Atletas

Por Victor de Abreu, para o TechTudo


O cenário competitivo dos jogos de luta é conhecido por grandes torneios de jogos de franquias como Street Fighter e Mortal Kombat. Por mais que já sejam organizadas há muitos anos, as competições dos fighting games não estão livres de polêmicas e de jogadores que acabam banidos por certas atitudes como assédio e manipulação de resultados. Confira, a seguir, cinco players que já foram banidos de competições de jogos de luta.

CaptainZack

CaptainZack foi banido de diversas competições após manipular resultados — Foto: Divulgação/Genesis CaptainZack foi banido de diversas competições após manipular resultados — Foto: Divulgação/Genesis

CaptainZack foi banido de diversas competições após manipular resultados — Foto: Divulgação/Genesis

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

O norte-americano Zack "CaptainZack" Lauth, famoso jogador de Super Smash Bros. for WiiU e Super Smash Bros. Ultimate, foi banido em agosto de 2019 dos eventos realizados pela 2GG, que organiza algumas das maiores competições da franquia. A razão do banimento foram dois casos de manipulação de resultados nos torneios Prime Saga e MomoCon 2019. CaptainZack perdeu propositalmente suas partidas contra Sota "Zackray" Okada e Nairoby "Nairo" Quezada. O jogador admitiu seu erro e mencionou que cometeu o ato a pedido de Elliot "Ally" Carroza-Oyarce, ex-jogador profissional que possuía relações com Zack na época.

Noel Brown

Capcom Pro Tour baniu Noel Brown após caso de assédio — Foto: Divulgação/Capcom Capcom Pro Tour baniu Noel Brown após caso de assédio — Foto: Divulgação/Capcom

Capcom Pro Tour baniu Noel Brown após caso de assédio — Foto: Divulgação/Capcom

Noel Brown é um jogador norte-americano de jogos da franquia Marvel Vs Capcom e Street Fighter. Ele ficou conhecido por se envolver em algumas polêmicas, sendo acusado de violência doméstica no ano de 2013. Já em 2016, enquanto disputava o Combo Breaker, o jogador foi visto assediando uma mulher no meio do evento. Por conta disso, Brown foi banido da Capcom Pro Tour, circuito de Street Fighter, e de outras competições futuras, como a Evolution Championship Series.

Quackbot e Holy Order Troll

Canada Cup baniu permanentemente dois jogadores de suas competições — Foto: Divulgação/Canada Cup Canada Cup baniu permanentemente dois jogadores de suas competições — Foto: Divulgação/Canada Cup

Canada Cup baniu permanentemente dois jogadores de suas competições — Foto: Divulgação/Canada Cup

Na Canada Cup 2017, dois jogadores foram banidos permanentemente da competição após causarem problemas com as chaves do torneio de Marvel Vs Capcom: Infinite. O jogador Jose "Quackbot" Aldape foi pego se inscrevendo duas vezes na competição com dois nomes diferentes. No caso, Lina "Holy Order Troll" Crawford teve problemas com seu controle e ofereceu sua vaga para Quackbot. Com isso, foi necessário remarcar diversas partidas do torneio, o que acabou prejudicando alguns jogadores. A organização optou pelo banimento eterno da dupla.

ADHD e Mew2King

Mew2king teve um caso polêmico de manipulação de resultados em sua carreira — Foto: Divulgação/Robert Paul Mew2king teve um caso polêmico de manipulação de resultados em sua carreira — Foto: Divulgação/Robert Paul

Mew2king teve um caso polêmico de manipulação de resultados em sua carreira — Foto: Divulgação/Robert Paul

Em 2010, os fãs da franquia Super Smash. Bros competiam na versão "Brawl". Entre os jogadores, se destacava Jason "Mew2King" Zimmerman, que se tornou o maior nome da história competitiva dessa versão do game. No entanto, sua carreira foi manchada por um caso de manipulação de resultados em uma competição da Major League Gaming (MLG). Na ocasião, seu amigo Wyatt "ADHD" Beekman foi acusado de oferecer US$ 300 (cerca de R$ 1,2 mil) para que ele perdesse o confronto entre eles propositalmente. A dupla negou as acusações, mas acabou sendo banida de futuros eventos da MLG.

Gllty

Gllty foi banida de diversas competições de jogos de luta após acusações de assédio — Foto: Divulgação/Stephanie Lindgren Gllty foi banida de diversas competições de jogos de luta após acusações de assédio — Foto: Divulgação/Stephanie Lindgren

Gllty foi banida de diversas competições de jogos de luta após acusações de assédio — Foto: Divulgação/Stephanie Lindgren

Leah "Gllty" Hayes é uma jogadora de Street Fighter que ficou conhecida por diversos casos de assédio em 2019. A primeira acusação veio da jogadora de Dragon Ball FighterZ Dawn "Yohosie" Hosie, que acabou inspirando outras mulheres a falarem a respeito das atitudes de Gllty. A jogadora acabou confirmando as acusações, dizendo que exagerou em determinadas situações nas competições e pedindo desculpas a todas. Apesar disso, a Capcom e outros organizadores de torneios como Combo Breaker, CEO Gaming e Big E Gaming optaram por banir Gllty por tempo indeterminado de todas as competições.

Mais do TechTudo