Times

Por Bruna Telles, para o TechTudo


Os jogos de corrida da franquia Formula 1, como F1 2019, também estão presentes nos esports. A F1 Esports Series, principal circuito competitivo do game, começa no dia 11 de setembro e reúne algumas equipes que já são famosas nas corridas reais, como Ferrari, McLaren, Mercedes, Renault e Williams, para competirem pelo prêmio total de US$ 500 mil (cerca de R$ 2 milhões). Além delas, outras escuderias também estão presentes com equipes nos autódromos virtuais. Conheça, a seguir, cinco times de Formula 1 que também estão nos torneios de esports.

F1 2019: Ferrari clássica é um dos carros presentes no jogo — Foto: Divulgação/Codemasters F1 2019: Ferrari clássica é um dos carros presentes no jogo — Foto: Divulgação/Codemasters

F1 2019: Ferrari clássica é um dos carros presentes no jogo — Foto: Divulgação/Codemasters

Ferrari

Ferrari Academy Driver traz a tradição da Ferrari para a F1 Esports Series — Foto: Divulgação/F1 Esports Series Ferrari Academy Driver traz a tradição da Ferrari para a F1 Esports Series — Foto: Divulgação/F1 Esports Series

Ferrari Academy Driver traz a tradição da Ferrari para a F1 Esports Series — Foto: Divulgação/F1 Esports Series

O time italiano é referência na F1, onde foi defendido por pilotos famosos como Alain Prost, Nigel Mansel e Michael Schumacher, o maior vencedor da categoria com sete títulos mundiais. Também passaram pela Ferrari os brasileiros Rubens Barrichello, entre 2000 e 2006, e Felipe Massa, entre 2006 e 2014.

A entrada para os esports aconteceu este ano, com a crianção da Ferrari Driver Academy para disputar a F1 Esports Series com os pilotos italianos David Tonizza, Amos Laurito e Gianfranco Giglioli. Na F1 tradicional, o time é defendido atualmente pelo tetracampeão Sebastian Vettel e pelo estreante Charles LeClerc.

McLaren

McLaren, equipe que fez história com Ayrton Senna, também está na Esports Series com a McLaren Shadow — Foto: Divulgação/F1 Esports Series McLaren, equipe que fez história com Ayrton Senna, também está na Esports Series com a McLaren Shadow — Foto: Divulgação/F1 Esports Series

McLaren, equipe que fez história com Ayrton Senna, também está na Esports Series com a McLaren Shadow — Foto: Divulgação/F1 Esports Series

Tão tradicional como a Ferrari, a McLaren viveu grandes momentos na F1 com o título do brasileiro Emerson Fittipaldi em 1974, e o bicampeonato de Ayrton Senna em 1990 e 1991. Atualmente, quem defende a equipe são os pilotos Carlos Saint e Lando Norris, este último um grande entusiasta dos jogos de corrida nos esports.

Já na Esports Series, o time está desde o ano passado com a McLaren Shadow, e terminou o mundial em quarto lugar. Este ano o time contará com o italiano Enzo Bonito, que disputa mais uma temporada, e a dupla dos Países Baixos Bono Huism e Allert van der Wal.

Mercedes

Vencedora nas pistas da F1, a Mercedes é a atual campeã da Esports Series com a Mercedes-AMG Petronas Esports — Foto: Divulgação/F1 Esports Series Vencedora nas pistas da F1, a Mercedes é a atual campeã da Esports Series com a Mercedes-AMG Petronas Esports — Foto: Divulgação/F1 Esports Series

Vencedora nas pistas da F1, a Mercedes é a atual campeã da Esports Series com a Mercedes-AMG Petronas Esports — Foto: Divulgação/F1 Esports Series

A Mercedes atual é a quarta equipe formada pela montadora alemã, que trilha sua jornada na F1 desde a Tyrrell (1970), passando pela BAR (1999) e Brawn GP team (2006). Esta última foi a equipe pela qual Schumacher correu em seu retorno à F1 em 2010. Na Esports Series a Mercedes também é a equipe a ser batida, pois foi campeã da temporada 2018, ano de estreia nos esports com a Mercedes-AMG Petronas Esports.

Na F1 tradicional o time é representado pelo pentacampeão Lewis Hamilton e o finlandês Valtteri Bottas, enquanto nos esports quem faz as honras é o trio com o britânico Brendon Leigh, que disputou a temporada 2018, o polonês Patryk Krutyj e o australiano Daniel Shields.

Williams

Williams: última equipe defendida por Ayrton Senna na Fórmula 1 também marca presença nos esports com a Williams Esports — Foto: Divulgação/F1 Esports Series Williams: última equipe defendida por Ayrton Senna na Fórmula 1 também marca presença nos esports com a Williams Esports — Foto: Divulgação/F1 Esports Series

Williams: última equipe defendida por Ayrton Senna na Fórmula 1 também marca presença nos esports com a Williams Esports — Foto: Divulgação/F1 Esports Series

A Williams é outro time de F1 importante para o Brasil, pois por ele passaram Rubens Barrichello, Bruno Senna e Jose Carlos Pace, piloto que dá nome ao Autódromo de Interlagos. Atualmente defendida por Robert Kubica e George Russell, a Williams também foi a última equipe pela qual Ayrton Senna correu antes de seu acidente fatal.

Sua história nos esports também começou em 2018 com a estreia da Williams Esports, que ficou em sétimo lugar na Esport Series. Em 2019 o time será formado pelos retornos do espanhol Álvaro Carretón e o finlandês Tino Naukkarinen, e o britânico Isaac Price.

Renault

Renault e a Team Vitality somaram forças para criar uma equipe de esports na F1 Esports Series — Foto: Divulgação/F1 Esports Series Renault e a Team Vitality somaram forças para criar uma equipe de esports na F1 Esports Series — Foto: Divulgação/F1 Esports Series

Renault e a Team Vitality somaram forças para criar uma equipe de esports na F1 Esports Series — Foto: Divulgação/F1 Esports Series

Em 2018 a Renault e a Team Vitality, time francês de esports mais famoso da Europa, fecharam uma importante parceria que deu vida à equipe Renault Sport Team Vitality. O time retorna para mais uma temporada da Esports Series, trazendo como pilotos os alemães Cedric Thomé e Simon Weigang, e Jarno Opmeer, dos Países Baixos.

Atualmetne defendida pelos pilotos Niko Hulkenberg e Daniel Ricciardo na F1, a Renault é mais conhecida pelos mundiais conquistados com Fernando Alonso em 2005 e 2006.

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Mais do TechTudo