Por Bruna Telles, para o Techtudo


Em 2019, os jogos mobile fizeram sucesso nos esports. Free Fire, por exemplo, tornou-se uma febre no Brasil e no mundo, enquanto o Mobile Legends deu os primeiros passos rumo ao competitivo global com a realização do seu primeiro mundial. Speed Drifters, game de sucesso da Garena na Ásia, foi lançado para o público brasileiro e teve seu primeiro torneio oficial no país. Confira, a seguir, os cinco principais destaques dos jogos mobile nos esports em 2019, que também incluem títulos como PUBG Mobile e Clash Royale.

Melhores do Ano TechTudo 2019: conheça os jogos vencedores

Melhores do Ano TechTudo 2019: conheça os jogos vencedores

Quer comprar jogos, consoles e PCs com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Speed Drifters é lançado no Brasil

Com apenas 15 anos, Nancy se tornou campeã de Speed Difters no Brasil — Foto: Divulgação/Garena

Sucesso na Ásia, Speed Drifters chegou ao mercado brasileiro em julho deste ano. A recepção inicial do game foi tão boa que o pré-registro atingiu a marca de 1,3 milhão de jogadores. A Garena, mesma desenvolvedora de Free Fire, anunciou em setembro o Speed Drifters Championship Brazil, primeiro torneio do jogo no país, e ofereceu R$ 33 mil em prêmios. Com as finais disputadas no Rio de Janeiro, a vitória e o título ficaram com a jogadora Paulo "Nancy" Prevedi, de apenas 15 anos, que também faturou a soma de R$ 14 mil.

2. Mobile Legends realiza o seu primeiro mundial

EVO Legends levantou a taça do primeiro mundial de Mobile Legends — Foto: Reprodução/Digital News Asia

Mobile Legends, um dos principais concorrentes do Arena of Valor no mercado de MOBAs para celular, realizou seu primeiro mundial neste ano. Anunciado em agosto, o torneio aconteceu em novembro e contou com times de nove países – entre eles o Brasil, representado pela GeO Esports. O título ficou com a EVOS Legends, da Indonésia, que confirmou o favoritismo ao levantar a taça e faturar o prêmio de US$ 80 mil (aproximadamente R$ 325,6 mil em conversão direta). Já os brasileiros da GeO voltaram para casa mais cedo, após eliminação ainda na fase de grupos.

3. O ano marcante de Free Fire

Time de Free Fire do Corinthians fez a dobradinha levando o título do mundial, e da Season 3 da Pro League brasileira — Foto: Divulgação/Corinthians

O competitivo de Free Fire no Brasil foi movimentado pelas disputas das Seasons 2 e 3 da Pro League, além do Mundial de Free Fire, sediado pela primeira vez em território brasileiro. No torneio, a vitória foi do Corinthians, que também faturou a Season 3 da Pro League. Enquanto isso, na Tailândia, o Brasil faturou o primeiro torneio do modo squad. No YouTube, os torneios de Free Fire além de baterem recorde de audiência, garantiram à LOUD o destaque no YouTube Rewind deste ano. O jogo ganhou inclusive uma música, "Zé Guaritinha", cantada por Mano Brown e MC Jottapê.

4. O ano competitivo de PUBG Mobile

Mundial de PUBG Mobile teve presença da RED Canids, que terminou entre os 10 melhores times — Foto: Divulgação/PUBG Corp

PUBG Mobile se dividiu entre dois grandes torneios: o PUBG Mobile Star Challenge, mundial do jogo, e o PUBG Mobile Club Open (PCMO), circuito competitivo do Battle Royale. No mundial de PUBG Mobile, a vitória ficou com os russos da Team Unique, que levaram o título e o prêmio de US$ 100 mil, (R$ 406,2 mil). O torneio teve a presença dos brasileiros da RED Canids Kalunga, que terminaram em sexto lugar. O PCMO, por sua vez, teve a vitória da Bigetron RA, da Indonésia, que levou o título e o prêmio de US$ 205 mil (R$ 832.8 mil). A Red Canids também esteve na disputa, mas foi eliminada ainda na fase de grupos da competição.

5. Team Liquid conquista a Clash Royale League

Team Liquid superou a SK Gaming e foi a grande campeã da CRL 2019 — Foto: Divulgação/Supercell

A SK Gaming foi o nome a ser batido na temporada regular da Clash Royale League (CRL), com o melhor retrospecto entre os adversários. O time foi um dos finalistas mundiais que disputaram o segundo título na história da CRL, mas quem levantou a taça foi a Team Liquid. Grande rival da SK Gaming na CRL West, a cavalaria levou, além do título, o prêmio de 150 mil (R$ 609,3 mil). Já a SK Gaming, uma das favoritas, ficou em terceiro lugar, faturando US$ 50 mil (R$ 203,1 mil) na cotação atual.

Clash Royale é melhor que Pokémon GO? Comente no Fórum do TechTudo

Clash Royale: cinco dicas para jogar melhor

Clash Royale: cinco dicas para jogar melhor

Mais do TechTudo