Redes sociais

Por Ana Letícia Loubak, para o TechTudo


O LinkedIn é uma rede social voltada para negócios e vagas de emprego que conta com mais de 29 milhões de usuários no Brasil. A plataforma é usada por recrutadores para encontrar e identificar pessoas aptas a novas oportunidades de emprego. Para aumentarem as chances de se destacar nos resultados de pesquisas, os usuários podem incrementar o perfil com ferramentas nativas da rede social, como a adição de competências, inserção de mídias audiovisuais e solicitação de recomendações. Na lista a seguir, o TechTudo separou cinco dicas para melhorar sua página profissional no LinkedIn e atrair recrutadores.

Aprenda cinco dicas para melhorar seu perfil no LinkedIn — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo Aprenda cinco dicas para melhorar seu perfil no LinkedIn — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo

Aprenda cinco dicas para melhorar seu perfil no LinkedIn — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Crie uma URL personalizada

Ter um perfil com endereço personalizado faz com que o usuário suba nas pesquisas do LinkedIn e alcance um melhor posicionamento em mecanismos de buscas como o Google. Além disso, URLs customizadas são esteticamente mais agradáveis e ajudam a criar uma melhor impressão nos recrutadores. Outro benefício de personalizar a URL é poder adicioná-la a currículos e cartões de visita, por exemplo. Confira abaixo como fazer o procedimento.

Passo 1. Em sua página profissional, pressione "Editar perfil público e URL", no canto superior direito;

Edite a URL do perfil do LinkedIn — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak Edite a URL do perfil do LinkedIn — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Edite a URL do perfil do LinkedIn — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Passo 2. Digite uma URL personalizada e finalize a modificação com a opção "Salvar".

Defina seu endereço personalizado do LinkedIn — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak Defina seu endereço personalizado do LinkedIn — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Defina seu endereço personalizado do LinkedIn — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

2. Adicione competências ao perfil

Muita gente não sabe, mas as habilidades profissionais funcionam como palavras-chave no LinkedIn. Isso significa que, se um recrutador está em busca de alguém que domine o Excel, e essa competência está descrita em seu perfil, sua página tem chances de aparecer nos resultados de pesquisa. Por isso, vale separar alguns minutos para listar suas aptidões e conhecimentos. O LinkedIn permite inserir até 50 competências, então aproveite bem o espaço.

Passo 1. Em seu perfil, desça até a seção "Competências e recomendações" e selecione "Adicionar nova competência";

Adicione novas competências ao perfil do LinkedIn — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak Adicione novas competências ao perfil do LinkedIn — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Adicione novas competências ao perfil do LinkedIn — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Passo 2. Na barra de pesquisa, digite quantos conhecimentos profissionais desejar e confirme em "Adicionar".

Insira suas habilidades  — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak Insira suas habilidades  — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Insira suas habilidades — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

3. Peça recomendações

No LinkedIn, as recomendações ajudam a reforçar suas competências e a atestar sua credibilidade profissional. Esses depoimentos agregam ainda mais valor ao perfil se forem feitos por pessoas-chave, como superiores e clientes, mas também é válido recebê-los de colegas de trabalho do mesmo nível hierárquico ou de diferentes departamentos. Segundo a rede social de networking, pessoas com recomendações têm três vezes mais chance de obter visualizações no perfil através de pesquisas.

Passo 1. Entre no perfil de quem deseja solicitar a recomendação e pressione "Mais". Em seguida, selecione a opção "Solicite uma recomendação";

Solicite uma recomendação no LinkedIn — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak Solicite uma recomendação no LinkedIn — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Solicite uma recomendação no LinkedIn — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Passo 2. Será aberta uma nova janela em que é preciso informar de onde você conhece o profissional em questão e que cargo exercia na época em que trabalhavam juntos. Preencha os campos solicitados e pressione "Avançar";

Informe sua relação com a pessoa e o cargo que exercia quando trabalharam juntos — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak Informe sua relação com a pessoa e o cargo que exercia quando trabalharam juntos — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Informe sua relação com a pessoa e o cargo que exercia quando trabalharam juntos — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Passo 3. Escreva uma mensagem personalizada e assinale "Enviar".

Personalize seu pedido de recomendação — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak Personalize seu pedido de recomendação — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Personalize seu pedido de recomendação — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

4. Atualize a foto do perfil e o título profissional

Usuários que têm foto de perfil no LinkedIn são até 14 vezes mais vistos nos resultados, por isso é importante não apenas personalizar um avatar, como também escolher bem sua imagem profissional. O retrato não precisa ser muito formal, mas deve ser compatível com o seu meio de trabalho.

Outro dado importante que precisa estar atualizado é o título profissional, indicado logo abaixo do seu nome. Em geral, esse campo é preenchido com o cargo atual, mas isso não é uma regra. É possível aproveitar o título profissional como um espaço para atrair a atenção de recrutadores e novos contatos, acrescentando áreas em que atua e palavras-chave referentes ao seu universo de trabalho, como "Jornalista | Especialista em Gestão de Redes Sociais | Mestranda em Comunicação Corporativa Integrada".

Vale, ainda, escrever um resumo sobre a sua trajetória profissional, que será exibido na seção "Sobre", logo abaixo do "cartão de visitas" do perfil. Nesse ponto, a dica é ser sucinto e destacar as principais conquistas com números e estatísticas, se possível. Aprenda a seguir como fazer as modificações sugeridas.

Passo 1. Em seu perfil, selecione o lápis azul ao lado do botão "Mais". Esse ícone também permite editar o resumo profissional, disponível na seção imediatamente abaixo;

Edite seu perfil no LinkedIn — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak Edite seu perfil no LinkedIn — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Edite seu perfil no LinkedIn — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Passo 2. Para trocar a foto, assinale o ícone de lápis e faça o upload de uma nova imagem. Atualizar o título profissional é igualmente simples: basta digitar o cargo ou frase desejada no campo correspondente. Ao final, salve as alterações.

Atualize a foto do perfil, o título e o cargo atual — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak Atualize a foto do perfil, o título e o cargo atual — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Atualize a foto do perfil, o título e o cargo atual — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

5. Aproveite o recurso de mídia para se destacar

O LinkedIn possui uma ferramenta que permite adicionar documentos, fotos, sites, apresentações e vídeos externos à descrição da sua experiência profissional. O recurso, que é especialmente útil para redatores e profissões visuais, como arquitetura, publicidade e design, ajuda a incrementar o perfil e destacá-lo dos demais. É possível adicionar mídias a partir de links e de arquivos do próprio computador.

Passo 1. Em seu perfil, desça até a seção "Experiência" e selecione o lápis azul;

Edite suas experiências de trabalho — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak Edite suas experiências de trabalho — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Edite suas experiências de trabalho — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Passo 2. Uma nova janela será aberta. No campo "Mídia", carregue um arquivo a partir do seu computador ou cole um link de qualquer página da web. No último caso, é preciso clicar em "Adicionar" para carregar a mídia. Guarde as mudanças pressionando o botão "Salvar", no fim da caixa de diálogo.

Carregue links ou arquivos para ilustrar seus trabalhos — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak Carregue links ou arquivos para ilustrar seus trabalhos — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Carregue links ou arquivos para ilustrar seus trabalhos — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Via LinkedIn

LinkedIn é gratuito ou precisa pagar? Descubra no Fórum do TechTudo.

Como achar grupos de emprego no WhatsApp com plugin para Chrome

Como achar grupos de emprego no WhatsApp com plugin para Chrome

Mais do TechTudo