recomendados pelo mapa. Ao clicar na informação que mostra o horário de partida do ônibus, por exemplo, o usuário pode visualizar possíveis atrasos do transporte, assim como os próximos horários de partida. O TechTudo preparou um tutorial completo de como usar a nova função.

2. Tempo de espera em bares e restaurantes

Com o Google Maps, é possível consultar o tempo de espera de estabelecimentos comerciais — Foto: Reprodução/Maria Dias Com o Google Maps, é possível consultar o tempo de espera de estabelecimentos comerciais — Foto: Reprodução/Maria Dias

Com o Google Maps, é possível consultar o tempo de espera de estabelecimentos comerciais — Foto: Reprodução/Maria Dias

Ao procurar o endereço de um bar ou restaurante no Google Maps, é possível visualizar uma gama de informações sobre o estabelecimento, além do trajeto. Uma delas é o tempo de espera para usufruir dos serviços do local. A função é útil principalmente para quem desejar procurar um local nas proximidades para almoçar em horário de trabalho, já que é possível economizar tempo apenas visualizando as informações disponíveis no aplicativo.

Para acessá-las, basta procurar por um estabelecimento no Google Maps, como se estivesse em busca de informações sobre o trajeto. Selecione o restaurante desejado, clique em seu nome e tenha acesso às informações relevantes sobre o local, como a descrição do serviço, endereço, horário de funcionamento, fotos e pratos mais pedidos. Na seção “Horários de Pico”, o usuário poderá conferir um gráfico atualizado em tempo real com o tempo de espera máximo para entrar em casa e o tempo de permanência médio dos clientes.

3. Ingresso de cinemas

Ao consultar um cinema no Google Maps, o usuário também pode realizar a compra de ingressos para a sessão — Foto: (Reprodução/Maria Dias) Ao consultar um cinema no Google Maps, o usuário também pode realizar a compra de ingressos para a sessão — Foto: (Reprodução/Maria Dias)

Ao consultar um cinema no Google Maps, o usuário também pode realizar a compra de ingressos para a sessão — Foto: (Reprodução/Maria Dias)

Além de permitir a visualização de detalhes sobre as sessões de cinemas, filmes em cartaz e os horários de exibição, o Google Maps também facilita a compra do ingresso online para o filme desejado. A funcionalidade está disponível apenas paras as últimas versões do aplicativo.

Para usufruir dessa facilidade, o usuário deve procurar um cinema na barra de buscas do app. Clique no nome do estabelecimento e vá até “Sessões”. Escolha o filme e selecione o horário desejado para abrir a janela que confirma as informações selecionadas. A seguir, clique na opção “Comprar ingressos” para ser redirecionado ao site em que a ação deverá ser finalizada. Esse pequeno tutorial foi realizado em um celular Android, mas a função também está disponível para iPhone (iOS).

4. Integração com o Spotify

É possível interagir com players de música sem sair da tela do Google Maps — Foto: Reprodução/Maria Dias É possível interagir com players de música sem sair da tela do Google Maps — Foto: Reprodução/Maria Dias

É possível interagir com players de música sem sair da tela do Google Maps — Foto: Reprodução/Maria Dias

A inconveniente situação de ter que sair da tela do Google Maps para interagir com um app de música no celular não precisa mais ocorrer. Agora, é possível integrar os dois serviços e garantir mais segurança e comodidade ao usuário. A função está disponível nas últimas versões do aplicativo e pode ser ativada nas configurações.

Acesse o menu lateral esquerdo, vá até “Configurações de navegação” e ative a exibição dos controles de reprodução de mídia. A seguir, escolha o app de mídia padrão — o serviço só está disponível para as plataformas Spotify e Google Play Música. Depois de aceitar os termos de privacidade, o usuário já pode visualizar o ícone do player de música ativo no lado direito do mapa. Ao clicar nele, é possível realizar comandos como pausar, avançar ou voltar uma música e até mesmo selecionar outras playlists para tocar.

5. Locais com as melhores avaliações

Procure por estabelecimentos no Google Maps e classifique-os pelas melhores avaliações — Foto: Reprodução/Maria Dias Procure por estabelecimentos no Google Maps e classifique-os pelas melhores avaliações — Foto: Reprodução/Maria Dias

Procure por estabelecimentos no Google Maps e classifique-os pelas melhores avaliações — Foto: Reprodução/Maria Dias

Usuários também podem usar o Google Maps para buscar locais com boas avaliações na plataforma. A função serve como uma recomendação de quais restaurantes, bares, parques e outros locais você deve frequentar. Com ela, é possível descobrir os melhores estabelecimentos da região e consultar a opinião de outros consumidores sobre estrutura do local, atendimento, possíveis problemas e outras características do ambiente.

Para acessar essas informações, o usuário pode pesquisar por um local específico ou explorar a área em que se encontra. Para a segunda opção, basta acessar o Google Maps e selecionar “Explorar” no menu inferior da tela inicial. Selecione a opção “Restaurantes” ou o tipo de estabelecimento que desejar e veja uma lista de indicações para visitar. Para classificar os resultados no quesito melhores avaliações, selecione a opção “Mais filtros” no menu superior e escolha o tipo de classificação que deseja ver.

