Por Clercio Rodrigues, para o TechTudo


Street Fighter, uma das franquias mais famosas dos jogos de luta, completa 32 anos neste dia 30 de agosto. O primou jogo da série da Capcom foi lançado em 1987 e a franquia criou tendências que fazem parte do gênero até hoje, como a jogabilidade baseada em seis botões e o uso de golpes especiais durante as lutas. A fórmula de sucesso foi aperfeiçoada ao longo do tempo e se tornou muito popular nos torneios de esports, atraindo milhares de jogadores para campeonatos. Títulos como Street Fighter II, SF Alpha 3, SF III: Third Strike, Ultra SFIV e SFV são muito populares na comunidade. Veja, a seguir, cinco curiosidades sobre as competições de Street Fighter.

Street Fighter 2 é um dos mais famosos da franquia — Foto: Reprodução/Street Fighter 2 Street Fighter 2 é um dos mais famosos da franquia — Foto: Reprodução/Street Fighter 2

Street Fighter 2 é um dos mais famosos da franquia — Foto: Reprodução/Street Fighter 2

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

É do Brasil!

O brasileiro Keoma foi um dos destaques da Capcom Cup 2015 — Foto: Divulgação/Capcom O brasileiro Keoma foi um dos destaques da Capcom Cup 2015 — Foto: Divulgação/Capcom

O brasileiro Keoma foi um dos destaques da Capcom Cup 2015 — Foto: Divulgação/Capcom

Keoma Pacheco é o jogador do Brasil que mais se destacou nos campeonatos internacionais de Street Fighter. O auge da carreira do gaúcho foi em 2015, quando ele participou da Capcom Cup e se tornou o brasileiro que chegou mais longe na competição. Jogando bem de Abel, Keoma venceu o taiwanês Bruce “GamerBee” Hsiang, o americano Darryl “Snake Eyez” Lewis e o japonês Hiromiki “Itabashi Zangief” Kumada e conquistou um lugar de prestígio entre os oito melhores competidores do evento. Atualmente, com resultados menos expressivos, o brasileiro se dedica aos campeonatos de Street Fighter V. No torneio da EVO 2019, Keoma competiu com outros 1950 jogadores e ficou na 65ª colocação.

Estados Unidos vs. Japão

O veterano Alex Valle foi um dos primeiros jogadores americanos a se destacar no competitivo de Street Fighter — Foto: Divulgação/ELeague O veterano Alex Valle foi um dos primeiros jogadores americanos a se destacar no competitivo de Street Fighter — Foto: Divulgação/ELeague

O veterano Alex Valle foi um dos primeiros jogadores americanos a se destacar no competitivo de Street Fighter — Foto: Divulgação/ELeague

Em 1996, Daigo Umehara participou de sua primeira competição internacional. O jogador era o melhor japonês do Street Fighter Alpha 3 e chegou na final do campeonato mundial do game. A última etapa do torneio levou o jovem asiático até o outro lado do planeta, onde brigou pelo título com o americano Alex Valle. Jogando de Ryu, Daigo venceu o Akuma de Alex por 2 a 1.

O episódio contribuiu para a rivalidade entre Japão e Estados Unidos, que voltariam a decidir os principais campeonatos da modalidade. Antes da EVO 2011, quando o sul-coreano Seon-woo “Infiltration” Lee chegou ao topo do pódio, apenas americanos e japoneses haviam vencido os torneios de Street Fighter do evento.

Evo Moment 37

Jogada impressionante de Daigo conseguiu virar partida que parecia perdida — Foto: Reprodução/Youtube Jogada impressionante de Daigo conseguiu virar partida que parecia perdida — Foto: Reprodução/Youtube

Jogada impressionante de Daigo conseguiu virar partida que parecia perdida — Foto: Reprodução/Youtube

O japonês Daigo Umehara e o americano Justin Wong foram os protagonistas do momento mais emblemático dos campeonatos de jogos de luta. Os rivais se enfrentaram nas semifinais de Street Fighter III: Third Strike na EVO 2004 e entraram para a história quando Daigo executou uma manobra nunca vista antes. O Ken do japonês já estava quase sem vida e seria eliminado da competição, mas fez uma sequência de esquivas impecável e conseguiu parar o especial da Chun-Li de Wong, virando uma partida que praticamente perdida. Apesar do esforço para chegar na final do torneio, o título ficou com o também japonês Kenji “KO” Obata.

Qual o seu game de luta preferido? Comente no Fórum TechTudo

Melhor do mundo

Kanamori "Gachikun" recebeu US$ 120 mil por vencer a Capcom Cup 2018 — Foto: Divulgação/Capcom Fighters Kanamori "Gachikun" recebeu US$ 120 mil por vencer a Capcom Cup 2018 — Foto: Divulgação/Capcom Fighters

Kanamori "Gachikun" recebeu US$ 120 mil por vencer a Capcom Cup 2018 — Foto: Divulgação/Capcom Fighters

Atualmente, o melhor player de Street Fighter V do mundo é o japonês Kanamori “Gachikun” Tsunehiro. Jogando de Rashid, o jogador foi campeão da Capcom Cup 2018, que aconteceu em dezembro. Na final, venceu o Abigail de Hiromiki “Itabashi Zangief” Kumada e faturou o prêmio de US$ 120 mil (cerca de RS$ 495 mil). A conquista do título também garantiu a participação de Gachikun na próxima edição da Capcom Cup, que vai reunir os jogadores que tiverem o melhor desempenho ao longo da atual temporada. Por enquanto, o americano Victor “Punk” Woodley é o que mais se destacou na Capcom Pro Tour 2019. Jogando de Karin e com 3255 pontos acumulados, Punk é o primeiro no ranking do circuito e um dos favoritos ao título mundial.

Faturamento recorde

O jovem "NuckleDu", de apenas 22 anos, é o jogador de SFV que mais faturou com torneios — Foto: Reprodução/Capcom O jovem "NuckleDu", de apenas 22 anos, é o jogador de SFV que mais faturou com torneios — Foto: Reprodução/Capcom

O jovem "NuckleDu", de apenas 22 anos, é o jogador de SFV que mais faturou com torneios — Foto: Reprodução/Capcom

O americano Du "NuckleDu" Dang é o jogador de Street Fighter V que faturou em campeonatos. Apesar de ter apenas 22 anos, NuckleDu já lucrou mais de US$ 320 mil (RS$ 1,3 milhão) com seu bom desempenho em torneios. A sua maior conquista foi o mundial da Capcom Cup 2016, em que o americano levou a melhor jogando de R. Mika e Guile. Na final, ele venceu a Chun-Li de Ricki Ortiz por 3 a 2. Além do título de maior destaque do competitivo, a conquista de NuckleDu também rendeu cerca de US$ 230 mil (cerca de RS$ 949 mil). O segundo maior prêmio da carreira do jogador foi o do campeonato Combo Breaker 2017, em que ele recebeu pouco mais de US$ 10 mil (mais de RS$ 41 mil) ao chegar no topo do pódio.

Cinco jogos que marcaram os anos 90

Cinco jogos que marcaram os anos 90

Mais do TechTudo