6. Lembrete de estacionamento

O usuário pode criar lembrete no Google Maps, com informações sobre o local em que estacionou o veículo — Foto: Reprodução/Maria Dias O usuário pode criar lembrete no Google Maps, com informações sobre o local em que estacionou o veículo — Foto: Reprodução/Maria Dias

O usuário pode criar lembrete no Google Maps, com informações sobre o local em que estacionou o veículo — Foto: Reprodução/Maria Dias

O usuário também pode utilizar o Google Maps para lembrá-lo o local em que estacionou o carro. Essa função do aplicativo permite que você marque o lugar exato em que parou o veículo para que possa encontrá-lo depois sem dor de cabeça. Para criar esse aviso, é preciso clicar no ponto azul que indica sua própria localização no mapa. Em seguida, escolher a opção “Salvar local de estacionamento”. Se você desejar, ainda é possível adicionar notas e fotos ao lembrete, assim como compartilhar a localização com outra pessoa e informar o tempo disponível de parada.

7. Compartilhar localização

Recurso do Google Maps que permite compartilhar localização com outro usuário pode ser útil para viagens em grupo — Foto: Reprodução/Maria Dias Recurso do Google Maps que permite compartilhar localização com outro usuário pode ser útil para viagens em grupo — Foto: Reprodução/Maria Dias

Recurso do Google Maps que permite compartilhar localização com outro usuário pode ser útil para viagens em grupo — Foto: Reprodução/Maria Dias

Os recursos de compartilhamento de localização estão presentes nos principais aplicativos da atualidade — e a novidade também é uma funcionalidade do Google Maps. O app permite aos seus usuários compartilhar a localização em tempo real com seus contatos. Você pode escolher por quantas horas ela deverá ficar ativa para a outra pessoa, mas também é possível desativá-la manualmente. O compartilhamento de localização do Google Maps pode ser feito via link e enviado para um contato por meio de outros aplicativos, como WhatsApp, Telegram, Messenger, Facebook e Instagram.

8. Alerta SOS para desastres naturais

Google Maps pode emitir alertas para possíveis desastres naturais  — Foto: Reprodução/Google Google Maps pode emitir alertas para possíveis desastres naturais  — Foto: Reprodução/Google

Google Maps pode emitir alertas para possíveis desastres naturais — Foto: Reprodução/Google

De acordo com o Google, os alertas SOS possuem o objetivo de informar os usuários sobre quaisquer emergências causadas por desastres naturais nas proximidades. O Google Maps, por exemplo, mostra atualizações de autoridades locais, nacionais ou internacionais sobre possíveis desastres, assim como números de telefone de emergência, rotas de fuga ou websites para consulta. No aplicativo, o usuário poderá ver o alerta SOS diretamente no mapa, caso exista algum ativo na região em que ele se encontra. Se isso acontecer, basta tocar no ícone para saber mais informações sobre o acontecimento.

O serviço não garante que o alerta seja emitido para todos os usuários, pois existem fatores como conexão com a Internet e área afetada que pesam em sua distribuição. O objetivo é tornar o serviço ainda mais amplo com o passar do tempo.

9. Modo noturno

Modo noturno pode ser ativado a qualquer momento no Google Maps  — Foto: Reprodução/Maria Dias Modo noturno pode ser ativado a qualquer momento no Google Maps  — Foto: Reprodução/Maria Dias

Modo noturno pode ser ativado a qualquer momento no Google Maps — Foto: Reprodução/Maria Dias

O modo noturno não é apenas uma função inusitada, mas é também muito útil para quem deseja diminuir o desconforto dos olhos com a tela do celular — e para quem deseja economizar a bateria do aparelho. O Google Maps oferece essa funcionalidade que deixa a interface gráfica baseada em tons escuros, para que o uso do aplicativo seja mais confortável para a visão do usuário.

O modo escuro já é ajustado automaticamente no período noturno. Para ativá-lo em tempo integral, acesse as configurações no menu lateral esquerdo e selecione “Configurações de navegação”. Depois, clique em “Esquema de Cores”, vá em “Exibição do Mapa” e selecione o item “Noite”.

10. Recomendação personalizada de estabelecimentos

Recomendações do Google Maps podem ser personalizadas pelo usuário do app — Foto: Reprodução/Maria Dias Recomendações do Google Maps podem ser personalizadas pelo usuário do app — Foto: Reprodução/Maria Dias

Recomendações do Google Maps podem ser personalizadas pelo usuário do app — Foto: Reprodução/Maria Dias

O Google Maps pode ser usado para indicar algumas opções de estabelecimentos na região. Para que essa recomendação seja ainda mais direcionada ao estilo de vida e preferências do usuário, é possível personalizar o serviço para que ele indique apenas aquilo que realmente o interessa. A customização pode ser feita para restaurantes, cafés, bares e atrações.

Para personalizar a exibição de estabelecimentos, acesse as configurações no menu lateral e selecione a opção “Conhecer lugares”. Em seguida, escolha suas preferências relacionadas à gastronomia. Essas informações podem levar um tempo para serem assimiladas pelo aplicativo e, para que elas tornem as recomendações do Google Maps ainda mais objetivas, o app incentiva que os usuários também classifiquem os estabelecimentos em que possuem menor interesse.

Mais do TechTudo